O Senhor dos Anéis: Os Anéis do Poder © Prime Video

Os Anéis do Poder | O que queremos saber

“Os Anéis do Poder” chegou ontem ao fim com um episódio cheio de emoções fortes que confirmou algumas teorias… mas deixou muitas outras perguntas.

“O Senhor dos Anéis: Os Anéis do Poder” apresentou ontem o final da primeira temporada. O oitavo episódio, adequadamente intitulado “Alloyed” (ato de misturar para se obter o resultado final), foi uma autêntica montanha-russa de emoções que confirmou algumas teorias (com direito a mais easter eggs de “A Irmandade do Anel” e “O Hobbit”), que por sua vez ainda nos deixaram com mais questões. Se nos tens acompanhado, sabes que temos vindo a discutir elementos e teorias da produção da Amazon. Pois bem, chegou a altura de avaliarmos onde é que este final nos deixou!

Spoiler Alert! A partir daqui iremos discutir partes do último episódio! 

Em primeiro lugar, sabemos que a multimilionária produção da Amazon não tem agradado a todos – como Gandalf diria “fool of a Took!” No entanto, este artigo não será a crítica da série, essa seguirá daqui a uns dias (fica atent@!), mas uma análise deste último episódio que começou logo com um “pequeno susto.” Patrick McKay e John D. Payne, criadores da série, não pouparam tempo e abriram logo as hostilidades ao revelar a enigmática identidade de O Estranho (Daniel Weyman), ou pelo menos assim pensamos durante alguns instantes. Até porque era uma das possibilidades que havíamos discutido.

O Senhor dos Anéis anéis do poder
Os seres místicos e o Estranho | © Prime Video

Contudo, momentos depois fomos provados “meio-errados”, uma vez que a personagem não era o Senhor das Trevas, mas sim Gandalf. Sabemos que o nome do Branco não chegou a ser pronunciado, mas temos cerca de 97% de certeza que será ele. Isto, porque para além das pistas mais óbvias, como o nome “Istar”, que o próprio explica significar “sábio” ou “feiticeiro”, o que realmente revelou a sua identidade foi parte do seu discurso para Nori (Markella Kavenagh). Se te recordas, quando a dupla se está a preparar para partir, O Estranho diz duas frases à jovem harfoot:

Às vezes, os nossos caminhos são decididos por poderes maiores do que nós. Nesses momentos, devemos levar os pés aos lugares aonde os nossos corações não desejam ir. Independentemente dos riscos.”

e

Quando tens dúvidas, Elanor Brandyfoot, segue sempre o teu nariz”

Ora, estas frases podem parecer inocentes, mas a verdade é que – mais letra, menos letra – as mesmas foram proferidas por Gandalf em “O Hobbit” e “O Senhor dos Anéis.” A segunda, tirando o nome de Nori, é uma transcrição direta do que o feiticeiro diz dentro das minas de Moria quando não sabe que direção tomar, em “A Irmandade do Anel”. Por isso, e tendo em conta todo o contexto, será um grande twist se O Estranho revelar ser outra personagem. Ainda assim, a runa que desenha permanece por explicar…

Lê Também:
Prime Video em Outubro | As nossas sugestões

Em oposição à Luz, temos as Trevas, que como o irmão de Galadriel explicou logo no primeiro episódio, só depois de vermos uma somos capazes de reconhecer a outra. E, se McKay e D. Payne foram mais cuidadosos com a identidade de O Estranho, o mesmo já não podemos dizer de Halbrand (Charlie Vickers). Desde que surgiu, que esta personagem tem levantado dúvidas sobre a sua verdadeira origem e intenções. Contudo, antes de confirmarmos e analisarmos o óbvio, vamos começar por falar de uma outra personagem: Adar (Joseph Mawle) – que a grande maioria pensou ser Sauron.

Os Anéis do Poder
Sauron | © Prime Video

A origem dos Orcs pode ser encontrada em “O Silmarillion,” a obra de Tolkien que remete para a Primeira Era do Mundo. Nele, é descrito que Morgoth raptou alguns elfos quando estes primeiro acordaram na Terra-Média, antes dos Valar encontrarem os primeiros “filhos” de Ilúvatar. Submetidos à magia negra, os mesmos foram transformados em criaturas horríveis que serviam Morgoth e, mais tarde, o próximo Senhor das Trevas, Sauron. “Os Anéis do Poder” exploram um pouco esta história, na cena entre Galadriel (Morfydd Clark) e Adar, já que o segundo foi o primeiro de uma dessas criaturas. O que não ficou totalmente claro foi o “porquê” ou o “como” é que Adar acredita ter morto Sauron. Terá sido apenas por o Senhor das Trevas estar disposto a sacrificar a sua raça sem olhar a meios? Teremos de esperar pela segunda temporada.

Lê Também:
Os Anéis do Poder | A História da Terra Média

Regressando a Halbrand, não restam dúvidas de que ele é Sauron, o (segundo) Senhor das Trevas. Como explicamos neste artigo, ele era Mairon, um dos seres Maia, aprendiz de Aulë, o Ferreiro (Valar), um dos mais exímios na sua arte. Isto justifica o seu conhecimento perante Celebrimbor (Charles Edwards). Aqui existe uma alusão direta à obra de Tolkien, quando Halbrand diz que a sua sugestão é um “presente” (gift), remetendo para Annatar, o Senhor dos Presentes, um disfarce de Sauron. Após Galadriel o confrontar, Halbrand desaparece de Eregion, não chegando a ver os Três Anéis, os únicos que o Senhor das Trevas nunca chega a ter poder sobre. Este momento é igualmente um dos que mais difere dos livros, visto que Tolkien escreveu que os Anéis dos Elfos foram os últimos a ser feitos e não os primeiros. Contudo, fica ainda por descobrir como os restantes Anéis do Poder serão forjados (incluindo o O Anel), pelo que é possível que Sauron regresse.

anéis do poder
Celebrimbor e Elrond aquando o momento do forjar dos Anéis | © Prime Video

Partindo agora para o reino dos Homens, e como sabemos pelos livros, é impossível que Isildur (Maxim Baldry) esteja morto. A menos que a série pretenda tomar um rumo totalmente novo. Mesmo que não tenhas lido as obras de Tolkien, se viste a trilogia de Peter Jackson sabes que é Isildur que acompanhou Elrond até à Montanha da Perdição (Mount Doom), o único lugar onde O Anel pode ser destruído. Por isso, o filho de Elendil (Lloyd Owen) tem de estar vivo. Dado que a primeira temporada esteve recheada de alusões à “Irmandade do Anel”, é possível a segunda já tenha elementos de “As Duas Torres.” Assim sendo, seria um verdadeiro easter egg se fosse Berek a salvar Isildur, da mesma forma que Brego resgatou Aragorn.

Infelizmente, é possível tenhamos de esperar até 2024 para vermos a segunda temporada de “O Senhor dos Anéis: Os Anéis do Poder.” Até ao momento, foi confirmado um total de cinco temporadas para a série.

TRAILER | ESTAVAS À ESPERA DESTE DESFECHO EM OS ANÉIS DO PODER?

Concordas com as nossas teorias? Que elementos gostarias de ver na segunda temporada?

Inês Serra

Cresci a ir ao cinema, filha de pais que iam a sessões duplas...Será genético? Devoro livros e algumas séries. Fã incondicional do fantástico e do sci-fi. Gostaria de viver todos os dias com o mote Spielbergiano - "I dream for a living"

Inês Serra has 1003 posts and counting. See all posts by Inês Serra

One thought on “Os Anéis do Poder | O que queremos saber

  • Será mesmo o Estranho Gandalf? Não poderá ser um outro feiticeiro? Que também fumava folhas dos Hobbits? Tinha uma voz poderosa como a do Estranho?
    Seja ele Gandalf ou Saruman penso ser uma jogada de mestre a série deixar-nos a adivinhar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.