Crédito editorial: Dmytro Larin / Shutterstock.com

TOP 12 | As melhores participações de Portugal na Eurovisão

1 de 13

Queres conhecer as melhores participações de Portugal na Eurovisão? Selecionamos as nossas 12 favoritas enquanto nos preparamos para Turim. 

O Festival Eurovisão da Canção está ao virar da esquina. A partir do dia 10 de maio vamos todos juntarmos novamente em família e com os amigos para assistir à primeira semi-final da Eurovisão 2022 que será transmitida em direto na RTP1. Seguem-se a segunda semi-final e a grande final nos dias 12 e 14 de maio, respetivamente.

Enquanto não vemos a MARO, Beatriz Fonseca, Beatriz Pessoa, Carolina Leite, Diana Castro e Milhanas no palco de Turim com “saudade, saudade” fazemos uma lista com as 12 melhores participações de Portugal na história da Eurovisão – afinal 12 são também os pontos atribuídos no certame com a mítica expressão Douze Points!. É certo que a Eurovisão não é tão celebrada em Portugal como acontece noutros países europeus, no entanto desde a nossa vitória em 2017 com “Amar Pelos Dois” sente-se uma maior vontade do público em conhecer o certame.

“saudade, saudade” representa Portugal na Eurovisão 2022

Algumas das canções deste top 12 obtiveram os melhores resultados do nosso país, outras caíram melhor no ouvido dos fãs nacionais e internacionais e algumas delas foram capazes de quebrar tradições e mudar mentalidades numa altura em que Portugal mantinha fortes vínculos com a ditadura. Mais importante, as canções eurovisivas de Portugal têm sido capazes de representar almas de conquistadores, de fazer eclodir as sonoridades mais marginalizadas do interior do país e ainda os sons que nos ligam ao Oceano Atlântico, aos nossos caros arquipélagos e a todas as comunidades falantes de língua portuguesa. E foram tantos os nomes de artistas portugueses que marcaram presença na Eurovisão de Carlos Paião, José Cid, Carlos Mendes, Tonicha, Dora, Dina, Fernando Tordo ou Paulo de Carvalho. Este último levou para a Eurovisão “E Depois do Adeus“, que se tornou um dos símbolos da liberdade e da democracia na Revolução dos Cravos, a 25 de abril de 1974.

Um país como o nosso venera o fado, mas também já deu espaço à música pimba, ao estilo romântico e até aos atos revolucionários, a fim de conquistar um lugar de relevo na Eurovisão. Nem sempre bastou, mas o que temos feito na Eurovisão merece aplausos. Portugal é um dos poucos países que se mantém autêntico,   que sabe utilizar o festival para expressar a identidade de uma nação inteira.

1 de 13

Virgílio Jesus

Era uma vez em...Portugal um amante de filmes de Hollywood (e sobre Hollywood). Jornalista e editor de conteúdos digitais em diferentes meios nacionais e internacionais, é um dos especialistas na temporada de prémios da MHD, adepto de todas as formas e loucuras fílmicas, e que está sempre pronto para dois (ou muitos mais!) dedos de conversa com várias personalidades do mundo do entretenimento.

Virgílio Jesus has 1391 posts and counting. See all posts by Virgílio Jesus

3 thoughts on “TOP 12 | As melhores participações de Portugal na Eurovisão

  • Black Mamba em 5⁰ neste Top!👌💪

  • Há muitas músicas que me marcaram entre elas a música da Dina “Amor d’Água Fresca”

  • Excelente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.