© Big Picture Films

Óscares 2023 | Os percursores, AFI e NBR

A corrida aos Óscares arrancou e, com esta, dois dos percursores mais importantes da temporada, National Board of Review e American Film Institute. Serão indicadores fiáveis ou escolhas pessoais destas instituições?

Os mais recentes vencedores do prémio de melhor filme do National Board of Review receberam indicações ao Óscar de Melhor Filme, sendo Green Book o mais recente vencedor. O American Film Institute tem também tradição de incluir no mínimo 6 a 7 filmes da sua seleção nos nomeados aos Óscares.

Para além dos cinco filmes que continuam a aparecer rotineiramente nas listas dos melhores do ano, “Tudo em Todo o Lado ao Mesmo Tempo”, “Women Talking”, “Os Fabelman”, “The Banshees of Inisherin” e “Top Gun: Maverik”, houve outras surpresas bem-vindas. “A Mulher Rei” coloca-se como um dos melhores do ano após algumas dúvidas acerca das suas possibilidades e “Avatar: O Caminho da Água” que finalmente emerge como um forte concorrente.

Lê Também:   NYFCC Awards 2022 | Lista Completa de Vencedores

Entre os pontos mais negativos é de destacar a inconsistência das aparições de “TÁR” e “Elvis” que pareciam garantidos na corrida ao Dolby Theatre. Entre as omissões mais chocantes temos “Babylon”, que parece não ter sido do palato da crítica mais ainda pode adoçar o gosto da Academia; “The Whale”, que tão só conseguirá conquistar nomeações de atuação e “Pinóquio de Guillermo del Toro” que não parece arrecadar citações, nem sequer na categoria de animação.

American Film Institute | A Seleção

  • “Avatar – O Caminho da Água”
  • “Elvis”
  • “Tudo em Todo o Lado ao Mesmo Tempo”
  • “Os Fabelman”
  • “Nope”
  • “Ela Disse”
  • “TÁR”
  • “Top Gun: Maverik”
  • “A Mulher Rei”
  • “Women Talking”
  • Prémio Especial: “The Banshees of inisherin”

National Board of Review | Os Escolhidos

Melhor Filme: Top Gun: Maverick

Melhor Realizador: Steven Spielberg, “Os Fabelmans”

Melhor Ator: Colin Farrell, “The Banshees of Inisherin”

Melhor Atriz: Michelle Yeoh, “Tudo em Todo o Lado ao Mesmo Tempo”

Melhor Ator Secundária: Brendan Gleeson, “The Banshees of Inisherin”

Melhor Atriz Secundária: Janelle Monáe, “Glass Onion: A Knives Out Mystery”

Melhor Guião Original: Martin McDonagh, “The Banshees of Inisherin”

Melhor Guião Adaptado: Edward Berger, Lesley Paterson, Ian Stokell, “A Oeste Nada de Novo”

Breakthrough Performance:  Danielle Deadwyler, “Till”  e Gabriel LaBelle, “Os Fabelmans”

Best Estreia de Realizador: Charlotte Wells, “Aftersun”

Melhor Filme de Animação: “Marcel the Shell With Shoes On”

Melhor Filme Internacional: “Close” da Bélgica

Melhor Documentário: “Sr.”

Melhor Elenco: “Women Talking”

Melhor Fotografia: Claudio Miranda, “Top Gun: Maverick”

Top Filmes do Ano: “Aftersun”,  “Avatar – O Caminho da Água”, “The Banshees of Inisherin”, “Tudo em Todo o Lado ao Mesmo Tempo”, “Os Fabelmans”,  “Glass Onion: A Knives Out Mystery”, “RRR”, “Till”, “A Mulher Rei” e “Women Talking.”

Top Filmes Internacionais: “All Quiet on the Western Front”, “Argentina, 1985”, “Decision to Leave”, “EO” e  “Saint Omer”

Top Documentários:  “All the Beauty and the Bloodshed”, “All That Breathes”, “Descendant”, “Turn Every Page – The Adventures of Robert Caro and Robert Gottlieb” e “Wildcat”

Top Filmes Independentes: “Armageddon Time”, “Emily the Criminal”,  “The Eternal Daughter”, “Funny Pages”,  “The Inspection”, “Living”, “A Love Song”, “Nanny”, “The Wonder” e  “To Leslie”

TRAILER | VÊ UM DOS FAVORITOS AOS ÓSCARES

Que escolhas faltaram nestas seleções dos percusores dos Óscares?



Também do teu Interesse:


About The Author


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *