Damir Hajdarbasic via Shutterstock.com, ID 2027681033

Esta música inspirou Bono a tornar-se cantor

Bono é o vocalista dos U2, uma das bandas mais antigas do cenário do rock’n’roll e que ainda estão “no ativo”. Numa entrevista que o irlandês deu à BBC Radio 4, o músico falou sobre as suas inspirações e mencionou uma música que o ajudou a descobrir a sua voz.

Sumário:

  • Os U2 surgiram em 1976 e são das bandas mais conceituados da indústria musical;
  • Paul Hewson, mais conhecido como Bono Vox (derivado do latim, significando “boa voz”) falou sobre algumas das suas influências musicais, fazendo uma especial menção à capacidade de composição lírica de Bob Dylan;
  • No entanto, houve uma canção de Peter Frampton que o ajudou a descobrir a sua vocação enquanto cantor.
Lê Também:   Esta é a banda mais “porreira” da história para Bono

Bono é o vocalista e principal compositor de uma das bandas mais marcantes do século XX, os U2. As suas letras abordam principalmente questões sociais, políticas e religiosas. Sendo irlandês e tendo sido criado por uma família com católicos e protestantes, não surpreende que muitas das músicas da banda abordem a relação do homem com a realidade, tanto natural como sobrenatural.

Numa participação da BBC Radio 4 “Desert Island Discs”, em 2022, Bono mencionou e desenvolveu a sua admiração pela composição e lirismo de Bob Dylan. Segundo o artista, a canção “Every Grain of Sand”, do álbum Shot of Love, é uma das suas preferidas de sempre. Bono partilhou até que olha para a faixa como uma espécie de oração pessoal, e explicou que uma vez entrou numa igreja em Picadilly e viu escrito na porta a parte do poema “Auguries of Innocence” de William Blake que lê “To see the world in a Grain of Sand (…)”. Bono concluiu que Bob Dylan se deve ter inspirado no poeta inglês para criar o título e tema da sua canção.


Consegue-se depreender daqui que Bono foi, muito provavelmente, influenciado por Dylan, se calhar até mais a um nível de composição literária do que propriamente musical. Bob Dylan é, de facto, considerado um dos músicos com um arsenal poético mais profundos que existem, tendo até ganho o Prémio Nobel da Literatura em 2016. Percebe-se que exista alguma correlação entre os temas que Dylan aborda (políticos, religiosos, sociais, humanitários) e os que inundam as canções dos U2.

Lê Também:   Problemas de última hora no Metro causam atrasos para o concerto de Taylor Swift na Luz

No entanto, na mesma conversa com a BBC Radio 4, Bono apontou a canção que o ajudou a descobrir a sua voz (mais do que a sua inspiração literária). O músico irlandês disse que encontrou o seu “território vocal” quando decidiu cantar a música “Show Me The Way” de Peter Frampton. Bono explicou que, ainda novos, ele e os outros membros da banda estavam no ginásio da escola a ensaiar e decidiram tocar essa canção. Apesar de ter sido tudo mal feito e o resultado final ter sido uma grande confusão musical, Bono sentiu qualquer coisa de especial, sentiu algo de diferenciador em si mesmo, e percebeu que tinha uma certa vocação para cantar.

“Show Me The Way” | Peter Frampton

Não é difícil ouvir esta música e a maneira como a mesma é cantada e imaginar a voz de Bono a encaixar perfeitamente neste estilo e nesta mística…

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *