©Amazon Prime Video

The Marvelous Mrs.Maisel T4, primeiras impressões

“The Marvelous Mrs.Maisel” está de regresso à Amazon Prime Video para a sua quarta temporada na semana em que a 5ª e última temporada da série foi confirmada pela plataforma de streaming. Uma vez mais, Rachel Brosnahan é encantadora e corrosiva como Midge Maisel, à medida que procuramos analisar os primeiros dois episódios da T4, que estreiam hoje, 18 de fevereiro, na Prime Video. 

Diálogos rápidos, guarda-roupa impecavelmente escolhido, numa Nova Iorque dos anos 1950 e 1960, a fervilhar e repleta de hipóteses. É este o mundo de “The Marvelous Mrs. Maisel”, a série de comédia criada por Amy Sherman-Palladino, a mítica criadora de uma outra série cheia de palavriado e de fortes personagens femininas – “Gilmore Girls”. Foi “Mrs. Maisel” que ajudou, em grande parte, a colocar no mapa a Amazon Prime Video enquanto plataforma criadora de conteúdo, apesar de previamente o streamer ter já apresentado a forte proposta “Transparent“.

Lê Também:   The Marvelous Mrs. Maisel, primeira e segunda temporadas em análise

“The Marvelous Mrs.Maisel” é uma série que se constrói em torno da irreverência de duas personagens femininas. Miriam “Midge” Maisel, uma dona de casa judia privilegiada, na nova-iorque dos anos 50, que reinventa a sua vida como comediante de stand-up depois de o marido a deixar e  Susie Myerson (Alex Borstein), a invulgar funcionária de um bar onde Midge atua e onde se conhecem, a qual se viria a tornar a sua manager. Parte do apelo vem do carisma contagiante de ambas as personagens, e muita da sua relação bebe de um jogo de contrastes, entre os seus mundos, e entre o privilégio de Miriam e a simplicidade do estilo de vida da desenrascada Susie.

Como em tempos fez com “Gilmore Girls”, Sherman-Palladino enriquece esta sua criação com diálogos inteligentes, repletos de um número aparentemente pouco razoável de palavras por minuto e que respiram cultura popular e referências ao mundo do entretenimento. Todavia, “The Marvelous Mrs. Maisel” é uma série mais “crescida” quando comparada a outras criações de Amy, munida de um design de produção mais rico e de uma estrutura narrativa menos baseada na lógica da comédia de situação e devidamente estruturada através de vários arcos.

A quarta temporada transporta-nos para um novo recomeço, depois de Midge perder o seu antigo magnífico contrato como número de abertura para a tour do grande astro musical Shy Baldwin (Leroy McClain) depois de falar “demasiado” durante um dos seus números. O primeiro episódio da 4ª temporada de “Marvelous Mrs. Maisel” pode ser visto como algo frustrante, à medida que a personagem central desta história parece voltar à estaca zero. Todavia, a meio do segundo capítulo, que entretanto já tivemos o prazer de ver, tudo parece ter um sentido próprio e uma intencionalidade pela qual aguardávamos. É pela via do caminho da libertação da mulher que a nossa Midge promete brilhar…

Marvelous Mrs. Maisel T4
O núcleo Weissman ©Amazon Prime Video

Ora, a Midge deste quarto ano vê-se transformada pela força das circunstâncias e está pronta para ser menos “senhora” (no sentido de ladylike) e testemunhamos inclusive uma deliciosa cena na prisão que parece assumir-se como o início de uma linha narrativa essencial. Todas as personagens marcantes de Maisel andam para a frente, à medida que Joel Maisel (Michael Zegen) procura conciliar o seu bar, a pressão dos proprietários, a relação com Midge e com a sua nova namorada; Susie procura lidar com o seu vício do jogo e Abe Weissman (Tony Shalhoub) e Rose Weissman (Marin Hinkle) voltam a viver com a filha, mas não sem exigirem algo em troca. Quanto a Abe, habitua-se a um novo e desafiante emprego mal remunerado, enquanto Miriam faz de tudo para manter as aparências. 

Sim, é um novo e empolgante mundo, aquele que “The Marvelous Mrs.Maisel” nos apresenta no arranque desta sua quarta e aparentemente penúltima temporada. Entretanto esperamos, ao longo deste conjunto de episódios, a aguardada chegada de Kelly Bishop e Milo Ventimiglia (a Emily Gilmore e o Jess da outra famosa série de Sherman-Palladino, em novos papéis ainda por conhecer) e pedimos também, acima de tudo, uma evolução narrativa constante e rica, à medida que a deliciosa decadência parece tomar conta do futuro de Midge.

TRAILER | THE MARVELOUS MRS.MAISEL ENTRA NO QUARTO ANO A 18 DE FEVEREIRO

The Marvelous Mrs.Maisel T4, primeiras impressões
The Marvelous Mrs.Maisel T4 Prime Video

Name: The Marvelous Mrs.Maisel

Description: É 1960 e a mudança está no ar. Enquanto procura melhorar o seu número, Midge encontra um trabalho com total liberdade criativa. Mas o seu compromisso com a arte —e os lugares a que a leva — cria um fosso junto da sua família e amigos.

[ More ]

  • Maggie Silva - 80
80

CONCLUSÃO

“The Marvelous Mrs.Maisel” inaugura a sua quarta e penúltima temporada com uma nova década a ser representada e muitas hipóteses para a vida e futuro das suas personagens centrais.

Pros

  • As cativantes performances centrais;
  • Os múltiplos convidados especiais que tornam o elenco ainda mais rico;
  • O magnífico design de produção e guarda-roupa;
  • A deliciosa cena na prisão e a irreverência em doses superiores;

Cons

  • O sentimento de “estanca zero”;
Sending
User Review
0 (0 votes)


Também do teu Interesse:


About The Author


Leave a Reply