M. Night Shyamalan © Bryan Bedder/Getty images for Universal Pictures.

Berlinale 2022: Shyamalan será o presidente do júri

O argumentista, realizador e produtor M. Night Shyamalan será o presidente do júri oficial do 72º Festival Internacional de Cinema de Berlim, que se realizará de 10 a 20 de fevereiro de 2022, desta vez já presencial.

O cineasta indiano, e imigrante norte-americano, M. Night Shyamalan, que surpreendeu o público e alguns dos seus pares, com seus filmes de suspense, nas últimas três décadas, vai sentar-se na cadeira de presidente do júri oficial da Berlinale 2022. Foi descoberto, em 1999, ainda jovem com o seu thriller psicológico O Sexto Sentido’, protagonizado por Bruce Willis e o pequeno Haley Joel Osment. O filme foi então o segundo filme de maior bilheteira daquele ano e recebeu seis nomeações aos Óscares. Shyamalan continua a ser um dos realizadores de cinema mais reconhecidos pelo grande público, talvez já não tanto pela crítica. Porém, como contador de histórias originais, Shyamalan tem continuado a focar-se na realização de thrillers que jogam com as convenções clássicas do género: o uso frequente de elementos sobrenaturais contrasta, ou melhor combina, com reflexões filosóficas sobre a nossa própria existência, como seres humanos.

Haley Joel Osment
Haley Joel Osment em “O Sexto Sentido” | © 1999 – Buena Vista Pictures

‘Estou muito satisfeito e honrado que M. Night Shyamalan tenha aceite o nosso convite para ser presidente do júri. Ao longo da sua carreira, moldou um universo em que os medos e desejos estão lado a lado, onde os jovens não são apenas os protagonistas, mas também a força motriz para superar o medo. Na indústria cinematográfica dos EUA, Shyamalan é uma figura única e um cineasta que se tem mantido fiel à sua visão. Essa fidelidade ao ideal de cada um é também o que procuramos na nossa seleção de filmes’. comentou Carlo Chatrian, Diretor Artístico da Berlinale, logo após o realizador ter aceite o convite, agradecendo de seguida: ‘Sempre me senti um cineasta independente dentro do sistema de Hollywood’, disse Shyamalan. ‘São exatamente essas coisas diferentes e heterodoxas que definem a nossa voz. Tentei manter sempre essas motivações em mim ao mesmo tempo que encorajei outros a protegerem esses aspectos da sua arte e de si mesmos. Ser convidado para fazer parte da Berlinale é para mim profundamente significativo. Representa a maior honra para um cineasta. Ser capaz de apoiar e celebrar os melhores talentos do mundo a contar histórias é um presente que aceitei com alegria.’

Fragmentado sequela M. Night Shyamalan
©Universal Pictures
Lê Também:
Duna, em análise (2)

Shyamalan estudou cinema na Tisch School of the Arts da New York University; no último ano do curso, filmou a sua primeira longa-metragem ‘Praying with Anger’, que estreou no Festival Internacional de Cinema de Toronto, em 1992. A sua obra é impressionante e inclui 14 obras cinematográficas. O tempo passa rápido para todos, e parece que foi há dias que estreou o seu primeiro grande sucesso e que entusiasmou meio-mundo, comparando-o ainda muito jovem com o talento de Steven Spielberg. Depois de ‘O Sexto Sentido’, Shyamalan lançou uma série de sucessos de bilheteria com ‘O Protegido’ (2000), ‘Sinais’ (2002) e ‘A Vila’ (2004). A Visita’ (2015), tornou-se no filme de terror de maior sucesso de 2015, e a partir daí Shyamalan decidiu começar a financiar os seus próprios filmes, dando a si próprio a independência necessária para mostrar sem constrangimentos a sua visão artística; e ao mesmo tempo a preservar a integridade das suas singulares narrativas. Fragmentado estreou em 2017, ficou em primeiro lugar nas bilheterias dos EUA durante três semanas consecutivas, seguindo-se por Glass (2019), que repetiu o mesmo feito, embora ambos sem grande sucesso junto da crítica. O seu último filme para as salas de cinema, Presos no Tempo (2021), é baseado na história de banda desenhada Sandcastle, foi lançado internacionalmente nos cinemas no verão passado, mas talvez tenha passado um pouco ao lado do público, por causa das limitações sanitárias provocadas pela pandemia. Atualmente, M. Night Shyamalan está a trabalhar no seu próximo filme novamente para estrear em sala: Knock at the Cabin, que será lançado em fevereiro de 2023. Shyamalan iniciou-se igualmente com sucesso na televisão em 2015/16, com a série de 10 episódios, intitulada Wayward Pines da FOX, baseada num dos romances mais vendidos então, nos EUA. Atualmente, Shyamalan é o produtor e realizou vários episódios de Servant, a premiada série da Apple TV+.

Servant
Servant | © AppleTV

Shyamalan dedica-se igualmente aos projetos filantrópicos com a sua The M. Night Shyamalan Foundation, que co-fundou com sua esposa em 2001. A fundação apoia os esforços de base de líderes emergentes que trabalham para eliminar as barreiras criadas pela pobreza e a injustiça social nas suas comunidades.

JVM

José Vieira Mendes

Jornalista, crítico de cinema e programador. Licenciado em Comunicação Social, e pós-graduado em Produção de Televisão, pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa. É actualmente Editor da Magazine.HD (www.magazine-hd.com). Foi Director da ‘Premiere’ (1999 a 2010). Colaborou no blog ‘Imagens de Fundo’, do Final Cut/Visão JL , no Jornal de Letras e na Visão. Foi apresentador das ‘Noites de Cinema’, na RTP Memória e comentador no Bom Dia Portugal, da RTP1.  Realizou os documentários: ‘Gerações Curtas!?’ (2012);  ‘Ó Pai O Que É a Crise?’ (2012); ‘as memórias não se apagam’  (2014) e 'Mar Urbano Lisboa (2019). Foi programador do ciclo ‘Pontes para Istambul’ (2010),‘Turkey: The Missing Star Lisbon’ (2012), Mostras de Cinema da América Latina (2010 e 2011), 'Vamos fazer Rir a Europa', (2014), Mostra de Cinema Dominicano, (2014) e Cine Atlântico, Terceira, Açores desde 2016, até actualidade. Foi Director de Programação do Cine’Eco—Festival de Cinema Ambiental da Serra da Estrela de 2012 a 2019. É membro da FIPRESCI.

José Vieira Mendes has 485 posts and counting. See all posts by José Vieira Mendes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *