Encounter © Amazon Prime Video

Encounter, em análise

Sendo “Encounter” um thriller de ficção científica protagonizado por Riz Ahmed e Octavia Spencer, não se esperava uma das maiores desilusões do ano, apesar de não conhecer o trabalho prévio do realizador, Michael Pearce.

Lê Também:
Natal no streaming | Um calendário de advento para todos

Sempre afirmei que aprecio todos os géneros e subgéneros. Embora tal seja inquestionavelmente verdade, obviamente existem alguns tipos de filmes que me atingem de uma forma muito mais impactante. Ficção científica permanece um dos meus géneros favoritos, especialmente quando se aventura por invasões alienígenas. Desde takes mais subversivos (“O Primeiro Encontro”) aos blockbusters guiados por ação (“The Tomorrow War”), todos carregam uma aura especial que me fascina profundamente. Portanto, sendo que “Encounter” se encaixa neste perfil, foi apenas natural que atraísse a minha atenção, logo assisti com expetativas ligeiramente altas.

Infelizmente, esta é uma das minhas maiores deceções do ano. Não vi trailers nem nada para além do poster oficial, mas, honestamente, não creio que fizesse diferença. Não acredito que o trailer seja enganador para espetadores com uma certa experiência na interpretação das campanhas de marketing de cada estúdio. No entanto, tendo em mente que Encounter” provavelmente será mais visto por um público caseiro através da Amazon Prime Video, parte dessa audiência certamente se sentirá traída. Michael Pearce (“Besta”) e o seu co-argumentista, Joe Barton (“My Days of Mercy”), tentam misturar um tópico particular frequentemente abordado em filmes de guerra com o sobrenatural, mas, infelizmente, tudo parece incrivelmente desapontante e extremamente previsível.

 

Apesar de mais uma prestação notável por parte de Riz Ahmed (“Sound of Metal”), este filme falha em entregar uma versão criativa de uma história que os espetadores já vivenciaram centenas de vezes. Não se deixem enganar pelas minhas palavras, “Encounter” encontra-se longe de ser um desastre. Ainda é uma obra decente com uma narrativa principal emocionalmente convincente no seu centro e contém algumas sequências de suspense bem filmadas. No entanto, a falta de desenvolvimento de personagem e imaginação deixa a peça de Pearce com apenas um par de elementos interessantes. Mesmo tecnicamente, não consigo encontrar um componente que se destaque, o que podia, pelo menos, ter elevado alguns momentos do filme onde o espetador sabe exatamente o que vai acontecer.

O elenco é, de facto, o “salvador da pátria”. Ahmed continua a provar o seu valor a Hollywood, demonstrando todo o seu talento inegável e alcance impressionante. Octavia Spencer (“Thunder Force”) tem menos tempo de ecrã do que antecipava, mas a atriz experiente faz valer todos os segundos. Quanto aos jovens atores, Lucian-River Chauhan é surpreendente como Jay, embora performances de miúdos exijam sempre algum tipo de julgamento leve. Fora disso, a “missão de resgate” segue um caminho gradualmente menos entusiasmante, terminando com um toque bonito que não afetará os espetadores tanto quanto deveria, uma vez que a maioria já terá desistido por essa altura.

ENCOUNTER | ESTREIA DIA 10 DE DEZEMBRO NA AMAZON PRIME VIDEO

Encounter, em análise
Riz Ahmed Encounter

Movie title: Encounter

Movie description: Dois jovens irmãos fogem com o pai, um fuzileiro condecorado, que tenta protegê-los de uma ameaça desumana. À medida que a viagem os leva em direções cada vez mais perigosas e inesperadas, os rapazes terão de enfrentar duras verdades e deixar a infância para trás.

Date published: 10 de December de 2021

Country: UK/EUA

Duration: 108'

Director(s): Michael Pearce

Actor(s): Riz Ahmed, Octavia Spencer, Janina Gavankar, Rory Cochrane, Lucian-River Chauhan, Aditya Geddada

Genre: Sci-Fi, Thriller

[ More ]

  • Manuel São Bento - 45
45

CONCLUSÃO

“Encounter” contém boas prestações, mas, infelizmente, falha em entregar uma visão criativa e cativante de um filme sobre uma “invasão alienígena”. Riz Ahmed tenta o seu melhor para levar o trabalho de Michael Pearce até porto seguro, mas a narrativa genérica e nada surpreendente carece de um desenvolvimento de personagem mais envolvente para ajudar os espetadores a chegar ao ato final ainda interessados ​​em como tudo vai acabar. Do ponto de vista técnico, nenhum elemento se destaca o suficiente para elevar o nível do filme. Praticamente todos os componentes parecem copiados de obras melhores e os seus temas já foram abordados inúmeras vezes no cinema. Se os cineastas não conseguem trazer originalidade para a sua história e personagens, então o público terá dificuldade em se preocupar com as mesmas…

Pros

  • Prestações do elenco, nomeadamente Riz Ahmed.
  • Narrativa central emocionalmente convincente, apesar de…

Cons

  • História extremamente previsível e demasiado genérica.
  • Falta de um desenvolvimento de personagem imaginativo e interessante.
  • Argumento com zero fator surpresa.
  • Nenhum elemento técnico de destaque.
Sending
User Review
0 (0 votes)
Comments Rating 0 (0 reviews)

Manuel São Bento

Um jovem engenheiro de 28 anos com uma paixão tremenda por cinema, televisão e a arte de filmmaking. Opiniões baseadas numa perspetiva imparcial de quem não vê trailers desde 2016. Membro de associações de críticos internacionais como GFCA, IFSC e OFTA. Aprovado no Banana Meter. Redes sociais através de @msbreviews.

Manuel São Bento has 34 posts and counting. See all posts by Manuel São Bento

Leave a Reply

Sending