"O Diário da Nossa Paixão"

Os Melhores Filmes Para Chorar

[tps_header]

Filmes são feitos para nos dar emoções, boas ou más. Fica aqui uma lista dos melhores filmes para chorar.

[/tps_header]

25 – ADEUS, MR. CHIPS (1939)

adeus mr chips filmes para chorar
“Adeus, Mr. Chips”

O amado professor britânico Sr. Chips é um homem gentil pela maneira como conforta um pequeno rapaz, quando este está a caminho do internato pela primeira vez. Chips passou muitos Verões sozinho mas quando encontra o amor com Katherine ficamos felizes. Mas a partir daí tudo desaba quando ela morre ao dar à luz e Chips vagueia até à sua sala de aula, onde ele se senta completamente atordoado.




24 – CHARLY (1968)

charly filmes para chorar
“Charly”

Baseado no livro de Daniel Keyes, “Flores para Algernon”, “Charly” conta a história de Charlie Gordon, um homem com dificuldades em aprendizagem que nem sabe escrever o seu próprio nome. Uma cirurgia radical o torna num génio capaz de conquista uma professora, Alice. Mas o relacionamento fica em perigo quando se descobre que os efeitos da cirurgia são temporários e Charlie começa a regressar ao seu estado anterior. O momento do filme que nos deixa a chorar é quando Alice pede a Charlie que se case com ela ou que a deixe ficar com ele até quando conseguir. Mas Charlie não consegue aguentá-la durante muito tempo.




23 – O CLUBE DA SORTE E DA ALEGRIA (1993)

o clube da sorte e da alegria filmes para chorar
“O Clube da Sorte e da Alegria”

Este filme conta a história de 4 mulheres chinesas e as suas relações difíceis com as suas filhas, baseado na adaptação do livro de Amy Tan. Este filme mostra as vidas das mães, com violência doméstica, casamentos em crianças e infanticídio, e as das filhas, com casamentos sem amor, racismo e falta de ligação com as suas mães. O momento que traz lágrimas aos olhos é quando vemos um flashback de Suyuan que se viu obrigada a abandonar as suas gémeas à beira da estrada quando fugia da invasão de Guilin.




22 – COMPANHEIROS DE SEMPRE (1990)

companheiros de sempre filmes para chorar
“Companheiros de Sempre”

Este filme passa-se na década de 80 nos Estados Unidos onde há um pico de homens homossexuais que contraíram SIDA, mas tudo começa com uma peça do The New York Times que identifica o “cancro gay” que iria devastar a comunidade homossexual. O momento mais triste do filme é quando uma das personagens, Davidson, diz ao seu amante para o deixar, tornando o processo da morte numa linda colaboração entre os dois.




21 – FLORES DE AÇO (1989)

flores de aço filmes para chorar
“Flores de Aço”

“Flores de Aço” conta a história de um grupo de mulheres que lidam com mexericos, amor, perda e idas ao cabeleireiro. Sally Field é uma mãe que tem que lidar com a sua filha diabética (Julia Roberts) quando esta começa a sua própria família, sofre insuficiência renal e acaba em coma. O momento mais triste do filme é quando Field, acompanha pelas suas amigas, se encontra na campa da sua filha e passa de uma raiva histérica para uma calma glacial.




20 – O PECADO DAS MÃES (1937)

o pecado das maes filmes para chorar
“O Pecado das Mães”

Esta filme conta a história de Stella Dallas (Barbara Stanwyck) que é um embaraço para o seu marido que vem da classe alta. O único triunfo dela é a sua filha, Laura, que retribui o amor da sua mãe. Stella faz um sacrifício pela filha em a convencer a filha a viver com o seu pai e a sua nova noiva, pois este pode-lhe dar melhores oportunidades. O momento de lágrimas é quando Stella está na rua, à chuva, a ver o casamento da sua filha.




19 – GENTE VULGAR (1980)

gente vulgar filmes para chorar
“Gente Vulgar”

Timothy Hutton ganhou um Óscar com o seu primeiro papel em filme de um jovem com tendências suicidas traumatizado pelo acidente que matou o seu irmão mais velho. O que contrasta mesmo é a personagem de Mary Tyler Moore, como uma mulher obcecada com a sua imagem e que não aceita que a sua família esteja a desmoronar depois da morte do seu filho favorito. O momento de lágrimas é quando Hutton está numa sessão de terapia com Judd Hirsch, em que falam do acidente, onde esta pergunta o que é que ele fez de mal no dia do acidente ao qual Hutton responde que foi se ter segurado.




18 – LOVE STORY (1970)

love story filmes para chorar
“Love Story”

O filme escrito por Erich Segal conta a história de dois amantes, que são muito diferentes, que vêem o seu amor ser testado por cancro, tudo quando ambos têm 24 anos. O momento de lágrimas é quando ela descobre que o seu cancro é terminal e diz ao seu marido que só o quer a ele e que quer tempo, algo que ele não lhe vai puder dar.




17 – TEMPO DE GLÓRIA (1989)

tempo de gloria filmes para chorar
“Tempo de Glória”

“Tempo de Glória” conta a história do primeiro regimento afro-americano durante a Guerra Civil, constituída por homens livres e escravos que fugiram. Este filme não é só uma lição sobre a história americana, é uma lembrança de que existem coisas pelas quais vale a pena morrer. O momento de lágrimas é quando o grupo entra em combate e um soldado branco lhes dá apoio quando o grupo marcha para a sua inevitável morte.




16 – TITANIC (1997)

titanic filmes para chorar
“Titanic”

“Titanic” tinha que fazer parte desta lista. Desde a história de amor entre duas pessoas muito diferentes ao drama do que aconteceu ao navio Titanic. Mas momento que traz lágrimas aos olhos é quando Jack está a morrer nas águas geladas do Atlântico e ele professa o seu amor por Rose. Depois ela larga a sua mão e ele desaparece no oceano.




15 – A VIDA É BELA (1997)

a vida e bela filmes para chorar
“A Vida É Bela”

Roberto Benigni é o realizador/argumentista/ator deste filme que conta a história de uma pai que tenta proteger o seu filho dos horrores de um campo de concentração dizendo-lhe que tudo não passa de um jogo muito elaborado. O momento de lágrimas é quando Benigni convence o seu filho a se esconder num armário de metal até não estar ninguém à volta, aí o pai passa pelo armário com armas apontadas a ele e ele finge ser um soldado para não alarmar o seu filho. Mas nada prepara os tiros que se seguem.




14 – KRAMER CONTRA KRAMER (1979)

kramer contra kramer filmes para chorar
“Kramer contra Kramer”

Este filme conta a história de um homem, Ted Kramer (Dustin Hoffman), cria o filho (Justin Henry) sozinho depois da sua mulher, Joanna (Meryl Streep), os ter deixado para se encontrar. Mas quando Joanna decide que quer o seu filho de volta tudo se complica. O momento de lágrimas é quando, durante uma audiência para a custódia da criança, Ted suplica à ex-mulher para não levar o filho.




13 – BREVE ENCONTRO (1945)

breve encontro filmes para chorar
“Breve Encontro”

O filme de David Lean conta a história de duas pessoas casadas que se conhecem num café na estação de comboios e não conseguem resistir um ao outro e embarcam num caso amoroso, encontrando-se uma vez por semana durante um mês. A história é contada por Laura (Celia Johnson) quando ela se senta à lareira com o seu marido e imagina que confessa tudo, depois dos amantes se terem despedido. O momento de lágrimas é quando nos últimos dias juntos, Alec diz a Laura que a vai sempre amar.




12 – O RAPAZ E O CÃO (1957)

o rapaz e o cao filmes para chorar
“O Rapaz e o Cão”

Quando um cão rafeiro aparece à porta de uma família pobre, este lhe dão o nome de Yeller, este torna-se num leal companheiro e protetor da família. Yeller fica muito próximo do pequeno Travis. O momento de lágrimas é quando Yeller protege a família de um lobo raivoso, mas este fica infetado e Travis vai ter que o matar.




11 – O DIÁRIO DA NOSSA PAIXÃO

o diario da nossa paixao filmes para chorar
“O Diário da Nossa Paixão”

Este é outros dos filmes mais conhecidos para chorar, mesmo tendo uma história simples sobre uma rapariga (Rachel McAdams) e um rapaz (Ryan Gosling) que se apaixonam mas têm muita gente que não os querem ver juntos. Mas o momento que traz as lágrimas é quando a velha Allie (Gena Rowlands) realiza que a história que o seu velho amigo Duke (James Garner) está a contar é sobre eles.




10 – CAMPOS DE SONHOS (1989)

campos de sonhos filmes para chorar
“Campos de Sonhos”

O filme de Phil Alden Robinson conta a história de Ray (Kevin Costner) que faz um campo de basebol no seu campo de milho, conhece os seus heróis de infância e é oferecido uma reunião com o seu pai. O momento de lágrimas é quando o pai de Ray aparece no campo de milho para jogar um jogo de basebol com o filho.




9 – GHOST – ESPÍRITO DO AMOR (1990)

ghost filmes para chorar
“Ghost – Espírito do AMor”

Este filme é sobre perder alguém que se ama num ato de violência sem sentido, desde o momento em que Demi Moore segura o corpo de Patrick Swayze nos seus braços, até Swayze ver Moore estar vulnerável à frente do homem que o matou. O momento de lágrimas é quando Swayze está quase a ser levado para o outro mundo e ele se despede de Moore com um beijo.




8 – E.T. – O EXTRA-TERRESTRE (1982)

et filmes para chorar
“E.T. – O Extra-Terrestre”

Este pequeno alien era como muitos outros que apareceram antes dele, curioso, super-inteligente e com poderes mágicos. Mas esta pequena criatura era tão humana que doeu quando Steven Spielberg acabou por matar o pequeno alien, sendo esse momento que traz lágrimas aos olhos mesmo quando o pequeno alien ressuscita e descobre o seu caminho para casa.




7 – BRIAN’S SONG (1971)

brian's song filmes para chorar
“Brian’s Song”

Sim, este filme foi feito para a televisão. Mas este filme, vencedor de Emmy, conta a história de amor entre dois homens, baseado no verdadeiro drama dos jogadores dos Chicago Bears Brian Piccolo e Gale Sayers. A relação entre os dois fica ainda mais fortalecida quando Piccolo descobre que tem cancro. O momento mais emocional é quando Sayers aceita um prémio e o dedica ao seu amigo, dizendo que o ama.




6 – O SEGREDO DE BROKEBACK MOUNTAIN (2005)

brokeback mountain filmes para chorar
“O Segredo de Brokeback Mountain”

O filme de Ang Lee conta a história do cowboy Ennis Del Mar (Heath Ledger) que se apaixona por outro cowboy, Jack Twist (Jake Gyllenhaal), mas não consegue assumir o relacionamento. O momento de lágrimas é quando Ennis segura a velha camisa de Jack depois deste ter morrido.




5 – DO CÉU CAIU UMA ESTRELA (1946)

its a wonderfull life filmes para chorar
“Do Céu Caiu Uma Estrela”

O filme de Frank Capra conta a história de um anjo em treino, Clarence, que tem de salvar a alma George Bailey, mostrando-lhe como seria a vida da sua família e da cidade sem ele. O momento de lágrimas é quando as cidadãos da cidade ajudam a pagar a dívida de Bailey.




4 – O GRANDE AMOR DA MINHA VIDA (1957)

an affair to remember filmes para chorar
“O Grande Amor da Minha Vida”

Este filme conta a história de Nicky (Cary Grant) e Terry (Deborah Kerr) que se apaixonam no caminho de volta para o Estados Unidos e combinam encontrarem-se seis meses depois no topo do Empire State Building, mas Terry é atropelada quando vai a caminho e Nicky fica à espera sem se perceber das sirenes a tocarem. Terry pode nunca mais andar mas ela insiste em que Nicky não saiba o que aconteceu até ela poder conseguir estar de pé para o cumprimentar. O momento de lágrimas é quando Nicky a confronta mas Terry recusa a contar a verdade e só quando Nicky vai para a deixar para sempre é que ele se apercebe do que aconteceu.




3 – A ESCOLHA DE SOFIA (1982)

a escolha de sofia filmes para chorar
“A Escolha de Sofia”

Este filme mostra a vida de Sofia (Meryl Streep), uma mulher que é assombrada pela culpa e tristeza de ter sobrevivido ao Holocausto. Não se chora por Sofia ter morrido jovem, mas por ter sofrido durante tanto tempo. No entanto o momento de lágrimas é quando Sofia se lembra do momento em que um Oficial Nazi a força a escolher qual dos seus filhos ela salva e qual manda para o campo de concentração.




2 – BAMBI (1942)

bambi filmes para chorar
“Bambi”

“Bambi” é daqueles filmes que toca em todos os momentos importantes do circulo da vida, sendo mesmo inspiração para outro filme similar com “O Rei Leão”. Mas o momento que tocou todos os que viram este filme quando eram crianças foi quando a mãe de Bambi é morta.




1 – LAÇOS DE TERNURA (1983)

laços de ternura filmes para chorar
“Laços de Ternura”

A grande estrela de “Laços de Ternura” foi o jovem Huckleberry Fox, que fez de Teddy, o filho mais novo de Debra Winger que sofre de cancro. No entanto, o trabalho de James L. Brooks também é de louvar que adaptou a obra de Larry McMurtry, realizou e produziu o filme que ganhou 3 Óscar. Mas o momento mais emocional do filme é quando a mãe não consegue pagar as compras do supermercado e Fox deixa o seu carro e diz que não precisa dele.

[tps_footer]

Lê Também:   30 Filmes de Verão para levar na Mala nas Férias

Já viste algum destes filmes? Ou vais ver?

[/tps_footer]



Também do teu Interesse:


About The Author


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *