Jlin (foto de Ebru Yildiz)

Embryo é o novo EP de Jlin

“Embryo” assinala o regresso da produtora americana Jlin aos discos. Ouve aqui o single homónimo que abre o novo EP.

Passaram três anos desde o último longa-duração de Jerrilynn Patton, a banda sonora que esta nativa de Indiana compôs para o espectáculo Autobiography de Wayne McGregor. Jlin editou alguns temas avulsos, entre os quais o single para a série da Adult Swim, “I Hate Being an Adult”, e a colaboração com SOPHIE, lançada postumamente, JSLOIPNHIE. Mas só agora temos direito a um disco propriamente dito, mesmo que mais breve do que desejaríamos. Ainda assim, segundo o comunicado de imprensa, o EP “Embryo”, que sairá a 10 de Dezembro pela Planet Mu, aparenta vir em avanço de um longa-duração já em preparação, pelo que não teremos de esperar muito mais pelo sucessor de Black Origami (2017).

Lê Também:
Joni Mitchell, Blue | em análise

A criação das quatro faixas que compõem “Embryo” parece ter sido motivada pela necessidade de Jlin respirar um pouco e salvaguardar a saúde mental: “Estava só a escrever para tentar sair da minha própria cabeça. Compus todas estas peças entre várias comissões, tentando manter-me mentalmente à tona.”

O single homónimo foi composto para o ensemble musical de Chicago, Third Coast Percussion, que deverá lançar a sua própria versão do tema mais adiante, em Maio de 2022, pela Cedille Records. Febril, contundente, espiralado, “Embryo” é menos sincopado e arrítmico do que aquilo a que Jlin nos tem vindo a habituar e evoca, até certo ponto, o trabalho de Aphex Twin dos tempos de Selected Ambient Works 85-92 ou Drukqs. Mas a marca distintiva do footwork mutante de Jlin está bem presente em “Embryo”, inconfundível, ao mesmo tempo que assinala discretamente, uma vez mais, uma nova direcção na evolução orgânica que tem sido a desta talentosa produtora.

JLIN | “EMBRYO”

“EMBRYO” | Alinhamento

  1. “Embryo”
  2. “Auto Pilot”
  3. “Connect The Dots”
  4. “Rabbit Hole”

Maria Pacheco de Amorim

Literatura, cinema, música e teoria da arte. Todas estas coisas me interessam, algumas delas ensino. Sou bastante omnívora nos meus gostos, mas não tanto que alguma vez vejam "Justin Bieber" escrito num texto meu (para além deste).

Maria Pacheco de Amorim has 181 posts and counting. See all posts by Maria Pacheco de Amorim

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *