Robert Downey Jr. | © Walt Disney Studios Motion Pictures

Vingadores: Endgame | Cena excluída revelada na Disney+

Katherine Langford, conhecida pelo seu papel em “13 Reasons Why”, participa numa cena apagada no filme “Vingadores: Endgame“.

Disney+ fez a sua estreia nos EUA, esta terça-feira, com uma nova série “The Mandalorian”. Já a Marvel Studios relevou, na nova plataforma de streaming, algo sobre o qual ouvimos histórias há muito tempo, mas não tivemos a chance de ver: o papel, em “Vingadores: Endgame”, da estrela da série “13 Reasons Why”, Katherine Langford, que acabou por ser excluído.

Katherine Langford foi, originalmente, escolhida para interpretar Morgan Stark, a filha de Tony Stark, representado por Robert Downey Jr., e Pepper Potts, interpretada por Gwyneth Paltrow, quando adulta. Como mostra a plataforma de streaming Disney+, nos extras do filme, quando Tony tira Thanos da existência, ele é enviado para um plano diferente onde vê uma verão mais velha de Morgan. Apesar de Disney+ ainda não ter data de estreia em Portugal, podemos ver esta cena no YouTube.

Lê Também:
Vingadores: Endgame | Easter Eggs e Referências

Joe Russo, realizador do filme, comentou sobre esta mesma cena:

Foi o que aconteceu, originalmente, quando Tony estalou os dedos. Nós decidimos mandá-lo para o que iríamos chamar de “The Way Station” para o mesmo refletir sobre o que aconteceu com Thanos, com a sua filha, em “Vingadores: Guerra do Infinito”.

Anthony Russo decidiu acrescentar, ainda:

A ideia é que, neste momento, esse ato o força a confrontar ou reconciliar-se algo que não está resolvido com ele mesmo e na sua alma.

A ideia essencial da cena, como Joe acrescenta, era para que Tony “pudesse ficar em paz com o que acabou de fazer”, sendo que a sua filha “diz-lhe que tudo vai ficar bem permitindo que ele morra”.

Os realizadores já falaram sobre as suas razões para retirarem esta cena, em entrevistas anteriores, mas também repetiram-se com mais um comentário: “Quando colocámos isto no filme, sentimos que a cena parou o desenrolar da história, sendo que acabou por fazer algo semelhante na próxima sequência quando deu o seu próprio discurso no funeral”, diz Joe.

De acordo com Anthony:

Durante a pós-produção, começámos a sentir que não tínhamos muita conexão emocional, mesmo com um ator tão bom. Não tínhamos muito conexão emocional com a personagem, porque nunca a vimos antes.

Ainda assim, a cena termina com um episódio emocional: Tony sussurra no ouvido de Morgan, antes de partir, “Eu amo-te 3000”.

O que pensam desta cena excluída? Ficaria melhor esta versão ou a versão final?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *