Oppenheimer © 2022 Universal Studios. All Rights Reserved.

Neto verdadeiro de J. Robert Oppenheimer afirma que só alteraria uma cena do filme de Christopher Nolan

Oppenheimer continua a ganhar força nas bilheteiras mundiais e as opiniões também continuam a multiplicar-se. Agora até mesmo o neto de Oppenheimer teceu comentários ao filme.

Charles Oppenheimer, neto do pai da bomba atómica, quebrou o silêncio relativo ao filme de Christopher Nolan e assumiu que falou diversas vezes com o realizador e que esteve presente nas filmagens duas vezes.

Relevou ainda que numa das vezes que presenciou as gravações, estava a ser filmada uma cena na qual Oppenheimer de Cillian Murphy chama “idiota” a um colega e, por esse mesmo motivo, considerou que estariam a criar mal a personagem baseada no seu avô. De acordo com Charles, Oppenheimer não insultava pessoas nem usava «esse tipo de linguagem».

Lê Também:   Oppenheimer, em análise

O neto disse ainda que comentou com o seu pai, Peter, sobre essa cena e que também ele concordou que a personagem não estivesse a ser corretamente retratada. No entanto, Charles acrescentou que se equivocou, porque, após ver o filme, percebeu que isso se tratava de um momento isolado, e que não tinham criado uma personagem «vulgar», tal como ele e a família temiam.




O alerta de Nolan ao neto de Oppenheimer

Oppenheimer
©2022 Universal Studios. All Rights Reserved

“Oppenheimer” foi baseado, na sua maioria, num livro publicado em 2006, da autoria de Kai Bird e Martin J. Sherwin, e que venceu um Pulitzer Prize (American Prometheus: The Triumph and Tragedy of J. Robert Oppenheimer), tendo também sido utilizados outros materiais e biografias sobre o criador da bomba atómica. O seu neto admitiu que teria sido bom para a longa-metragem que Nolan e os seus escritores utilizassem as memórias e histórias da família para criarem a personagem, mas admitiu também compreender que não o tenha feito, dado que se trata de uma pessoa com imensas informações de conhecimento público.

Lê Também:   Oppenheimer: Emily Blunt entrou no top 5 das previsões para o Óscar de Melhor Atriz Secundária

Curiosamente, o neto de Oppenheimer admitiu que não gostou de algumas cenas, e que Nolan já o tinha preparado para isso mesmo. Lembrou que o realizador o avisou que o filme teria ficção porque, de contrário, não seria um filme, mas sim um documentário, o que não lhe traria tanto sucesso, e que, por esse motivo, deveria preparar-se para certas invenções.

Charles contou ainda que de todas as cenas, a única que eliminaria seria aquela na qual a personagem de Cillian Murphy envenena uma maçã, na tentativa de matar o seu professor. Porém, mais tarde, arrepende-se. O seu neto afirma que não há qualquer prova de que isso terá acontecido e que o seu avô (que não chegou a conhecer) não era um assassino, pelo que aquela cena poderá criar uma imagem errada. Ainda assim, admitiu que se tivesse a possibilidade de tê-la visto antes do filme estrear, não diria nada a Nolan, porque acredita que sendo ele o grande cineasta que é, não necessitaria de conselhos por parte de ninguém.

TRAILER | OPPENHEIMER, UM DOS MELHORES FILMES DO ANO

Então, já tiveste oportunidade de ver este filme de Christopher Nolan?



Também do teu Interesse:


About The Author


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *