La Casa de Papel

La Casa de Papel, descobre as inspirações da série do momento

2 de 7

OS NOMES DO GANG

La Casa de Papel reservoir dogs
Cães Danados vs. La Casa de Papel

Quando o Profesor indica que cada um dos membros da equipa de assalto à Casa Nacional da Moeda de Espanha deverá, a partir daquele momento, utilizar nomes de cidades, não foi por mero acaso. Esta é uma das referências directas a “Cães Danados” de Quentin Taratino, no qual a série muito se inspirou. A estratégia imposta por o Profesor é a mesma que Joe Cabot (Lawrence Tierney) utilizou em 1992: “nada de nomes, nada de perguntas pessoais e, claro, nada de relações pessoais”.

Em “Cães Danados”, Tarantino utilizou nomes de cores (Sr. Branco, Sr. Laranja, Sr. Amarelo, Sr. Azul, Sr. Vermelho, Sr. Cor-de-Rosa, Sr. Castanho). Por sua vez, Álex Pina, criador de “La Casa de Papel”, optou por nomes de cidades (Tóquio, a narradora da história, Berlim, Rio, Nairobi, Denver e Moscovo, Helsínquia, Oslo). A estratégia foi, de igual forma, utilizada para que a polícia e os reféns não descobrissem a verdadeira identidade dos assaltantes.

Ainda assim, existe um episódio em que Nairóbi (Alba Flores), furiosa com Berlin (Pedro Alonso), o relembra “que isto não é um filme de Taratino ¿Eh?”.

2 de 7

Inês Serra

Cresci a ir ao cinema, filha de pais que iam a sessões duplas...Será genético? Devoro livros e algumas séries. Fã incondicional do fantástico e do sci-fi. Gostaria de viver todos os dias com o mote Spielbergiano - "I dream for a living"

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *