Penny Dreadful | Eva Green

Penny Dreadful anuncia sequela em Los Angeles

“Penny Dreadful” teve três temporadas mas agora vai voltar com uma sequela mais moderna, em Los Angeles, e com o mesmo mistério da primeira série

“Penny Dreadful”, da Showtime, teve três temporadas e contava a história de Vanessa Ives, uma mulher que escondia um segredo enorme e que teve de aprender a lidar com um mundo cheio de escuridão e de seres sobrenaturais. A narrativa, numa Inglaterra victoriana, ganhou popularidade ao introduzir personagens da cultura pop e referentes à ficção gótica. Durante 27 episódios, John Logan, o criador da série, apresentou-nos a personagens como um lobisomem (Josh Hartnett), Dorian Gray (Reeve Carney), Van Helsing, Dracula, Frankenstein, Dr. Jekyll, entre outras.

A série conseguiu conquistar 13 nomeações aos Emmy e uma nomeação ao Globo de Ouro, para Melhor Atriz pelo trabalho de Eva Green (“A Casa da Senhora Peregrine para Crianças Peculiares“).

Lê Também:
Melhores Aberturas de Séries de Sempre | 3. Penny Dreadful

Apesar de para muitos ter sido considerada uma série que acabou mais cedo do que se esperava, a verdade é que Logan, o criador, teve sempre como objetivo terminar a série de forma a concluir a história para todas as personagens envolvidas.

Agora, dois anos depois da última temporada, a Showtime decidiu anunciar que vai ressuscitar a história de “Penny Dreadful”, relembrando que “Às vezes o que está morto, nem sempre fica morto”.

O novo capítulo, com o título “Penny Dreadful: City of Angels” (Penny Dreadful: Cidade dos Anjos), irá decorrer em Los Angeles, no ano de 1938, claramente distante da época vitoriana da série original. Numa época e lugar fortemente influenciados pelo folclore da cultura mexicano-americana, “City of Angels” irá seguir personagens ligadas ao Diabo e à Santa Morte, uma divindade recorrente da cultura mexicana.

“Penny Dreadful: City of Angels”, segundo Logan, será objeto de uma maior reflexão a nível de consciência social e com um maior cuidado a nível histórico, ao contrário do primeiro capítulo. A série irá abordar problemas da época, desde o âmbito político ao social, do racismo à religião.

O novo projeto da Showtime já conta com nomes como Michael Aguilar, Sam Mendes e Pippa Harris na cadeira de produtores executivos. John Logan, o criador de Penny Dreadful, irá voltar para a sequela como criador, escritor e produtor executivo.

A produção da nova série está prevista começar apenas em 2019 e até agora não existe informação sobre elenco, personagens ou se haverá referência à primeira série.

VÍDEO | RELEMBRA AS TRÊS TEMPORADAS DE PENNY DREADFUL

Fã de Penny Dreadful? Entusiasmado com este novo projeto?

Marta Kong Nunes

Arquitecta (com um c!) de formação. Coordenadora de profissão. Fanática de cinema e séries por pura paixão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *