Cruella | © Disney

Cruella já tem sequela em desenvolvimento

Apenas uma semana depois da sua estreia, “Cruella” já está a conquistar o público e a Walt Disney Studios, falando-se já numa sequela com a mesma equipa.

Para já as notícias são relativamente precoces, e nada está garantido mas, de acordo com o The Hollywood Reporter, parece que a sequela de “Cruella” está realmente no bom caminho para acontecer. Apenas na sua segunda semana de exibição nos cinemas (e na plataforma de streaming da Disney+ via acesso premium), o novo live-action dos Walt Disney Studios já está a conquistar o público e por isso parece normal que se comece a pensar numa continuação da história de Cruella de Vil.

Sem detalhes ou pistas de por onde poderá ir a história do próximo filme, é certo que Emma Stone tem interesse em voltar ao papel de vilã da história de “Os 101 Dálmatas”. E os estúdios esperam conseguir voltar a reunir parte da equipa do primeiro filme, nomeadamente o realizador, Craig Gillespie, e o argumentista Tony McNamara.

Lê Também:
Cruella | Curiosidades de moda do live-action da Disney

Para a Disney, é normal que este seja o próximo passo na estratégia de filmes dado o sucesso sentido com o lançamento de Cruella,

“Estamos muito satisfeitos com o sucesso de bilheteira de Cruella, em conjunto com o seu sucesso via Disney+ Premier Access. O filme está a ser incrivelmente bem recebido pelas audiências de todo o mundo, com 95% de Audience Score no Rotten Tomatoes, para além das notas máximas dos vários grupos demográficos segundo o CinemaScore, com base no fim-de-semana de estreia, colocando-o nos filmes mais populares de live-action dos últimos tempos. Estamos entusiasmados por um projecto a longo prazo à medida que as audiências continuam a desfrutar deste filme fantástico.”

Relembre-se que “Cruella” não é o primeiro live-action da Disney. Os estúdios, nos últimos anos, apostaram em novas histórias como “Alice no País das Maravilhas” (2010), “Cinderella” (2015), “Bela e o Monstro” (2017) e até o mais recente “Aladdin” (2019) ou “O Rei Leão” (2019). Já a história de Cruella de Vil, é a segunda vez que os estúdios optam por se focar num antagonista como personagem principal; a primeira foi “Maléfica” (2014), com Angelina Jolie, que entretanto já teve uma sequela. A caminho ainda dos cinemas estão novas adaptações do género estando já confirmadas e em desenvolvimento “Pinóquio”, “Peter Pan & Wendy” e “A Pequena Sereia“.

TRAILER | CRUELLA JÁ ESTÁ NOS CINEMAS

Já viste Cruella? Concordas com uma sequela?

Marta Kong Nunes

Arquitecta (com um c!) de formação. Coordenadora de profissão. Fanática de cinema e séries por pura paixão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *