© HBO Portugal

Game of Thrones | Peter Dinklage fala sobre final da série

“Game of Thrones” acabou com algum desagrado por parte dos fãs. Aos olhos de Dinklage, o desfecho pouco popular teve várias pistas… mas ninguém quis ver.

No ano em que a série de sucesso da HBO, “Game of Thrones”, chegou ao fim, os actores principais do elenco têm–se desdobrado em entrevistas sobre o polémico final da série. Os fãs da série inspirada nos livros de George R. r. Martin não ficaram, na sua maioria, satisfeitos com o rumo que os argumentistas lavaram a série e desde o seu final que se tem refletido em petições para refazer episódios/toda uma temporada, crítica às suas nomeações aos prémios e agora mais recente a nomeação de Kit Harington ao Golden Globe.

Do elenco, parece no entanto que Peter Dinklage tem se afastado desses pontos de vista… pelo menos até agora. O actor, um dos favoritos dos fãs, interpretou Tyrion Lannister e chegou a ganhar múltiplos prémios por essa mesma personagem. Agora, meses depois do término de “Game of Thrones”, numa entrevista ao The New Yorker, Dinklage fala finalmente sobre a oitava temporada e o seu ponto de vista.

Lê Também:
Game of Thrones | Ideias para uma nova 8ª temporada

Na entrevista ao The New Yorker, Dinklage elogiou os showrunners da série, David Benioff e D.B. Weiss, referindo que fizeram um trabalho extraordinário na série. O actor percebe o motivo pelo qual os fãs ficaram chateados com o final da série, especialmente no que diz respeito à abrupta viragem de Daenerys Targaryen (Emilia Clarke) na vilã da história, mas acredita que se deve muito ao facto de simplesmente não quererem que a série chegasse ao final.

“Bem, todos terão sempre uma opinião, e isso quase que significa ser dono de algo. É como terminar [uma relação] com alguém. Eles ficam chateados. Não posso falar por todos, mas o que sinto é que os fãs não queriam que a série acabasse, e por isso muitos ficaram zangados. Eu sinto que o que Dave e Dan fizeram foi extraordinário.”

Mas, aos olhos de Dinklage, a reviravolta na persona de Daenerys foi algo que esteve presente nos episódios da temporada. O actor acredita que houve pequenas pistas no seu comportamento que facilmente levariam àqueles acontecimentos, ainda que os fãs se recusassem a ver.

“Isto acontece. Monstros são criados. E nem sempre se está à espera. Nós votamos neles para liderar. E acabamos a olhar para o outro lado. Por isso, alguém ficar chateado porque adoravam muito uma personagem, e tinham muita fé nessa pessoa – houve sinais ao longo de todo o caminho para essa personagem.”

A perspectiva de Dinklage é um contraste à reacção de Emilia Clarke quando se apercebeu do rumo da sua personagem. Para a actriz, foi um choque completo saber que Daenerys se iria tornar a vilã. É seguro assim dizer que Dinklage e Clarke têm visões diferentes sobre os sinais que a série apresentou.

Concordas com Dinklage ou tens opinião que o final foi abrupto e mal escrito?

Marta Kong Nunes

Arquitecta (com um c!) de formação. Coordenadora de profissão. Fanática de cinema e séries por pura paixão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *