O vestuário de Os Oito Odiados | General Smithers e Joe Gage

 

Em Os Oito Odiados, os figurinos de Bruce Dern e Michael Madsen definem as suas figuras como dois doentios arquétipos da cultura americana, o heroico veterano de guerra e o cowboy dos clássicos de Hollywood.

 

<< Major Warren e Xerife Mannix | Oswaldo Mobray e Bob >>

 

Com Os Oito Odiados, Tarantino propôs-se mais uma vez a explorar as hipocrisias da sociedade americana a partir do género western. Ao contrário de Django Libertado, este filme situa-se nos anos que se seguiram à guerra de secessão americana pelo que a figura do General sulista Sandy Smithers (Bruce Dern) é, no momento específico da narrativa, uma imagem de uma cultura derrotada, uma cultura que baseou a sua prosperidade em trabalho escravo e numa profunda injustiça humana.

Os Oito Odiados

Como este é um filme de Quentin Tarantino, a subtileza não tem grande lugar nas edificações estéticas, pelo que Sandy se apresenta vestido com o seu antigo uniforme militar dos Confederados. A simbologia não podia ser mais clara ou mais antagonisticamente violenta. Este homem é um monumento a uma época passada, um fóssil enraivecido e amargo, um veterano de guerra que, ao contrário do que é normal na tradição americana, não é tanto apresentado como uma figura heroica do que como algo odioso e repugnante.

Os Oito Odiados

As referências visuais do figurino de Bruce Dern são, consequentemente, maioritariamente enraizadas no tecido da história dos EUA, enquanto no caso de Michael Madsen, as referências visuais estão longe de serem um artefacto histórico do século XIX, mas sim uma homenagem à imagem criada pelos primeiros westerns cinematográficos, um género que, inicialmente, se baseava intrinsecamente em descaradas celebrações de racismo e violentos preconceitos americanos.

Os Oito odiados

Joe Gage, a personagem de Michael Madsen, tem uma imagem bastante presa aos arquétipos visuais do clássico cowboy de Hollywood. Segundo Hoffman, a intenção era que Madsen parecesse um brinquedo de um cowboy acabado de sair da caixa, perfeitamente clássico e dependente de uma iconografia tão convencional que é quase subversivo.

Lê Também: Top 10 Tarantino | 2. Os fatos pretos dos Cães Danados

As parecenças da sua figura com a de John Wayne são difíceis de ignorar, mas a figurinista insistiu em várias entrevistas que tal foi uma parecença acidental. Mesmo assim, é inegável como situar uma figura reminiscente de John Wayne numa homenagem aos westerns de outrora seria algo deliciosamente apropriado para um filme de Quentin Tarantino.

Os Oito Odiados

O final duo destes Oito Odiados, que te espera na próxima página, está longe das iconografias intrinsecamente americanas destes dois. Vai para a página seguinte e confirma!

 

<< Major Warren e Xerife Mannix | Oswaldo Mobray e Bob >>

 

Cláudio Alves

Licenciado em Teatro, ramo Design de Cena, pela Escola Superior de Teatro e Cinema. Ocasional figurinista, apaixonado por escrita e desenho. Um cinéfilo devoto que participou no Young Critics Workshop do Festival de Cinema de Gante em 2016. Já teve textos publicados também no blogue da FILMIN e na publicação belga Photogénie.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *