Resident Evil: Welcome to Raccoon City © Sony Pictures

Resident Evil: Welcome to Raccoon City | Curiosidades do filme

Dos videojogos às adaptações cinematográficas foi um instante. “Resident Evil: Welcome to Raccoon City” estreia hoje e nós reunimos algumas curiosidades.

Considerado um reboot da saga de filmes que temos vindo a conhecer ao longo dos anos com Milla Jovovich no papel central, “Resident Evil: Welcome to Raccoon City” estreia nos cinemas a 8 de dezembro. Com um elenco jovem, o novo filme apresenta um leque de personagens totalmente novo as fãs do cinemas mas bastante familiar para aqueles que já são fãs do universo Resident Evil em termos de videojogos – a origem desta história.

O filme, cujos primeiros rumores surgiram logo em 2017 enquanto “Resident Evil: The Final Chapter” se encontrava nos cinemas, apenas iniciou processo de casting em 2020; até lá foram vários os nomes associados ao projecto, tanto a nível de realização como de argumento, e desde então o filme demorou mais que o expectável devido aos atrasos causados pela pandemia da Covid-19.

Lê Também:
Resident Evil: Raccoon City | Conhece as personagens

Mas, com as primeiras imagens a terem chegado aos meios de comunicação no verão de 2021, e depois dos fãs terem ficado na expectativa quanto ao resultado final, “Welcome to Raccoon City” chega aos ecrãs gigantes com um elenco que reúne Kaya Scodelario (“Maze Runner”), Hannah John-Kamen (“Homem-Formiga e a Vespa”), Robbie Amell (“Upload”), Tom Hopper (“The Umbrella Academy“), Avan Jogia (“Zombieland: Tiro Duplo“), Donal Logue (“Blade”) e Neal McDonough (“Relatório Minoritário”).

E, aproveitando a sua estreia e a dimensão do universo, não resistimos a deixar aqui algumas curiosidades que estão à volta deste filme. Vamos a isso? (NOTA: Poderão haver leves spoilers relativamente ao filme a chegar ao cinema, mas nada que os jogadores dos videojogos já não conheçam, dada a inspiração por detrás do filme)

Resident Evil Raccoon City
Robbie Amell e Kaya Scodelario são Chris e Claire Redfield ©️2021 CTMG. All Rights Reserved.
  • “Resident Evil: Welcome to Raccoon City” é baseado e inspirado nos primeiros dois videojogos a saga;
  • A estreia do novo filme coincide com o 25º aniversário do videojogo e o lançamento de “Resident Evil Village” (2021);
  • James Wan esteve associado ao filme enquanto produtor, e Greg Russo como argumentista. Ambos deixaram o projecto em 2018, com Wan a preferir focar-se em “Mortal Kombat” (2021), e dando lugar a Johannes Roberts na realização/argumento;
  • A história e guião que Greg Russo desenvolveu com James Wan, e que nunca foi utilizada, inspirava-se em “Resident Evil 7 Biohazard” (2017). A ideia seria regressar ao tom mais assustador e de terror da saga;
Resident Evil
“Resident Evil: Welcome to Raccoon City” é o sétimo live-action da saga de filmes © Sony Pictures
  • Este é o doze filme da saga, contando com os filmes animados CGI “Biohazard 4D: Executer” (2000), “Resident Evil – Degeneração” (2008), “Baiohazado: Damuneshon” (2012), “Resident Evil: Vendetta” (2017) e “Resident Evil: Infinite Darkness” (2021); em termos de live-action é o sétimo filme da série;
  • Como grande fã de John Carpenter, Johannes Roberts inspirou-se nos filmes de “Assalto à 13ª Esquadra” (1976) e “O Nevoeiro” (1980); os créditos de abertura são inclusive escritos na mesma fonte que os de “Prince of Darkness”, de Carpenter;
Lê Também:
Resident Evil | Melhores Jogos da Série
  • Em “Welcome to Raccoon City”, a equipa de design procurou ser o mais fiel possível ao ambiente da Mansão Spencer, tal como a conhecemos dos jogos, sendo desde logo evidente as semelhanças de ambientes como a entrada da mansão e a sala de jantar;
  • O look da personagem de Claire Redfield (interpretada por Kaya Scodelario) foi trabalhado a partir da sua aparição no remake de “Resident Evil 2” ao invés da sua aparição original;
Resident Evil Raccoon City
O look de Claire Redfield procurou ser fiel aos videojogos… pelo menos a uma versão ©Sony Pictures
  • O colar de Claire tem um pendente de uma asa/pena de uma libélula. No jogo “Resident Evil: Code” é Veronica quem tem de procurar vários itens iguais para conseguir avançar no jogo.
  • No início do filme de “Welcome to Raccoon City”, na zona de sala de jantar, é visível uma máquina de escrever clássica. Esta é uma clara alusão aos videojogos, onde este tipo de máquinas surgem como forma de gravar o progresso ao longo do jogo;
  • Existe uma cena no filme onde Wesker (Tom Hopper) toca “Moonlight Sonata” ao piano, a fim de abrir uma porta secreta. Este momento é um nod a um momento do videojogo original, onde Jill toca a mesma música ao piano para abrir uma divisão que contém um Gold Emblem (1998).

És fã dos videojogos? E dos filmes live-action?

Lê Também:
Resident Evil Village, em análise

Marta Kong Nunes

Fanática de cinema e séries por pura paixão, sou da geração Disney mas também das Tartarugas Ninjas, Motoratos e afins. Já passei pela obsessão de vários géneros de cinema e apesar de me considerar eclética, nada me tira o gozo de um bom filme de acção (por muito irrealista que seja). Séries também se devoram por cá, mas a magia de um filme, será sempre a magia de um filme!

Marta Kong Nunes has 2000 posts and counting. See all posts by Marta Kong Nunes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *