IndieLisboa

IndieLisboa 2019 | Destaques da programação

O IndieLisboa está de volta para a sua 16ª edição, de 2 a 12 de maio, com destaque especial para Anna Karina e para o cinema brasileiro.

A 16a edição do Indie Lisboa vai decorrer de 2 a 12 de maio com sessões no Cinema de S. Jorge, Culturgest, Cinema Ideal e Cinemateca Portuguesa.

Esta edição de 2019 tem o desafio de quebrar os recordes do ano anterior, que foi a segunda melhor edição desde o nascimento do Festival, reunindo 37 mil espectadores. O cinema brasileiro, Anna Karina, icónica atriz do cinema moderno, e as obras de Caroline Poggi e Jonathan Vinel estão em destaque este ano, havendo também uma maior aposta  no cinema português e o IndieJúnior.

Lê Também:
10 filmes a não perder na 12ª Festa do Cinema Italiano

Este ano serão exibidos 4500 filmes  edição, 51 dos quais portugueses (23 deles estando inseridos na competição nacional). Para quem não conhece o Indie, este Festival tem uma competição tanto nacional e internacional. Relativamente à primeira, a maioria das curtas e longas metragens têm a sua estreia no Festival; no que toca à segunda, na competição estão presentes entre as primeiras e terceiras obras do realizador em causa, que nunca foram antes exibidas publicamente em Portugal. Para além destas duas, há uma competição destinada a jovens cineastas (conhecida por “Novíssimos”) que pretende ajudá-los a dar os primeiros passos no mundo do cinema, sendo na sua maioria casos de filmes realizados em âmbito escolar ou de forma totalmente independente, sem qualquer apoio.

SOBRE AS VARIADAS SECÇÕES DO FESTIVAL

Para além das competições acima referidas, existe ainda a secção “Foco Silvestre”, tanto com obras de autores mais conhecidos como de novos cineastas, numa seleção de filmes que proponham novas linguagens. É nesta secção que existe o foco nas obras de Caroline Poggi e Jonathan Vinel, havendo ainda uma performance neste âmbito.

IndieLisboa
Caroline Poggi e Jonathan Vinel

Dentro da secção “Heróis Independentes”, o destaque é dado a Anna Karina, figura de destaque da Nouvelle Vague francesa, e serão exibidos filmes dos mais variados realizadores com quem a atriz colaborou, desde Godard a Jaqcues Rivette. A mesma secção é ainda dedicada ao cinema brasileiro (“Brasil em Transe”) procura abordar temas atuais do país, através dos filmes realizados ao longo dos últimos 12, especialmente tendo em conta os efeitos colaterais da eleição de Bolsonaro.

IndieLisboa
Anna Karina

Mas este festival não se fica só por aqui: o Indie Lisboa tem ainda uma secção dedicada à música, na qual são exibidos filmes sobre músicos e bandas de todo o mundo, e existe um programa noturno com concertos, o IndiebyNight. Para além de todos estas destaques, existe ainda o “Director’s Cut”, filmes que se dedicam ao próprio cinema como inspiração, “Boca do Inferno” onde se destacam obras com temas controversos e atividades paralelas destinada aos profissionais do cinema.

A programação completa será divulgada no site oficial do Festival a 18 de abril, dia em que os bilhetes passarão a estar à venda online. Até 17 de abril podes aproveitar os early birds, que permitem comprar bilhetes a um preço mais reduzido.

TEASER | INDIELISBOA 2019, VAIS AGUENTAR?

Vais passar pelo festival?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *