© 2020 Amazon Studios, Prime Video

The Boys vai continuar irreverente na 3ª temporada

“The Boys” é conhecida como a série de super-heróis mais ousada de todos os tempos e após o seu criador partilhar o nome do 3º episódio da próxima temporada, questionamo-nos se não irá longe demais…

“Herogasm” foi o nome do episódio partilhado por Eric Kripke, criador desta série de super-heróis (ou como gosto de chamar não-tão-heróis). Será que é desta que “The Boys” irá longe demais? É certo que para os milhões de fãs, tudo o que possa surgir de novo neste universo pouco ou nada vai surpreender. Desde o episódio 1 que percebemos que a irreverência é o ponto mais alto desta produção, altamente sem pudor ou regras.

Após vários pedidos de quem acompanham a banda desenhada, Eric Kripke irá incluir uma parte da história que até agora não tinha sido sequer mencionada: as secretas e extravagantes festas anuais da Vought, cheias de “sexo, drogas e rock & roll”. Ao que parece, esta espécie de orgia entre super-heróis acontece durante um semana num resort paradisíaco, longe dos olhares dos comuns mortais que acreditam nas suas boas intenções.

Lê Também:
The Boys prepara-se para receber um spin-off na Amazon Prime

Claro que para quem ainda não teve oportunidade de ver esta excelente série, tudo isto pode parecer um pouco estranho. Mas se equacionar-mos a hipótese de que toda a narrativa se centra em como os heróis podem ter ímpetos tão naturais como qualquer outra pessoa, contudo, levados a um contexto de malícia e narcisismo extremos, devido às habilidades sobre-humanas que os fazem crer ser as figuras mais próximas a um Deus, provavelmente não parecerá assim tão descabido. A premissa do “The Boys” começa na crença de que pessoas “normais” poderão ter uma essência mais pura, honesta e corajosa do que alguém que já nasceu com todo o poder nas mãos.

IMAGEM | CRIADOR DA SÉRIE “THE BOYS” MOSTROU UM POUCO DO QUE PODEMOS ESPERAR NA 3ª TEMPORADA

Ainda sem data de estreia, de uma coisa estamos certos: “The Boys” continuará ousado como sempre.

Filipa Carvalho

Metade humana, metade geek, tudo culpa do meu avô que todas as semanas, à segunda-feira, me levava ao cinema à sessão da tarde no Fonte Nova. Depois vieram os vizinhos com as NES e as DreamCasts e o bichinho continuou. Adoro uma boa série de comédia que me faça rir, um filme de terror que me deixe assombrada para o resto do dia e um jogo que me tire o sono. Também faço lives na Twitch e desabafo no Twitter onde... bem.... o que dizer? Vocês conhecem como funciona o Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *