Top 10 Tarantino | 9. O uniforme de colegial de Gogo Yubari

 

<< 10. O fato de Big Daddy | 8. O vestido vermelho de Shosanna >>

 

Com o seu uniforme de colegial japonesa, Gogo Yubari é como uma personagem de anime que ganhou vida em Kill Bill Vol. 1 de Quentin Tarantino.

 

Filme em que apareceu: Kill Bill – A Vingança (Vol. 1) (2003)

Atriz que vestiu: Chiaki Kuriyama

Figurinistas: Catherine Marie Thomas e Kumiko Ogawa

 

Quentin Tarantino Kill Bill Gogo Yubari

Para além de ser uma fabulosa homenagem aos filmes de artes marciais que marcaram a década de 70, Kill Bill Vol. 1 também deve grande parte do seu estilo a alguns dos mais ousados filmes do cinema japonês, incluindo anime. Sendo assim, não será de admirar que uma das antagonistas do primeiro volume da narrativa de vingança de Beatrix Kiddo seja basicamente um cliché da animação japonesa personificada.

Lê Também: Kill Bill: A Vingança 1 e 2 | Blu-Rays em Análise

Gogo Yubari é uma das mais formidáveis guerreiras às ordens de O-Ren Ishii, mas a sua aparência estabelece um fascinante contraste com a sua implacável paixão por carnificina. Vestida como uma colegial, Gogo é uma perfeita imagem de inocência feminina fetichizada e tornada objeto sexual, uma repugnante construção de erotismo à base de ideias de vulnerabilidade jovem. No entanto, o seu uniforme completo com uma minúscula saia torna-se por si mesmo uma arma desta guerreira, sendo que ela mesma representa uma formidável subversão destas ideias de objetificação ao esfaquear um homem que a aborda num bar.

Quentin Tarantino Gogo Yubari Kill Bill

Essa cena específica é uma referência a Battle Royale, onde a personagem interpretada por Chiaki Kuriyama, a atriz que encarna Gogo, faz o mesmo. Sendo assim, este figurino não é simplesmente uma subversão de imagens icónicas da cultura pop japonesa mas também mais um elemento de referencialidade cinematográfica a acrescentar à infinidade de outras homenagens feitas por Tarantino neste filme. Para além disso, o seu maço e corrente são ainda outra referência, desta vez ao manga Sukeban Deka, que também já foi adaptado ao cinema.

Quentin Tarantino Gogo Yubari Kill Bill

 

<< 10. O fato de Big Daddy | 8. O vestido vermelho de Shosanna >>

 

Cláudio Alves

Licenciado em Teatro, ramo Design de Cena, pela Escola Superior de Teatro e Cinema. Ocasional figurinista, apaixonado por escrita e desenho. Um cinéfilo devoto que participou no Young Critics Workshop do Festival de Cinema de Gante em 2016. Já teve textos publicados também no blogue da FILMIN e na publicação belga Photogénie.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *