Star Wars: A Ascensão de Skywalker | © NOS Audiovisuais

Star Wars: A Ascensão de Skywalker | Análise do trailer

[tps_header]

O último filme da saga de Skywalker, “Star Wars: A Ascensão de Skywalker“, encerrará a amada franchise de “Star Wars“, mas ainda há muita história para contar. Como será que tudo irá acabar?

Depois de oito filmes, e até alguns spin-offs, a saga Star Wars continua a surpreender e a deixar os fãs ansiosos pelas suas histórias, e este trailer final não ficou aquém!

O último trailer do tão esperado lançamento de dezembro fornece dicas tentadoras sobre o que está por vir e o que podemos esperar. Outros olhares iniciais do vídeo mostraram novos mundos, possíveis reviravoltas das personagens e batalhas iminentes, então o que resta?

[/tps_header]

Star Wars: A Ascensão de Skywalker
Daisy Ridley em “Star Wars: A Ascensão de Skywalker” | © NOS Audiovisuais

O vídeo revela a promessa: “A Saga terminará”. Ao longo do caminho, velhos amigos (e inimigos) retornam, novos mundos serão aventurados e, pareceu bastante claro que Rey, interpretada por Daisy Ridley, e Kylo Ren, representado por Adam Driver, reunir-se-ão para, pelo menos, para uma luta de alucinante. Para os fãs de Carrie Fisher, a indomável princesa Leia volta a aprofundar a sua relação emocional com Rey, enquanto que os fãs de Mark Hamill, provavelmente, sentirão um friozinho ao ouvir a voz de Luke Skywalker “aparecer” no meio da narração da história. Este não está sozinho, uma vez que o trailer está repleto de detalhes narrativos de algumas das personagens de assinatura da saga – mesmo algumas que não apareceram nos últimos filmes.

O Episódio IX da saga tem data de estreia agendada para dia 19 de dezembro. Podes ver o trailer completo aqui e, se estiveres interessado na análise, como também, nas dicas que este trailer nos dá sobre o próximo filme, continua a ler!

TRAILER | STAR WARS: A ASCENSÃO DE SKYWALKER


AS TROPAS REÚNEM-SE

Star Wars: A Ascensão de Skywalker
Star Wars: A Ascensão de Skywalker | © Walt Disney Studios Motion Pictures

No final do filme “Star Wars: Episódio VIII – Os Últimos Jedi“, a Resistência depara-se com uma pergunta existencial e literal: quem sobreviveu e quem estava preparado para continuar a lutar. Os restantes eram tão poucos que deu a entender que cabiam todos, com facilidade, na Millennium Falcon.

Então, quem sobreviveu? Quem quer continuar a lutar? Logo no início, recebemos uma resposta clara às questões anteriores: muitas pessoas, incluindo Billy Dee Williams, que interpreta Lando Calrissian, um dos favoritos dos fãs. É Lando que aparece no centro da cena, à medida que os restantes da Resistência reúnem-se para o que parece ser os primeiros minutos de uma nova batalha. A luta ainda não acabou.


O REGRESSO DE ROSE

Star Wars: O Último Jedi
Kelly Marie Tran em “Star Wars: O Último Jedi” | © Walt Disney Studios Motion Pictures

Os fãs de Rose Tico, interpretada pela atriz Kelly Marie Tran, incomodaram-se com a aparente falta da destemida mecânica pertencente à Resistência nos últimos filmes realizados. Após o aparecimento de Lando e uma crescente variedade de lutadores, Tran aparece para a sua cena, claramente, correndo para o próximo local em que a mesma é precisa. A nossa previsão é que ela está a salvar o que ama, de novo.


O REGRESSO DO IMPERADOR PALPATINE

Star Wars: A Ascensão de Skywalker
Ian McDiarmid em “Star Wars: A Ascensão de Skywalker” | © Walt Disney Studios Motion Pictures

O temível Imperador Palpatine, interpretado por Ian McDiarmid, ainda não fez nenhuma aparência nos últimos filmes, mas, após um painel revelador na “Star Wars Celebration” deste ano incluir dicas de que o génio do mal está de volta, os fãs preparam-se para o seu retorno no último filme da saga. Embora ele não seja mostrado no trailer, o seu trono icónico aparece.


MILLENNIUM FALCON VOLTA A VOAR

Star Wars: A Ascensão de Skywalker
© Walt Disney Studios Motion Pictures

Enquanto que a nave espacial icónica de Han Solo está de volta aos filmes desde “Star Wars: Episódio VII – O Despertar da Força” (sendo que parecia a última nave confiável da Resistência na conclusão de “Star Wars: Episódio VIII – Os Últimos Jedi”), este novo trailer sugere que participa numa outra batalha real.


“UMA ÚLTIMA OLHADA” DE C-3PO

Star Wars: A Ascensão de Skywalker
Anthony Daniels em “Star Wars: A Ascensão de Skywalker” | © Walt Disney Studios Motion Pictures

Claro que todas as cenas deste trailer são importantes, mas é difícil imaginar algo tão emocional como o momento do fiel humanoide C-3PO. J. J. Abrams sempre amou a sua “caixa misteriosa” de truques, mas os olhares terríveis dos seus compatriotas humanos e o seu voto de dar “uma última olhada” sugerem que o filme pode terminar com, pelo menos, um comovente sacrifício de tom dourado.


A ALIANÇA DE REY E KYLO REN

Star Wars: A Ascensão de Skywalker
Daisy Ridley e Adam Driver em “Star Wars: A Ascensão de Skywalker” | © Disney

Rey e Kylo Ren aparecem ao longo do trailer, muitas das vezes em desacordo, mas, se observarmos mais atentamente, conseguimos ver uma cena que sugere que estas duas personagens podem não estar a lutar entre si, mas sim a unirem-se contra uma ameaça maior. Este episódio não esconde: estes dois podem ficar aliados, de uma vez por todas.


AFINAL NÃO HÁ UMA “DARK REY”?

"Star Wars: A Ascensão de Skywalker"
Daisy Ridley em “Star Wars: A Ascensão de Skywalker” | © Walt Disney Studios Motion Pictures

Durante a D23 deste ano, mostraram que Rey e Kylo Ren lutarão num afloramento varrido pelo oceano (mais imagens apareceram com o novo trailer), mais um duelo entre as duas estrelas. No entanto, enquanto, essa sequência representava o vermelho ardente do sabre de luz de Kylo (graças aos cristais sintéticos que os Sith fornecem) e o azul cintilante da própria arma de Rey (a cor habitual para um Jedi), numa outra cena, Rey fica pálida enquanto segura um sabre de luz vermelho de ponta dupla, assim como Darth Maul. Este episódio foi o suficiente para que os fãs ficassem ansiosos por ver uma nova versão de Rey, mas, com este trailer final, percebemos que o mesmo não iria acontecer, já que mostram a personagem iluminada apenas pelo azul da sua arma.

[tps_footer]

Ansioso pela estreia do filme? 

Lê Também:   Star Wars: Os Últimos Jedi, em análise

[/tps_footer]

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *