Gravidade

Gravidade é o pior filme sobre o espaço segundo a NASA

Apesar de ser muito aclamado entre os críticos e dos vários prémios recebidos, a NASA critica “Gravidade” pela sua imprecisão científica.

“Gravidade” foi muito bem-recebido pela crítica, ganhou uma série de prémios (incluindo Óscares, BAFTA, Globo de Ouro, Critics’ e Peolple’s Choice Award) e conseguiu chegar aos 700 milhões de dólares em bilheteira. Por estes dados, qualquer pessoa diria que o filme foi um grande sucesso, mas houve um grupo de espectadores insatisfeitos: cientistas da NASA.

Dentro da lista dos filmes considerados maus devido às suas imprecisões científicas, estão incluídos “Missão a Marte”, “Armageddon” e “Planeta Vermelho”. “Planeta dos Macacos” e “A Mais Louca Odisseia no Espaço” também receberam aquilo a que poderíamos chamar de menção (des)honrosa.

Lê Também:
Vingadores: Guerra do Infinito, em análise

Infelizmente “Gravidade” está no topo da lista, por ser considerado completamente distinto da realidade. Tudo o que poderia correr mal, acabou por correr terrivelmente mal e, segundo um dos cientistas da NASA, não é esse sentimento exagerado que querem que o público tenha sobre a indústria espacial. Para além disto, surgem algumas dúvidas em “Gravidade” que questionam a sua veracidade: como poderia Sandra Bullock mover-se entre órbitas sem praticamente nenhum problema ou, quando ela despe o seu fato espacial, onde está a sua fralda?

No entanto, nem tudo são más notícias: os recentes filmes “Interestelar” e “Elementos Secretos” são elogiados, bem como “Perdido em Marte” e especialmente “Apolo 13”, que recebe maior destaque entre todos.

TRAILER | REVÊ AS IMAGENS DE GRAVIDADE

E tu? O que pensas desta opinião da NASA?

One thought on “Gravidade é o pior filme sobre o espaço segundo a NASA

  • “a NASA critica Gravidade pela sua falta de imprecisão científica.”: extraordinário. Não revêem o que escrevem ou simplesmente não sabem o que estão a escrever?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *