"Pai para Mim, Mãe para Ti" (1998) |©Walt Disney Pictures

TOP MHD 30 Filmes que marcaram os anos 90

Existem filmes no cinema desde cedo que se têm mostrado significativos e marcante para a sociedade. Os temas que marcavam esta época rapidamente geravam falatório depois de expostos no grande ecrã.

E, se atualmente vivemos o cinema intensamente, acreditamos que nos anos 90 não era diferente. Muito pelo contrário. Marcado por uma época cinematográfica de excelência, os anos 90 ficaram para sempre na história do cinema como filmes que não deixaram ninguém indiferente. As comédias animavam miúdos e graúdos, enquanto apresentavam ao mundo os próximos grandes nomes de Hollywood. As histórias de amor como “Titanic” estavam prestes a tornar-se em clássicos e referências para dramas que estariam prestes a aparecer. Os filmes de ação surgem com novas perspetivas, histórias e efeitos que simplesmente nos envolviam de uma forma incrível.

A grande verdade é que, com mais ou menos críticas, os anos 90 destacam-se no cinema por ser a época onde foram realizados filmes grandes e inspiradores. Filmes que ainda hoje servem de inspiração para muitos e que, aqui entre nós, estão na base de muitas obras atuais. Porque foram anos de brilhantes obras e excelentes histórias apresentamos-te o TOP 30 filmes que marcaram os anos 90.

JUVENTUDE INCONSCIENTE (1993)

Filmes
Juventude Inconsciente

Um dos clássicos dos anos 90 que juntou algumas das mais conhecidas estrelas dos nossos dias. Se “American Graffiti: Nova Geração” de George Lucas apontava a lente para a sociedade conservadora dos anos 50, Richard Linklater decidiu fazer o mesmo mas saltando uma geração. “Juventude Inconsciente” retrata os loucos anos 70, mais concretamente o ano de 1976. Cerveja, erva e Frampton Comes Alive são provavelmente as palavras que melhor descrevem este filme. Isso e as versões jovens de Milla Jovovich, Matthew McConaughey, Ben Affleck e Adam Goldberg.

Escrito por: Inês Nogueira



TITANIC (1997)

Filmes
Titanic

Um dos clássicos que marcou os anos 90 e que, ainda hoje, é referência do verdadeiro romance é “Titanic”. Produzido por James Cameron o filme conta com o brilhantismo de Leonardo DiCaprio e Kate Winslet.

Quando uma jovem de 17 anos Rose Bukater e o seu noive Cal Hockley embarcam no cruzeiro de luxo, Titanic, estavam longe de imaginar o que estava prestes acontecer. Rose, jovem e imprudente, conhece Jack e apaixona-se. A viagem rapidamente revelou ser atribulada mas ninguém podia imaginar que o destino final estava mais próximo do que esperado. Quando o barco bate num iceberg a luta pela sobrevivência torna-se real e Jack faz de tudo para salvar a mulher que conheceu e amava. E tudo ele fez, inclusive estar a seu lado no mar gélido com a garantia apenas que a sobrevivência de Rose era o suficiente para si.

Lê Também:
As maiores fontes de poder da ficção científica

“Titanic” foi e continua ainda hoje a ser um sucesso e esteve inclusive nomeado para 14 Academy Awards.

Escrito por: Beatriz Monteiro




MATRIX (1999)

Filmes
“Matrix”

Todos nos lembramos de Neo. Impossível esquecer. Mas sabias que The Wachowski Brothers que assinam “Matrix” são actualmente uma dupla de realizadoras? Lilly Wachowski e Lana Wachowski são os nomes das irmãs por detrás das câmaras do vencedor de quatro Óscares da Academia. “Matrix” foi um dos pioneiros, se não “O” pioneiro, no que toca a narrativas sobre realidades paralelas.

Escrito por: Inês Nogueira



PULP FICTION (1994)

Filmes
Pulp Fiction

“Pulp Fiction” é um clássico americano de 1994. Escrito por Quentin Tarantino o filme conta com John Travolta, Samuel L. Jackson, Bruce Willis, Ving Rhames, Uma Thurman e a nossa Maria de Medeiros nos papéis principais. O filme leva-nos para dentro das associações criminosas de Los Angeles. Inspirado nas pulp magazines e obras da época, “Pulp Fiction” marca a época pelas imagens de violência e diálogos fora do comum.

Escrito por: Beatriz Monteiro



AUSTIN POWERS – O AGENTE MISTERIOSO (1997)

Austin Powers
“Austin Powers: O Agente Misterioso”

Sabemos que estás provavelmente a perguntar porque raio decidimos colocar Austin Powers neste TOP. A verdade é que para o bem, ou para o mal, o agente secreto descongelado-na-época-errada está presente na memória de todos nós. A personagem imortalizada por Mike Myers conta a história do agente secreto Powers congelado nos anos 60 e descongelado na década de 90, aquando o reaparecimento do seu arqui-inimigo, Dr. Evil (também Myers). Até Madonna decidiu participar na sua banda-sonora com o tema “Beautiful Stranger”. “Yeah, baby!”

Escrito por: Inês Nogueira



JURASSIC PARK (1993)

Filmes
Jurassic Park

Se existe um filme que ainda hoje continua a ser inspiração para muitas obras é “Jurassic Park”.

Em 1990 a Universal Pictures comprou os direitos do livro de Michael Crichton muito antes de este ser publicado. O livro, que mais tarde viemos a saber ser sobre uma história de ficção cientifica, focava-se numa tentativa desastrosa de criar um Parque de Diversões com dinossauros clonados por parte de uma organização.

Lê Também:
TOP 100 Melhores Vilões do Cinema

“Jurassic Park” foi adaptado ao cinema pelas mãos do grande Steven Spielberg e rapidamente se tornou num sucesso. Desde 1993 que têm sido criadas várias sequelas do filme, videojogos, atracções em parques de diversões e, claro, merchandising para os verdadeiros fãs.

Escrito por: Beatriz Monteiro




SETE ANOS NO TIBETE (1997)

Filmes
“Sete Anos no Tibete”

“Sete Anos no Tibete” foi de facto um filme que marcou quer pela sua história de amizade, quer pela fotografia que acompanhou os cenários filmados por Jean-Jacques Annaud (“O Nome da Rosa”; “O Amante”). A longa-metragem narra a história verídica de Heinrich Harrer (Brad Pitt), um alpinista australiano, que se torna amigo de Dalai Lama, no período em que a China invadiu o Tibete.

Escrito por: Inês Nogueira



SILÊNCIO DOS INOCENTES (1991)

Filmes
O Silêncio dos Inocentes

“O Silêncio dos Inocentes”  é clássico thriller americano. O filme foi inspirado no livro de Thomas Harris e adaptado por Jonathan Demme e Ted Tally, que o tornaram numa obra cinematográfica que ainda hoje é falada.

Este é o segundo filme a apresentar-nos ao brilhante Hannibal Lecter e conta a história de Clarice Starling, uma jovem estagiária para o FBI que se junta ao Dr. Lecter para apanhar um criminoso. Claro que esse criminoso não é nada mais, nada menos do que Buffalo Bill.

Jodie Foster, Anthony Hopkins, Ted Levine e Scott Glenn protagonizam um dos mais marcantes filmes dos anos 90.

Escrito por: Beatriz Monteiro



SPICE WORLD (1997)

Filmes
Spice Girls

Nos anos 90 existia uma girl band que estava a revolucionar o mundo: as Spice Girls. Portanto, quando houve a oportunidade de colocar a banda no grande ecrã, Bob Spiers não podia perder essa oportunidade.

A história não é de uma complexidade enorme, mas marcou esta década por juntar duas artes como a música e o cinema. E, são poucos aqueles que não ouviram falar do filme ou da banda.

Sobre a história, esta acontece quando poucos dias antes do seu primeiro concerto em Londres as Spice Girls são abordadas por um realizador que quer, a todo o custo, fazer um documentário sobre a banda. O grupo vê-se numa enorme aventura que não deixa ninguém indiferente.

Escrito por: Beatriz Monteiro



GRANDES ESPERANÇAS (1998)

Filmes
“Grandes Expectativas”

Uma adaptação do romance homónimo de Charles Dickens, protagonizada por Ethan Hawke e Gwyneth Paltrow. Na altura, “Grandes Esperanças” foi retratada na respectiva época de lançamento, ou seja, nos anos 90. O tema central continua o mesmo: a história do amor de um homem por uma mulher inalcançável. Com Nova Iorque como pano de fundo, Hawke, um modesto pintor, apaixona-se por Paltrow, a rapariga de boas famílias. O romance entre ambos parece impossível até à chegada de um misterioso benfeitor…

Escrito por: Inês Nogueira



ROMEU + JULIETA (1996)

Filmes
Romeu + Julieta

A história de amor de Romeu e Julieta não é estranha para os verdadeiros românticos. A versão de Baz Luhrmann da obra literária de William Shakespeare é uma versão contemporânea da história de amor.

A acção desenrola em Verona Beach onde os Montequio e os Capuleto são duas família rivais no que diz respeito aos negócios e à empresa “Sword”. No entanto, os diálogos e os versos mantém-se tal como os conhecemos.

Escrito por: Beatriz Monteiro



A LISTA DE SCHINDLER (1993)

Filmes
“A Lista de Schindler”

O vencedor de sete Óscares da Academia, e provavelmente um dos melhores filmes de Steven Spielberg (e de todos os tempos). “A Lista de Schindler” surpreendeu tudo e todos com a história de Oskar Schindler, um empresário ganancioso alemão que, durante o Holocausto, mostrou compaixão aos judeus. Schindler acabou por salvar a vida a perto de 1.100 judeus. Spielberg foi majestoso do início ao fim, com arrebatadoras imagens a preto e branco de um dos períodos mais negros da história do Homem. Curiosamente, se viajares até à Polónia, e visitares a antiga fábrica de Schindler, irão contar-te uma história um tanto ao pouco diferente da versão de Spielberg…

Escrito por: Inês Nogueira



PAI PARA MIM MÃE PARA TI (1998)

Filmes
Parent Trap

Lindsay Lohan surpreendeu Hollywood no remake do clássico de 1961 “Pai para mim, Mãe para ti”. A história sobre duas gémeas que são separadas à nascença é conhecida de muitos de nós. Annie e Hallie acabam por se encontrar no mesmo acampamento e perceber que são irmãs.

As duas organizam um plano para que troquem de viva e fiquem a conhecer o resto da sua família. Mais tarde o plano passa a ser juntar os pais que, depois de tantos anos, continuam apaixonados um pelo outro.

Escrito por: Beatriz Monteiro



BELEZA ROUBADA (1996)

Filmes
“Beleza Roubada”

Para muitos este é considerado um dos melhores filme de Liv Tyler. “Beleza Roubada” conta a história de uma adolescente americana de 19 anos que, após o suicídio da sua mãe, viaja até ao sol da Toscana à procura do seu pai… e da sua primeira experiência sexual. O filme é da autoria de Bernardo Bertolucci que nos trouxe filmes como “O Último Imperador”, “O Pequeno Buda” ou “Os Sonhadores”.

Escrito por: Inês Nogueira



FORREST GUMP (1994)

Filmes
Forrest Gump

“Run Forrest, Run!” é uma das mais emblemáticas frases do cinema e é ainda hoje bastante conhecida. Foi popularizada em 1994 com o filme “Forrest Gump”. Forrest é um jovem com baixo QI e com problemas mentais, mas a quem toda a vida foram incutidos excelentes valores morais.

Depois de ser humilhado em criança, Forrest acaba por estar presente em todos os momentos importantes da sua era.

Lê Também:
Netflix em Julho | Os filmes que recomendamos

Desde conhecer Kennedy, John Lennon e tornando-se num herói americano o jovem percebe que não são as suas limitações que o vão impedir de ser quem quer.

Escrito por: Beatriz Monteiro



O FEITIÇO (1996)

O Feitiço 1996
“O Feitiço”

Quem foi adolescente ou pré-adolescente nos anos 90 teve um ‘contacto’ muito próximo com bruxas e vampiros. Provavelmente, o equivalente à carga de zombies e monstros que temos hoje. “O Feitiço”, embora não seja um filme de excelência, foi de certeza um visionamento comum para quem hoje está na casa dos 26-35 anos, mais coisa menos coisa. Protagonizado por Robin Tunney, que recentemente vimos na série “The Mentalist”, e Fairuza Balk, que enquadram um grupo de adolescentes com poderes muito especiais numa escola católica.

Escrito por: Inês Nogueira



JUMANJI (1995)

Filmes
Jumanji

É certo que muitos de nós já viram “Jumanji”. O filme de 2017, no entanto este é uma sequela do filme de 1995.

Na sua versão original, é um jogo de tabuleiro que se cruza no caminho de Peter e Judy. Enquanto passeavam numa antiga mansão os dois irmãos encontram o jogo e rapidamente percebem que têm que o jogar até ao fim. É aí que conseguem libertar Alan Parrish, um homem que estava preso dentro do jogo há décadas.

Escrito por: Beatriz Monteiro



FORÇAS DA NATUREZA (1999)

Filmes
“Forças da Natureza”

Nos anos 90, parece que todos queriam trabalhar com Sandra Bullock. Se pensares bem, de certeza que a atriz apareceu em (quase) todos os filmes que imaginaste. “Forças da Natureza” não foi excepção. O filme conta a história de dois desconhecidos, Bullock e Ben Affleck, que vêm o seu voo cancelado, obrigando-os a arranjar uma nova forma de chegarem ao seu destino.

Escrito por: Inês Nogueira




10 COISAS QUE ODEIO EM TI (1999)

Filmes
10 Coisas que Odeio em Ti

Na década de 90, o cinema estava a ser marcado pelo surgimento de incríveis atores. E, infelizmente, no caminho fomos perdendo alguns talentos como é o caso de Heath Ledger, protagonista da comédia romântica “10 Coisas que Odeio em Ti”.

As irmãs Bianca e Katharina não podiam ser mais diferentes. Mas o pai tem regras rígidas e avisa Bianca que só poderá sair quando a irmã também for. Por isso a mais jovem das Stratford decide pedir ajuda a Cameron que vai contratar Patrick Verona, Heath Ledger, para seduzir Kate e fazer com que as duas tenham mais liberdade.

Lê Também:
Os Melhores Filmes Para Chorar

Mas, claro, Katharina acaba por descobrir tudo demasiado tarde uma vez que já está apaixonada pelo rebelde.

Escrito por: Beatriz Monteiro




MAGIA E SEDUÇÃO (1998)

Filmes
“Magia e Sedução”

Enquanto criança dos anos 90, penso que este foi um dos filmes (depois dos da Disney) que mais vezes vi. Não sei se a ti também te aconteceu o mesmo. “Magia e Sedução” contava com Sandra Bullock e Nicole Kidman, enquanto irmãs pertencentes a uma linhagem de bruxas amaldiçoadas, as Owen. Qualquer homem que se apaixonasse por uma Owen estava destinado a morrer. Depois de umas quantas peripécias e uma morte, Bullock e Kidman conseguem quebrar a maldição. Ah de referir, que a filha de Kidman é Evan Rachel Wood (“Westworld”), na altura com 11 anos.

Escrito por: Inês Nogueira



SPACE JAM (1996)

Filmes
Space Jam

Michael Jordan, o famoso jogador de basquetebol, decide reformar-se e levar uma vida tranquila quando de repente é abordado por personagens caricatas que precisam da sua ajuda.

As personagens dos Looney Tunes tinham sido ameaçados por aliens e para recuperar a sua liberdade é necessário ganhar um jogo de basquetebol e, claro, que ninguém melhor do que Jordan para salvar as nossas personagens preferidas.

Escrito por: Beatriz Monteiro



A REDE (1995)

Filmes
“A Rede”

Sandra Bullock, outra vez, como protagonista (nada contra atenção). Este foi, provavelmente, um dos mais icónicos filmes da época. Os computadores já existiam, mas não com o ‘boom’ que temos hoje. Por isso, ver Bullock na pele de Angela Bennett, uma programadora que descobre algo que não era suposto na rede, foi, de facto, muito avant-garde. Em 1995, as pessoas ainda não sabiam o que era o ‘big brother’.

Escrito por: Inês Nogueira



PARA WONG FOO, OBRIGADA POR TUDO! JULIE NEWMAR (1995)

Filmes
Wong foo

Depois de se qualificarem para a Drag Queen of America, Noxeema Jackson (Wesley Snipes) e Vida Boheme (Patrick Swayze) vão rumo a Hollywood.

Mas, rapidamente descobrem que o seu estilo de vida não é aceite em todos os estados dos EUA e vão precisar de conquistar os locais de Snydersville quebrando ideais e acabando com comentários racistas e homofóbicos.

Escrito por: Beatriz Monteiro




A MANSÃO (1999)

Filmes
“A Mansão”

O final da década de 90 ficou marcado por alguns filmes dentro deste género. De entre eles, gostaríamos de destacar “A Mansão”. Catherine-Zeta Jones, Liam Neeson, Owen Wilson e Lili Taylor são um grupo de indivíduos com insónias que se voluntariam a passar uma noite numa velha mansão, onde são expostos aos seus piores medos. Sabias que este foi um remake do clássico de 1963 com o mesmo título?

Escrito por: Inês Nogueira



OS TRÊS MOSQUETEIROS (1993)

Filmes
Os três Mosqueteiros

Os homens mais destemidos de França regressaram ao cinema em 1993 no filme de sucesso “Os Três Mosqueteiros”. Inspirado na obra de Dumas, a história tem vindo a receber várias interpretações ao longo dos anos.

No entanto, a interpretação de 1993 conta-nos uma história mais semelhante com a obra literária, onde o guarda-roupa, os diálogos e os efeitos se envolvem num cenário mágico. Já as críticas foram meio arrasadoras, mesmo assim, as bilheteiras apresentaram um valor de 53 milhões de dólares. Temos que destacar este filme porque abriu as portas a novos e melhores remakes sem nunca nos afastar da obra de Dumas e das suas carismáticas personagens.

Escrito por: Beatriz Monteiro



FRENCH KISS: O BEIJO (1995)

Filmes
“French Kiss: O Beijo”

À semelhança de Sandra Bullock, também Meg Ryan foi uma escolha popular nesta década. Em “French Kiss: O Beijo”, Ryan mostrou-nos o seu lado neurótico e ciumento, mas sempre com muito humor. Quem não se lembra da atriz a tentar pronunciar “Luc” com um sotaque francês? Isto claro, com a ajuda do próprio Luc, interpretado pelo fantástico Kevin Kline.

Escrito por: Inês Nogueira



PROJETO BLAIR WITCH (1999)

Filmes
Project Blair Witch

Em 1785 rezava a lenda que Elly Kedward era uma bruxa que tirava o sangue a jovens crianças. A bruxa teria sido banida da aldeia e todos assumiram que teria morrido.

Em 1994, a história não passa ao lado de três jovens que decidem investigar esta lenda e fazer um documentário, o que descobrem é no mínimo fascinante.

Escrito por: Beatriz Monteiro




VOCÊ TEM UMA MENSAGEM (1998)

Filmes
Você Tem uma Mensagem

Tom Hanks e Meg Ryan. Depois de “Sintonia de Amor”, a dupla voltava a encontrar-se, desta vez enquanto donos de duas livrarias rivais, que começam uma paixão online, sem saber quem é quem. “Você Tem uma Mensagem” foi, talvez, uma das mais populares comédias-românticas da altura.

Escrito por: Inês Nogueira




NOTTING HILL (1999)

Filmes
Notting Hill

Um dos romances mais inspiradores da década de 90 foi, sem dúvida, “Notting Hill”. A história sobre Will, o dono de uma livraria, e Anna ainda hoje apaixona os corações mais românticos. Will recebe Anna, uma estrela de Hollywood, na sua livraria e rapidamente os dois iniciam um relacionamento que ficará para sempre na história.

Escrito por: Beatriz Monteiro



A CIDADE DOS ANJOS (1998)

Filmes
“Cidade dos Anjos”

Uma das mais belas histórias de amor contadas até hoje. “A Cidade dos Anjos” foi, na realidade, uma adaptação de um outro filme de origem alemã, “As Asas do Desejo”, de 1987. A história do amor impossível de um anjo por uma humana, Nicolas Cage e Meg Ryan, respectivamente. Talvez uma das primeiras que a não ter o tradicional final feliz.

Escrito por: Inês Nogueira

Qual destes filmes te marcou mais?

Beatriz Monteiro

25 @ Coach @ Social Media Manager @ Magazine Editor. Viciada em banda desenhada, cinema, música e confesso jelly beans. A minha bucket list inclui receber uma carta para Hogwarts. Não aconteceu, ainda! Fã incondicional da Marvel e da DC. Não escolho lados. Escrevo todos os artigos a ouvir o albúm Leftoverture dos Kansas. Mais sobre mim no meu instagram! :)

Beatriz Monteiro has 557 posts and counting. See all posts by Beatriz Monteiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.