European Film Challenge

European Film Challenge | Uma luta pela descoberta do cinema

Falta pouco tempo para o final de mais uma edição do European Film Challenge e, por isso, exploramos um bocadinho das suas origens e dos seus objetivos. 

O amor pelo cinema mundial já levou ao nascimento de inúmeros projetos e o European Film Challenge é mais um dos seus frutos. Nascido em 2016, o evento termina agora a sua quarta edição e é esperado que regresse em 2020. Mas qual a sua missão? Segundo Greta Akcijonaite, a coordenadora global do projeto, o EFC pretende ajudar o público a descobrir novas plataformas onde possa ver filmes, reforçar a relação entre a indústria cinematográfica e os espectadores, e unir ambas as partes nas plataformas já existentes. Contudo, o projeto pretende igualmente tomar uma nova abordagem contra a pirataria. Para Akcijonaite:

A luta contra a pirataria num jogo e não numa guerra.

Iniciativas como a EFC oferecem uma alternativa a quem gosta de ver os filmes em casa mas também a quem gosta de aceder a obras não disponíveis no seu território. Entre as várias plataformas existentes, como a Filmin, o espectador pode agora ter cinema internacional à distância de um clique sem ter de recorrer à pirataria.

Lê Também:
European Film Challenge | 50 grandes filmes europeus

Outro elemento que distingue o EFC de outros projetos é o facto de querer aliar-se às redes sociais e ao nosso gosto por partilhar nelas as nossas atividades. Para além de ver o filme e de o partilhar, o usuário pode agora fazê-lo de forma divertida e mais interativa – tendo a possibilidade de partilhar a sua atividade com outros cinéfilos.

O seu sucesso lá fora está em constante crescimento e não é de admirar que tenha finalmente chegado a Portugal, um “passo natural” segundo a The Film Agency, os coordenadores do European Film Challenge em território Ibérico:

Sim, foi um passo natural, O objetivo do European Film Challenge é o de unir o cinema europeu e o espectador jovem de toda a Europa, porque não em Portugal? Para além disso, em termos populacionais e de consumo de cinema, descobrimos que a audiência portuguesa tem potencial para crescimento. Se falarmos de logística e coordenação, coordenar Portugal foi também um passo natural para a The Film Agency pois temos vindo a coordenar outros projetos no vosso território, tendo desenvolvido boas relações com os nossos vizinhos e parceiros principais.

Até dia 15 de abril podes participar neste evento e habilitar-te a uma viagem ao Festival de Cannes deste ano!

Ângela Costa

Mestre em Cinema pela Universidade da Beira-Interior, sou apaixonada pelo cinema japonês e toda a cultura que o envolve. Adoro igualmente fotografia e se tiveres curiosidade passa no meu Instagram ;) Música e videojogos são dois outros grandes interesses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *