Chiabella James/Chiabella James - © 2023 Paramount Pictures. All Rights Reserved.

Bob Marley: One Love | Curiosidades que provavelmente não sabes sobre a lenda do Reggae

A biopic “Bob Marley: One Love” já está nos cinemas. Apesar dos vários factos apresentados, há outros que ficaram de fora do filme. 

Foi um símbolo de paz, sobretudo na Jamaica, Robert Nesta Marley, mais conhecido por Bob Marley, levou o reggae às massas e espalhou a sua mensagem pelo mundo.

Lê Também:   Quem é YG Marley, neto do eterno Bob Marley, que está a conquistar o TikTok?

Sinónimo de paz, o músico jamaicano juntou a espiritualidade e a bondade na sua música. Os temas “One Love”, “Stir It Up”, “Redemption Song”, “Could You Be Loved”, “Get Up, Stand Up”, entre outras trouxeram harmonia ao seu país numa altura conturbada devido à iminente guerra civil que se fazia sentir. Entre tentativas de homicídio e perseguições aos rastafaris, Bob Marley teve de sair da Jamaica. Mas foi fora do seu país natal que alcançou o sucesso mundial e espalhou a palavra do reggae.

Lê Também:   Estes são atualmente os filmes mais vistos da Apple TV+ (há o regresso de um velho conhecido)

A nova biopic “Bob Marley: One Love”, supervisionada pelo seu filho Ziggy Marley, conta a história do lendário músico – do antes do sucesso, a guerra e a sua morte prematura. No entanto, há outros facto que ficaram foram do filme.




VIVEU NOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA

bob marley one love curiosidade reggae biopic musica
© Paramount Pictures

Apesar do que vemos no filme, em que o músico jamaicano sai da sua terra natal para o Reino Unido, houve um período em que viveu nos Estados Unidos da América com a sua mãe. Durante os meados dos anos 60, e por períodos mais curtos na década de 70, Bob Marley seguiu a sua mãe para Delaware.

Lê Também:   Esta obra prima da ficção científica com Alicia Vikander e Oscar Isaac venceu um Óscar e já está disponível na Prime Video

Quando a sua mãe tinha uma loja de música jamaicana chamada Roots, o músico foi assistente de laboratório em Du Pont. Mais tarde e noutra de uma das suas passagens pelos Estados Unidos da América, chegou também a ter um trabalho na Chrysler Assembly Plant, mas sobre o nome de Donald Marley. A música “Night Shift” foi inspirada nesse trabalho.




CASOS EXTRACONJUGAIS 

bob marley one love rita casos reggae curiosidades biopic musica jamaica
© Paramount Pictures

Provavelmente é o ponto mais escondido do filme e que passa despercebido para a maioria das pessoas, visto que os únicos indícios são transmitidos através de olhares com outras pessoas. Apesar de Bob Marley e Rita Anderson terem estado casados até ao fim da vida do músico jamaicano, o casal teve vários relacionamentos extraconjugais onde resultaram filhos fora do casamento.

Lê Também:   A icónica digressão Taylor Swift: The Eras Tour já tem data de estreia na Disney+

O casal teve três filhos em conjunto Cedella Marley, David “Ziggy” Marley e Stephen Marley. No entanto, Bob Marley teve outros oito filhos de oito mulheres diferentes. Enquanto que Rita Anderson também teve outros dois filhos. Ainda assim Bob Marley perfilhou cada um deles.




INSPIRAÇÃO 

bob marley one love curiosidade reggae biopic musica
© Paramount Pictures

Segundo Tony Gilbert, um amigo de longa data, o lendário músico jamaicano inspirava-se com o que estava à sua volta, ele observava a vida – “o Bob inspirava-se em muitas coisas à sua volta, observava a vida. Lembro-me dos três passarinhos. Eram pássaros bonitos, canários, que passavam pelo parapeito da janela em Hope Road”.

Lê Também:   Este é o filme de Michael Caine que Quentin Tarantino considera o seu favorito (não é Zulu)

Este pequeno acontecimento deu origem a um dos melhores temas de Bob Marley, “Three Little Birds“. 




ESPIRITUALIDADE ATRAVÉS DA GANJA

bob marley one love curiosidade reggae biopic musica
©2023 Paramount Pictures. All Right Reserved.

A sua imagem é também altamente associada à cannabis, mas para Bob Marley fumar marijuana é muito mais simbólico.

Lê Também:   Prime Video anuncia alterações nos seus planos para 2024

Enquanto Rastafari, fumar era um ato religioso para o cantor, que acreditava que tinha propriedades espirituais e medicinais – “a erva é uma planta. A erva é boa para tudo”. Segundo rumores, o músico fumava cerca de 18 charros por dia.




O INÍCIO RASTAFARI

bob marley one love curiosidade reggae biopic musica
© Paramount Pictures

Fora do Cristianismo, o Rastafarianismo é um movimento que surgiu na Jamaica nos anos 30 do século passado, associado ao etiopianismo e pan-africanismo.

Lê Também:   Como seria o Senhor dos Anéis se tivesse sido feito nos anos 80?

Apesar de ter crescido como católico, quando se mudou para Kingston em adolescente acabou por se converter, a sua esposa também era devota. Apesar de não existir um credo oficial, a religião foca-se na figura de Haile Selassie, Imperador da Etiópia, o único país africano que não foi colonizado, e que muitos acreditam que é a segunda vinda de Cristo, ou Jah.




A MORTE PERMATURA 

bob marley one love curiosidade reggae biopic musica
© Paramount Pictures

Bob Marley morreu de cancro aos 36 anos de idade, no dia 11 de Maio de 1981. Em 1977 descobriu que tinha um melanoma maligno – “um tipo de cancro de pele que tem origem nas células da pele produtoras de pigmento chamadas melanócitos. Estas células transformam-se e passam a crescer descontroladamente e a invadir os tecidos circundantes”.

Lê Também:   Este popular filme com Brendan Fraser foi nomeado para um Óscar e já está disponível na Prime Video

Ao contrário da lenda urbana, a ferida e, consequentemente, o cancro que surgiu no pé não se deveu a uma lesão no futebol. Os doutores recomendaram que amputa-se o dedo mas Bob Marley recusou visto que ia contra as suas crenças. Tentou outros tratamentos, mas sem sucesso. Foi enterrado na sua terra natal com uma bola de futebol, um saco de marijuana e a sua guitarra Gibson Les Paul.

Já viste o filme? 

One thought on “Bob Marley: One Love | Curiosidades que provavelmente não sabes sobre a lenda do Reggae

  • Nunca vou mudar de ideia a respeito de bob Marley ele é uma lenda um mito um profeta que muitos não deram valor só porque fumava maconha. O erro crucial é achar que ela é abertura de caminho para outras drogas e que faz mal a saúde. Tudo mentiram maconha nada tem haver com outras drogas fabricadas em laboratório. Que pena. Abraços.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *