7 biografias para ofereceres (ou pedires) no Natal

Gostavas de saber como são os bastidores de Gilmore Girls ou como era a vida da Princesa Leia? Então tens de ter estas biografias debaixo do sapatinho. 

O Natal está a chegar e escolher os presentes perfeitos nem sempre é tarefa fácil. Se não sabes o que oferecer e já estás cansado das meias, das carteiras e dos presentes comprados a correr, então não podes perder estas biografias.

Lê também: Prendas de Natal para os fãs de cinema e televisão

A protagonista de Gilmore Girls revela os bastidores da série, Carrie Fisher confessa que teve um caso com Harrison Ford e Bryan Cranston teve uma namorada psicótica que queria matá-lo. Mas também não esquecemos a música. Bruce Springsteen recorda a sua infância em Nova Jérsia e são reveladas histórias pessoais de David Bowie.

Se gostavas de saber muitos mais segredos e memórias dos teus atores e músicos favoritos então não podes perder as biografias que a Magazine.HD selecionou para ti.

Consulta ainda: Livros a não perder | Seleção de novembro 2016 by MHD

 

biografias

1. TALKING AS FAST AS I CAN, de Lauren Graham

O novo livro de memórias da protagonista de Gilmore Girls, “Talking as Fast as I Can” (ainda sem edição portuguesa), já está nas bancas.

Nele a Lauren Graham recorda os primeiros anos da série televisiva, como foi retomar a personagem e partilha excertos de um diário que escreveu durante as gravações de “Gilmore Girls: A Year in the Life”. Além disso, a atriz também conta os “estranhos anos da adolescência, os confusos anos de namoro e gratificante anos como atriz em Nova Iorque e Los Angeles” .

 

biografias

2. THE PRINCESS DIARIST, de Carrie Fisher

Depois de “Wishful Drinking”, em 2008, e “Shockaholic”, onde abordava a sua luta contra as drogas e os problemas mentais, em 2011, Carrie Fisher lançou um novo livro de memórias.

Em “The Princess Diarist”, a atriz transcreve passagens dos diários que tinha escrito nas filmagens do primeiro Star Wars. Neles a atriz descreve o seu caso com Harrison Ford — ela tinha 19 anos, ele era 15 anos mais velho, era casado e com filhos.

No livro (ainda sem tradução portuguesa), a Fisher recorda ainda a dieta numa “quinta para gordos” que fez antes de Star Wars: Episódio IV: Uma Nova Esperança e a relação nem sempre fácil com os fãs.

Vê também: Top Músicas David Bowie, by MHD

 

biografias

3. BOWIE, UMA BIOGRAFIA SENTIMENTAL, de Wendy Leigh

“Bowie, Uma Biografia Sentimental”, à venda desde o mês de novembro, é um livro de histórias com o objetivo de recordar o músico, depois da sua morte, a 10 de janeiro de 2016.

Foram os contributos de amigos, familiares, colegas, amantes e managers que deram origem a esta obra de Wendy Leigh. David Bowie chocou com os seus looks excêntricos, derrubou barreiras ao assumir a bissexualidade, foi cantor mas também artista plástico. No livro é recordada a carreira mas contam-se sobretudo histórias inéditas e pessoais do músico londrino.

 

biografias

4. A LIFE IN PARTS, de Bryan Cranston

A vida de Bryan Cranston mais parece a vida de Walter White, personagem que interpretou em Breaking Bad. Nos anos 80 sonhou que matava a própria namorada, que era obcecada, perseguia-o e ameaçava-o. Antes disso já tinha sido procurado pela polícia, para ser interrogado no caso do homicídio de um antigo patrão.

Estes episódios são reais e integram a biografia (ainda sem edição portuguesa) do ator de 60 anos, “A Life in Parts”. Nas cerca de 400 páginas é revelado o encontro com Vince Gilligan, criador de Breaking Bad, que lhe daria o papel da sua vida e graças ao qual ganhou quatro Emmys, mas também a relação com o pai, que deixou de ver aos 11 anos.

 

biografias

5. BORN TO RUN: AUTOBIOGRAFIA, de Bruce Springsteen

Quem é que não reconhece o cantor de “Born in USA”, “Streets of Philadelphia” ou “Glory Days”? Depois de leres a biografia “Born to Run” vais ficar a conhecer melhor Bruce Springsteen. O compositor norte-americano tem-se dedicado a escrever a sua história de vida, durante os últimos sete anos, data da sua atuação no Super Bowl. Com uma sinceridade desarmante, conta, pela primeira vez, a história das batalhas pessoais que inspiraram os seus melhores trabalhos.

A autobiografia já está à venda desde setembro e são quase 600 páginas cheias de histórias inéditas, desde a infância em Nova Jérsia às tournées mundiais, passando pela relação difícil com o pai.

Consulta ainda: 33 livros para ler antes das adaptações ao cinema

 

biografias

6. SCRAPPY LITTLE NOBODY, de Anna Kendrick

Depois de ser nomeada ao Óscar de Melhor Atriz Secundária, por Nas Nuvens, Anna Kendrick estreia-se como escritora.

“Scrappy Little Nodody” (ainda sem versão portuguesa) não é um livro de memórias. É uma coleção de ensaios sobre o trabalho de Kendrick até chegar à Broadway ainda criança e a sua ida para Hollywood. A obra conta ainda histórias dos bastidores dos diversos filmes em que participou, incluindo os seus pensamentos de beijar Chris Pine nas gravações de Caminhos da Floresta.

 

biografias

7. THE GIRL WITH THE LOWER BACK TATTOO, de Amy Schumer

Mulher, comediante, atriz, argumentista, vencedora de Emmys. Amy Schumer quebrou regras, subverteu ideias já propagadas por homens e hoje é uma das artistas mais bem sucedidas.

Em “The Girl with the Lower Back Tattoo”,  Amy Schumer expõe o seu passado em histórias sobre a adolescência, a família, relacionamentos e sexo. Relata ainda experiências que a tornaram quem ela é hoje.

Com a inteligência e o humor ácido que a caracterizam, a atriz apresenta-se, nesta compilação de crónicas extremamente pessoais e honestas, como uma criativa contadora de histórias.

 

Depois de leres, já encontraste os presentes de Natal? 

Catarina Fernandes

Mestre em Ciências da Comunicação e fotógrafa amadora. Seriófila compulsiva e apaixonada por literatura, assim como pelo cinema e pela sua história. (Extremamente) Viciada em música e concertos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *