Amy Adams e Glenn Close em "Hillbilly Elegy" © Netflix

Amy Adams e Glenn Close a caminho dos Óscares com Hillbilly Elegy

Ron Howard regressa ao género dramático com Hillbilly Elegy, que poderá colocar Amy Adams e Glenn Close na corrida aos Óscares 2021. 

Amy Adams e Glenn Close estão de volta ao ecrã com uma produção da Netflix que promete dar que falar. As suas transformações para “Hillbilly Elegy” é provavelmente das mais impactantes das suas carreiras, pelo menos segundo as primeiras imagens e trailer.

Hillbilly Elegy
Glenn Close e Amy Adams completamente irreconhecíveis em “Hillbilly Elegy” © Netflix

Não esqueçamos ainda o facto de ambas contarem em conjunto com 13 nomeações para os Óscares, sem nunca terem ganho. Aliás, são atualmente as atrizes vivas mais nomeadas de sempre que nunca conseguiram levar para casa uma estatueta dourada. Amy Adams, com seis nomeações, esteve nomeada pela última vez em 2019 com o filme “Vice” na categoria de Melhor Atriz Secundária. Em contrapartida, também nesse mesmo ano foi a última vez que Glenn Close esteve nomeada pelo filme “A Mulher“, mas mesmo com vitórias nos SAG e nos Golden Globes, não conseguiu triunfar – naquela que é provavelmente uma das derrotas mais chocantes de sempre dos Óscares.

Desta vez, ambas as norte-americanas protagonizam o novo filme de Ron Howard (“Han Solo: Uma História Star Wars”), que regressa ao género dramático para abordar um conflito familiar, muito apreciado pelos votantes da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood. “Hillbilly Elegy” é um drama com produção e distribuição da Netflix e que agora teve o seu primeiro trailer e primeiro poster divulgado.

A sinopse oficial de “Hillbilly Elegy” pode ser conhecida abaixo.

Ex-fuzileiro naval e estudante de Direito, o jovem J.D. Vance (Gabriel Basso) vê o seu sonho de conseguir um emprego ideal ser interrompido por uma crise familiar que o obriga a regressar à cidade onde nasceu e encarar a complexa dinâmica da sua família e a difícil relação com a sua mãe (Amy Adams). Com as memórias marcantes da avó que o criou (Glenn Close), J.D. embarca numa viagem de autoconhecimento e aceitação da influência das suas origens no decurso da vida.

A longa-metragem promete as conversas mais densas e conflituosas entre as personagens e, por incrível que pareça “Hillbilly Elegy” é inspirado numa história verídica e baseado no livro “Hillbilly Elegy: A Memoir of a Family and Culture in Crisis”. O primeiro trailer pode ser visto abaixo.

Hillbilly Elegy, trailer do novo filme de Ron Howard

O drama será lançado nas salas de cinema dos EUA mesmo antes do seu lançamento na Netflix. O filme junta-se a “Mank” de David Fincher, “Da 5 Bloods” de Spike Lee e a “The Midnight Sky” de George Clooney como as grandes apostas da Netflix em termos de cinema adulto que se prometem destacar na próxima temporada de prémios. No elenco deste drama para além de Amy Adams e Glenn Close estão também Gabriel Basso, Haley Bennett, Freida Pinto, Bo Hopkins, e Owen Asztalos.  O primeiro poster de “Hillbilly Elegy” pode ser contemplado a seguir.

Hillbilly Elegy
Primeiro poster oficial de Hillbilly Elegy © Netflix

“Hillbilly Elegy” tem estreia marcada na Netflix para o final do mês de novembro. Fica atento aos artigos que a Magazine.HD tem preparado para ti sobre esta plataforma de streaming.

Virgílio Jesus

Era uma vez em...Portugal um amante de filmes de Hollywood (e sobre Hollywood). Jornalista e editor de conteúdos digitais em diferentes meios nacionais e internacionais, é um dos especialistas na temporada de prémios da MHD, adepto de todas as formas e loucuras fílmicas, e que está sempre pronto para dois (ou muitos mais!) dedos de conversa com várias personalidades do mundo do entretenimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *