© 2009 Twentieth Century Fox. All Rights Reserved.

Avatar, um marco na história do cinema, em retrospetiva

Faz treze anos desde que vimos “Avatar” pela primeira vez  no grande ecrã, e ninguém na equipa da MHD lhe ficou indiferente! Recorda o sucesso de James Cameron connosco.

“Avatar” está de volta aos cinemas, agora numa versão remasterizada em 4K HDR, estando igualmente disponível em formatos premium, IMAX 3D e Real D 3D. Apresentado em 2009 por James Cameron (“Titanic”), o filme depressa se tornou um verdadeiro fenómeno global, tendo vencido três Óscares nas principais categorias técnicas. Agora, treze anos depois, vais poder reviver a magia de Pandora uma vez mais no grande ecrã.

Avatar
© NOS Audiovisuais

Protagonizado por Sam Worthington, Zoe Saldana, Stephen Lang, Michelle Rodriguez e Sigourney Weaver, “Avatar” acompanha Jake Sully (Worthington), um ex-marine, que apesar de confinado a uma cadeira de rodas continua a ser um combatente. A sua vida muda drasticamente quando é recrutado para uma missão a Pandora, um corpo celeste que orbita um enorme planeta gasoso, para explorar um mineral alternativo chamado Unobtainium, usado na Terra como recurso energético. Porém, devido ao facto de a atmosfera deste planeta ser altamente tóxica para os humanos, é usado um programa de avatares híbridos, que possibilita a transferência da mente de qualquer humano para um corpo nativo, dando a Jake uma oportunidade única..

A propósito do regresso da aclamada longa-metragem aos cinemas, a nossa equipa reuniu-se para relembrar o que nos fez apaixonar por este mundo mágico de James Cameron:

Foi um dos primeiros filmes de gente crescida que vi no cinema, e lembro-me de cada pormenor! Um clássico instantâneo de James Cameron, que envelheceu muito bem! Mal posso esperar para ‘Avatar: O Caminho de Água’, para voltar a ver em família!” David Passos

Lê Também:
Avatar: O Caminho da Água | Estreia dia 15 de dezembro (Trailer)

Lembro-me que ‘Avatar’ foi o primeiro – e possivelmente – único filme que mereceu ser visto em 3D. Num ‘mar’ de títulos que invadiam as salas de cinema apenas para demonstrar ‘objectos voadores’ ou criar ilusões baratas no espetador, James Cameron conseguiu transportar-nos e envolver-nos no mundo incrível que é Pandora. Todos os sons, cores, movimentos foram pensados ao pormenor para proporcionar uma experiência memorável, que mal posso esperar reviver!” – Inês Serra

© 2009 Twentieth Century Fox. All Rights Reserved.

O 3D era apenas uma atração engraçada até ‘Avatar’ o tornar uma verdadeira experiência cinematográfica, que até aos dias de hoje ainda ninguém conseguiu superar. Somemos isso a uma cinematografia, cenários e seres inacreditáveis e uma narrativa simples, pura e emotiva que remonta à de Pocahontas e temos um dos maiores sucessos na História da sétima arte.” – Emanuel Candeias

Lê Também:
Hollywood | Filmes a estrear (ainda) em 2022 a não perder

‘Avatar’ (2009) deu novos mundos ao mundo do cinema. Do ponto de vista técnico, James Cameron fez uma vez mais magia com a sua câmara de filmar. Se com ‘Titanic’ (1997) filmou um barco com notas de realismo e grandeza nunca antes vistas, com ‘Avatar’ criou novas linguagens para a captura de movimento facial. Quer o encaremos como conto ambientalista dos tempos modernos, como marco de inovação técnica ou de quebra de recordes de bilheteira, a longa-metragem de 2009 conquistou irreversivelmente o seu lugar na história de Hollywood.” – Maggie Silva

Avatar (2009)
Avatar (2009) © 20th Century Studios

Avatar não tem uma história totalmente original, não tem as maiores intepretações de todos os tempos, mas, no seu conjunto, o filme realizado por James Cameron marca uma mudança de paradigma na utilização de efeitos especiais e digitais na sétima arte e não deixa de ser uma experiência inesquecível. É, claramente, um exemplo claro de que há filmes que apenas podem ser apreciados na sua totalidade se o visualizarmos no grande ecrã.” – Diogo Marcelo

 

Não foi o primeiro filme de 3D que vi, mas foi certamente aquele que mais cedo ficou na memória. Quando chegou aos cinemas lembro-me do entusiasmo de todos os que gostavam de cinema, e em como era uma obra para ver e rever em ecrã gigante.  Fascinou-me de verdade. Não pela história, que ainda que interessante, não me apelou a nenhum sentimento de nostalgia, mas pela imagem. Os efeitos especiais, as cores vibrantes. Tudo isso, levado ao expoente por James Cameron como uma obra em 3D, fez-me ficar maravilhada em frente ao ecrã gigante. Foi uma experiência cinematográfica que marcou um ponto de viragem no cinema. E se agora regressa às salas remasterizada, apenas podemos acreditar que é um bom prenúncio para o que iremos ver em ‘Avatar: O Caminho da Água’. – Marta Kong Nunes

 

“Avatar” está a partir de hoje, dia 22 de setembro, nos cinemas pelo período de duas semanas.

Inês Serra

Cresci a ir ao cinema, filha de pais que iam a sessões duplas...Será genético? Devoro livros e algumas séries. Fã incondicional do fantástico e do sci-fi. Gostaria de viver todos os dias com o mote Spielbergiano - "I dream for a living"

Inês Serra has 935 posts and counting. See all posts by Inês Serra

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.