Figura de Estilo | Nicholas Hoult no desafio único da Jaguar

O britânico Nicholas Hoult pôs-se ao volante de um Jaguar XF  para o desafio único Smart Cone dessa marca de automóveis. Depois de entrar no universo de “X-Men” e “Mad Max”, Hoult tornou-se embaixador da Jaguar e acelera em “Collide – A Alta Velocidade”.

Aos 12 anos, Nicholas Hoult estava longe de imaginar que aquele pequeno filme que protagonizou ao lado de Hugh Grant lhe iria mudar a vida. Falamos de “About a Boy“, uma dramédia que, curiosamente, não o catapultou para a fama imediata, mas que o fez ser integrado em diversas séries televisivas, como “Skins“.  Esse reconhecimento mais generalizado do público só haveria de chegar em 2011 quando Nicholas Hoult se juntou à squad de “X-Men: O Início“, onde fez par romântico com Jennifer Lawrence.  O que se seguiu na sua carreira não foi particularmente memorável, mas acreditamos que o seu inebriante Nux de “Mad Max: Estrada da Fúria” possa ter sido um ponto de retorno para a construção de uma carreira sólida.

Sabe Mais: Uma galeria de sonho: os carros de Collide – A Alta Velocidade

Aos 27 anos, Hoult aventura-se novamente no mundo dos carros em “Collide – A Alta Velocidade“. No filme,  o ator está ao volante dos modelos XF e F-TYPE da marca Jaguar, da qual é embaixador. Para o desafio único “Smart Cone”, Nicholas acelera com um Jaguar XF AWD R-Sport. Este desafio usa a tecnologia sem fios para iluminar aleatoriamente pares de cones e definir uma rota sempre diferente. Com milhões de diferentes combinações possíveis escolhidas em tempo real, a tecnologia fornece um teste único de habilidade de condução, precisão e reações.

Vê Mais: Figura de Estilo | A sublime beleza de Felicity Jones na revista Glamour

Vê o vídeo onde Nicholas Hoult fala de “Collide – A Alta Velocidade” e executa as difíceis tarefas do desafio “Smart Cone”.

Para o vídeo de campanha, Nicholas Hoult participou também ainda num photoshoot:

 

Daniel E.S.Rodrigues

Sonho como se estivesse num filme de Wes Anderson, mas na verdade vivo no universo neurótico de Woody Allen. Sou obcecado pela temporada de prémios, e gostaria de ter seguido a carreira de cartomante para poder acertar em todas as previsões dos Óscares, Globos de Ouro (da SIC), Razzies, Troféus TV7 Dias e Corpo do Ano Men's Health. Mas, nesse universo neurótico e imperfeito em que me insiro, acabei por me tornar engenheiro. Sigam-me no Instagram para mais bitaites sobre Cinema, Música, Fotografia e outras coisas desinteressantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *