Robert Pattinson quer reviver Twilight e está pronto a voltar aos 17

Robert Pattinson não descarta a continuação de “Twilight”. Na verdade, o ator encontra-se curioso, afirmando estar apto a regressar aos 17 anos mal as circunstâncias o permitam.

Robert Pattinson passou de “Twilight” para projetos cada vez mais ousados. No entanto, isto não significa que ele descartaria o regresso da saga que fez dele uma estrela. Durante uma entrevista para a Variety,  no Festival de Cinema de Toronto, o ator foi questionado sobre a saga vampírica para jovens adultos que protagonizou com a Kristen Stewart. Pattinson pareceu entusiasmado com a possível reunião, afirmando:

Sempre que alguém diz que “Twilight” é o seu ‘guilty pleasure’, é como, ao dizer que se sente culpado, querer realmente dizer que apenas sente prazer. Com a quantidade de tempo que passei a hidratar a pele, estou pronto para voltar aos 17 anos a qualquer momento. Pronto!

Lê Também:
À procura do novo Twilight (Parte 1)

Pattinson também abordou a sua transição para projetos realizados pelos cineastas de “Good Time“, “A Cidade Perdida de Z” e “The Childhood of a Leader“, apelidando-os de “apenas as coisas que me atraem … praticamente tudo que eu tenho feito são esses processos massivos … Eu só espero que estas coisas avancem e que novas circunstâncias entrem em jogo.” Para “High Life“, o próximo filme que irá protagonizar, Pattinson confessou ter demorado três anos a conseguir a reunião com a realizadora Claire Denis e depois ainda passou quatro anos a estudar o guião antes de iniciar das filmagens. Quando confrontado sobre como decidia o próximo filme a estrelar, Pattinson disse que o único fator que realmente afeta a sua tomada de decisão é gosto que nutre em assumir um papel contraditório ao último que fez.

Completando o tema, a Variety não é a primeira fonte a divulgar a vontade do ator em prosseguir “Twilight”. Numa entrevista passada dada à Yahoo!, Robert já admitira o desejo de saber como a saga continuaria.

TRAILER | RELEMBRA ONDE FICASTE EM TWILIGHT

O que pensas desta confissão? Estás disposto a reviver este mundo vampírico?

Luis Telles do Amaral

Escritor de O Diário da Pandemia, administrador do blogue Para Lá da Kapa e a licenciar-se em Microbiologia. Considero-me um devorador de livros nato e fã assíduo do grande ecrã.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *