Netflix © 2023

Estas 4 séries da Netflix conquistaram o público mas não convenceram os críticos

A Netflix divulgou recentemente a lista das séries mais vistas do primeiro semestre de 2023. Algumas destacam-se por não terem convencido os críticos.

Avaliar as preferências do público com base nas horas que os utilizadores dedicam a um determinado conteúdo é talvez o barómetro mais eficaz. No entanto, a Netflix, até agora e ao contrário do que acontece com outros serviços de streaming, costumava manter estes dados secretos, limitando-se a oferecer informações gerais por meio de Top 10s globais e por país.

Lê Também:   Os 8 melhores filmes de ficção científica da Netflix

No entanto, desde o passado dia 12 de dezembro, a plataforma começou a divulgar relatórios mais detalhados, incluindo o total de horas vistas em cada programa. Assim, os dados revelados pela Netflix relativos ao primeiro semestre de 2023 mostram uma tendência interessante: os assinantes não deram prioridade às séries elogiadas pela crítica.

Lê Também:   Há um filme português a caminho dos Óscares 2024 | Os Finalistas da Academia

Prova disso mesmo é que entre as dez séries mais vistas da Netflix em todo o mundo nos primeiros seis meses do ano, há quatro que se destacam por não terem sido do particular agrado dos críticos do Rotten Tomatoes, conseguindo apenas entre os 49% e os 60% de aprovação dos críticos.

GINNY E GEORGIA – TEMPORADA 2 – 60%

A mais recente temporada desta série dramática da Netflix continuou a história da primeira, mantendo assim o foco da relação de amor-ódio entre mãe e filha. Como pode uma pessoa viver com o conhecimento de que a mãe é uma assassina? É isso que Ginny vai ter de descobrir.

Lê Também:   Filme muito aguardado e favorito aos Óscares acaba de estrear na Netflix

Agora que carrega o fardo de saber que o padrasto não morreu de causas naturais, Ginny tem de lidar com o facto de que Georgia, a mãe, não só o matou, como o fez para a proteger. Já Georgia preferiria que fossem tudo águas passadas, até porque tem um casamento para planear. Mas o seu passado tem tendência a não ficar enterrado… Horas vistas: 665,1 milhões.




OUTER BANKS, TEMPORADA 3 – 56%

Reúne um jovem elenco, tendo como caras centrais Chase StokesMadison BaileyRudy PankowMadelyn Cline, Charles Esten, Drew Starkey, Jonathan Daviss, Carlacia Grant e Charles Halford. A história, criada por Jonas Pate, Josh Pate e Shannon Burke, segue um grupo de amigos, os Pogues, quando entram numa fascinante caça ao tesouro durante uma viagem de férias. Enquanto exploram as ilhas, enfrentam perigos, segredos obscuros e desenvolvem relações complexas. A série da Netflix combina elementos de mistério, ação e romance.

Lê Também:   Maestro, a Crítica | Bradley Cooper dá a conhecer a vida e obra de Leonard Bernstein

A última temporada começa num cenário de naufrágio. Os Pogues estão numa ilha remota que, por um breve momento, se assemelha a um refúgio idílico. Batizada de ‘Poguelândia’, a nova casa oferece dias de pesca, natação e um estilo de vida despreocupado. Contudo, a atmosfera muda rapidamente para John B, Sarah, Kiara, Pope, JJ e Cleo, à medida que se veem mais uma vez envolvidos na procura pelo tesouro, onde a corrida literal pela sobrevivência se torna imperativa. Horas vistas: 402,5.




FUBAR – 51%

Um pai e uma filha têm trabalhado como agentes da CIA durante anos, mas cada um deles manteve o seu envolvimento na CIA escondido do outro, resultando numa gigantesca mentira em toda a sua relação.

Ao descobrirem o envolvimento um do outro na CIA, os dois são forçados a trabalhar juntos como parceiros e, num cenário de ação explosiva e espionagem, aprendem quem realmente são. Nick Santora é o diretor de produção e produtor executivo. Arnold Schwarzenegger é o protagonista e produtor executivo. Horas vistas: 266,2 milhões.




CALEIDOSCÓPIO – 49%

Livremente inspirada na história verídica em que 70 mil milhões de dólares em títulos do tesouro desapareceram da baixa de Manhattan durante o furacão Sandy, a série é composto por oito episódios que nos contam uma história a começar 24 anos antes do golpe e a terminar seis meses depois do mesmo. Mas, o que realmente está a cativar as audiências um pouco por todo o mundo é a linha temporal da história…

Lê Também:   Os 4 melhores filmes de ficção científica da Netflix para ver em dezembro

Procurando aumentar a intriga e o suspense de forma ímpar, é possível começar por qualquer episódio e prosseguir no que desejar! Não há qualquer linha temporal obrigatória. Ainda assim, a Netflix sugere uma ordem. “Verde”, “Azul”, “Laranja”, “Violeta”, “Vermelho”, “Rosa” até chegar ao final épico da história, em “Branco”. Horas vistas: 252,5 milhões.

Viste alguma destas séries da Netflix?



Também do teu Interesse:


About The Author


One thought on “Estas 4 séries da Netflix conquistaram o público mas não convenceram os críticos

  • De entre estas séries, comecei a ver Fubar,
    por curiosidade relativamente à prestação de Arnold Schwarzenegger, mas a trama é fraca e banal. Até acho 51% demais. 40% seria mais adequado na minha opinião.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *