Explota Explota © RTVE

14 filmes para ver na 14ª Festa do Cinema Italiano

A 14ª Festa do Cinema Italiano começa a 2 de novembro em Lisboa. Conhece os 14 filmes a não perder no maior festival italiano em Portugal.

Ciao a tutti! A Festa do Cinema Italiano está de regresso, com os melhores filmes e projetos feitos na Itália. O festival regressa com muito cinema recente e clássico, exposições e uma série de eventos paralelos em várias cidades do continente, sendo o arranque feito, como costume, em Lisboa. Na capital portuguesa, a 14ª Festa do Cinema Italiano estará presente de 2 a 10 de novembro no Cinema São Jorge (onde decorrem as sessões de abertura e de encerramento), no Cinema Medeia Nimas, no UCI El Corte Inglés, na Cinemateca Portuguesa – Museu do Cinema, onde é feita a retrospetiva Siamo Donne – Divas do Cinema Italiano e na Culturgest, sendo este um novo espaço a receber a Festa do Cinema Italiano.

Andiamo alla Festa del Cinema Italiano?

Além de Lisboa, a Festa do Cinema Italiano faz-se ainda de 2 a 4 de novembro em Coimbra (TAGV – Teatro Académico Gil Vicente), de 3 a 5 de novembro em Beja (Pax Júlia Teatro Municipal), de 4 a 7 de novembro em Setúbal (Auditório Charlot), de 4 a 7 de novembro em Penafiel (Cinemas Cinemax) de 4 a 10 de novembro no Porto (Cinema Trindade), de 4 a 7 de novembro em Cascais (Cinema da Villa), de 6 e 7 de novembro em Alverca do Ribatejo (TEIV – Teatro Estúdio Ildefonso Valério), de 15 a 16 de novembro, em Aveiro (Teatro Aveirense), de 18 a 25 de novembro em Tomar (Cine-Teatro Paraíso) e de 23 a 26 de novembro, em Almada (Auditório Fernando Lopes Graça).

Para celebrar a 14ª edição da Festa do Cinema Italiano e, por sua vez, a cultura italiana, a MHD gostaria de destacar alguns dos principais destaques da programação. Contam-se vários filmes em homenagem às maiores divas do cinema italiano e que passarão na Cinemateca Portuguesa, e serão exibidos inclusive projetos em sessões especiais e até outros completamente inéditos em Portugal, como é o caso das sessões de abertura e encerramento “Três Andares”, de Nanni Moretti e “Le Sorelle Macaluso”, de Emma Dante. Será também exibido pela primeira vez no grande ecrã em Portugal o filme “Volevo Nascondermi”, de Giorgio Britti, protagonizado por Elio Germano e que se consolidou como o grande vencedor dos prémios David di Donatello, os Óscares entregues pela Academia Italiana de Cinema. Fala-nos da vida e obra do pintor Antonio Ligabue e foi privilegiado com 7 prémios David, incluindo Melhor Filme e Melhor Realizador e Melhor Ator. Foi também premiado no Festival de Berlim, com o prémio Leão de Prata a Melhor Ator.

A 14ª Festa do Cinema Italiano oferecerá assim um olhar abrangente sobre os novos profissionais das imagens em movimento em Itália, e sobre questões existenciais, culturais e sociais que os assombram o país de Sophia Loren, atriz escolhida este ano para dar rosto ao festival. Aliás, não poderemos esquecer que Sophia Loren é uma das grandes divas do cinema italiano, um dos principais rostos da cultura internacional cujos filmes foram sempre bem recebidos pelo público. Digámos, que a própria Sophia Loren estabeleceu na prática a ideia de “box-office” a la italiana. A Cinemateca Portuguesa irá exibir em cópia restaurada o filme “Duas Mulheres”, de Vittorio de Sica, com o qual a atriz recebeu o seu Óscar de Melhor Atriz Principal, tornando-se a primeira intérprete a fazê-lo por um filme em língua estrangeira.

Além das informações sobre o horário de exibição dos 14 filmes para a 14ª Festa do Cinema Italiano, apresentamos-lhe trailer e/ou sinopse, para que conheças um pouco mais sobre estes projetos e prepares a sessão. Viva a Festa do Cinema Italiano e viva o cinema que se faz para encher salas e entreter o grande público.

1. Manual de Sobrevivência para Pais

Festa do Cinema Italiano
Paola Cortellesi e Valerio Mastandrea em “Figli” (2020) © Wildside, The Apartment e Vision Distribution

Com argumento aclamado, “Figli” ou “Manual de Sobrevivência para Pais” é uma história contemporânea sobre as novas gerações de pais que têm dificuldade em gerir a sua vida familiar e profissional. Nesta história acompanhamos o casal Sara e Nicola, que estão à espera do seu segundo filho, e que vão descobrir todas as alegrias e tristezas de ser mãe e pai na Itália moderna de uma forma absolutamente brilhante e espirituosa. É o mote de arranque da 14ª Festa do Cinema Italiano e será um dos vários filmes exibidos no dia 1 de novembro nos Canais TVCine. Fica atento aos grandes filmes na tv para apontares na agenda todos os filmes italianos que serão exibidos em casa.

Data e Exibição: Dia 2 de novembro no Canal TVCine Edition, 22h

2. Três Andares – Sessão de Abertura

Apresentado na seleção oficial do último festival de Cannes, o novo filme de Nanni Moretti foi aplaudido unanimemente pela crítica, que o considerou um dos melhores filmes da carreira do realizador. Adaptação do romance homónimo de Eshkol Nevo, o filme conta a história de três famílias que vivem num prédio de três andares num bairro de Roma. Durante 10 anos, as vidas de cada família são determinadas por eventos que obrigam os personagens a lidar com situações dolorosas e inconformáveis. A partir do microcosmos de um prédio romano de três andares, Nanni Moretti constrói uma crónica da vida das famílias, explorando a sociedade atual e as consequências das nossas escolhas, a justiça e a responsabilidade que acompanha a parentalidade. O realizador, que interpreta o papel de um juiz no filme, convocou um elenco de luxo para Três Andares, composto por Riccardo Scamarcio, Alba Rohrwacher e Margherita Buy.

Data e Local de Exibição: Dia 2 de novembro no Cinema São Jorge às 21h30

3. Siamo Donne – Início da retrospetiva

Sophia Loren
Sophia Loren e Eleanora Brown em “Duas Mulheres” © Compagnia Cinematografica Champion

Este ano, a Festa do Cinema Italiano faz-se no feminino, dedicando um espaço particular às grandes atrizes e intérpretes do cinema italiano através de Siamo Donne – Divas do Cinema Italiano, uma retrospetiva (secção Amarcord) em colaboração com a Cinemateca Portuguesa. A retrospetiva será constituída por um ciclo com mais de 15 filmes que parte dos tempos do cinema mudo até os nossos dias. Foram e são muitas as atrizes italianas que marcaram profundamente o cinema de hoje e que são reconhecidas e admiradas e Itália e em todo o mundo. Esta retrospetiva especial da 14ª Festa do Cinema Italiano começa com o filme “Siamo Donne”, precisamente o título da retrospetiva. O filme é protagonizado por Ingrid Bergman, Anna Magnani, Isa Miranda e Alida Valli e reúne um conjunto de sketches, realizados por Roberto Rossellini, Luchino Visconti, entre outros.

Data e Local de Exibição: A retrospetiva “Siamo Donne” começa no dia 3 de novembro na Cinemateca Portuguesa às 19h, e estende-se durante todo o mês de novembro com vários projeções a não perder. Poderás conhecer todos os destaques no jornal da programação da Cinemateca Portuguesa – Museu do Cinema.

4. Cosa Sarà

A vida de Bruno Salvati está em pausa. Os seus filmes nunca tiveram sucesso e os produtores temem pelo próximo projeto. Anna, de quem se separou recentemente, parece ter um namorado. Para os filhos Adele e Tito, é incapaz de ser o pai presente que gostaria de ser. E subitamente, Bruno é diagnosticado com mielodisplasia. Na busca incessante por um dador compatível, o pai revelará um segredo do passado, que irá acender uma nova esperança em todos. Em colaboração com o ator principal Kim Rossi Stuart, o realizador Francesco Bruni, que foi diagnosticado com a doença, assinou o argumento deste incrível drama trágico-cómico.

Data e Local de Exibição: Dia 3 de novembro no Cinema São Jorge às 21h30

5. Malizia

Festa do Cinema Italiano
“Malizia” (1973″ © Festa do Cinema Italiano

O filme que transformou Laura Antonelli num dos sex symbols do cinema italiano da década de 1970, uma comédia muito perversa realizada por um dos precursores do cinema erótico italiano – Salvatore Samperi. Um comerciante de meia idade, dono de uma loja de tecidos, fica viúvo com três filhos. No dia do enterro da sua mulher chega à sua casa uma bonita jovem, futura governanta, que a mulher tinha pedido numa agência de emprego. Um comédia negra erótica assinada por um dos mestres do género.

Data e Local de Exibição: Dia 4 de novembro no UCI Cinemas El Corte Inglés às 16h30. Outros horários de exibição aqui.

6. La mafia non è più quella di una volta

Prémio do júri no passado festival de Veneza chega em Portugal La mafia non è più quella di una volta (Era uma Vez a Máfia) de Franco Maresco, divertido e surreal retrato da vida de Palermo através das histórias de quem luta ou de quem convive com as organizações criminosas desta cidade.

Data e Local de Exibição: Dia 4 de novembro, no Cinema Medeia Nimas às 21h30

7. Il Fuoco

Livremente adaptado por Giovanni Pastrone (CABIRIA) a partir de um romance de Gabriele D’Annunzio e com fotografia de Segundo de Chomón, FUOCO centra-se em Mário, um pintor desconhecido, obcecado por uma famosa poeta, já casada. Um melodrama ao mesmo tempo barroco e essencial que lançou Pina Menichelli e o seu rosto de “mulher-coruja” e a elevou entre as maiores divas do cinema mudo italiano. Primeira exibição na Cinemateca, em cópia digital e com acompanhamento ao piano de Daniel Schvertz.

Data e Local de Exibição: Dia 5 de novembro na Cinemateca Portuguesa, às 19h

8. Magari

Alma, Jean e Sebastiano são três irmãos que vivem em Paris com a mãe Benedett, francesa, e uma fervorosa cristã ortodoxa, num ambiente seguro e confortável. De repente, vão passar alguns dias com o seu pai Carlo, um italiano mulherengo, guionista de pouco sucesso, e que não faz ideia de como cuidar de si mesmo. A situação é complicada mas apesar das dificuldades e das tensões diárias a pequena Alma continua a acreditar firmemente que um dia, talvez, a sua família possa voltar a ficar junta. Uma comédia dramática íntima e surpreendente que encontra o seu ritmo entre a proximidade e a ternura de um conto familiar e um realismo mágico que nos lembra o cinema de Alice Rohrwacher. Já a atriz Alba Rohrwacher nunca foi tão espontânea e instintiva, num filme sem qualquer traço de cinismo, que persegue a simplicidade das histórias e a complexidade dos afetos, longe do exibicionismo da nossa era “social”.

Data e Local de Exibição: Dia 5 de novembro no Cinema São Jorge, às 21h30

9. Shooting the Mafia

Como fotojornalista, capturou o quotidiano da vida siciliana – de casamentos, a assassinatos de cidadãos comuns – para contar a narrativa da comunidade que amava e que fora forçada ao silêncio pela Cosa Nostra. O filme mostra-nos as suas impressionantes fotografias a preto-e-branco, raras filmagens de arquivo, filmes clássicos italianos e as próprias memórias da fotógrafa, a fim de pintar o retrato desta mulher extraordinária, bem como de um dos períodos mais trágicos da história recente italiana.

Data e Local de Exibição: Dia 6 de novembro na Culturgest às 15h

10. Explota Explota

Nos anos 1970, num país que vive sob um regime ditatorial dominado pela censura, Maria, uma jovem bailarina espanhola, luta para trazer cor ao mundo e explorar a sua liberdade pessoal. Enquanto persegue o seu sonho de se tornar uma estrela de TV, a sua jornada é contada através dos maiores sucessos da incomparável Raffaella Carrà. Uma celebração em technicolor da liberdade de expressão através dos grandes êxitos de Raffaella Carrà, que em 1970 foi escolhida para apresentar o programa Canzonissima na RAI, tendo ficado famosa pelas suas roupas provocadoras, onde mostrava (apenas) o umbigo. A sua presença no pequeno ecrã foi extensa, assim como a sua carreira musical com mais de 20 discos.” Explota, explota é uma bela homenagem à vida e às canções intemporais de Carrà, que nos deixou este ano. Ficou um legado único e cheio de cor.

Já tivemos oportunidade de falar de “Explota Explota”, no verão passado, aquando da morte de Raffaella Carrà.

Data e Local de Exibição: Dia 6 de novembro no UCI Cinemas El Corte Inglés às 16h30

11. Tolo Tolo

“Tolo Tolo” foi o quinto filme com a maior bilheteira de todos os tempos na história do cinema italiano. Um comédia satírica que marca a estreia do ator Checco Zalone na realização. Pela primeira vez no papel de realizador e argumentista (juntamente com Paolo Virzì), Checco Zalone volta ao grande ecrã com um novo estrondoso sucesso de bilheteira – uma sátira que não poupa ataques e piadas sociais. Desta vez, Checco é um jovem sonhador e empreendedor da Apúlia que depois do fracasso de todos os seus projectos decide iniciar uma nova aventura em África, para fugir ao fisco que está à sua procura. Oumar, um empregado com o sonho de tornar-se realizador e com uma paixão por Itália que conheceu no cinema de Pasolini, será o seu aliado nesta aventura política – e cantada.

Data e Local de Exibição: Dia 7 de novembro no Cinema São Jorge às 21h30

12. La scomparsa di mia madre

Festa do Cinema Italiano

Benedetta Barzini quer desaparecer. Modelo, ícone de moda nos anos 1960, tornou-se musa de Andy Warhol, Salvador Dalí e Richard Avedon. Feminista radical, lutou pelos direitos das mulheres na década seguinte. Aos 75 anos, está farta dos papéis que a vida lhe impôs. Escondido atrás da câmara, o seu filho Beniamino testemunha a sua jornada. O filme torna-se, assim, uma batalha entre mãe e filho, numa luta infatigável pela captura da imagem definitiva de Benedetta – a imagem da sua libertação. O filme fez parte da Seleção Oficial do Festival Sundance 2019 e foi considerado um dos filmes mais emocionantes do festival. Um retrato íntimo da evolução de uma mulher que escapou conscientemente do mesmo sistema capitalista do qual foi um mecanismo por mais de uma década.

Data e Local de Exibição: Dia 8 de novembro na Culturgest às 21h (com a presença da realizadora e da protagonista)

13. Volevo Nascondermi

A vida de Antonio Ligabue, nascido Antonio Laccabue, valeu a Elio Germano o Urso de Ouro de Melhor Ator no Festival de Berlim pela sua magnífica interpretação do pintor, considerado um dos mestres e protagonistas fundamentais da arte contemporânea internacional e da arte naïf. Antonio Ligabue viveu uma vida de reclusão, durante anos numa cabana à beira do rio, envolto em problemas físicos e psicológicos, sem nunca ceder à solidão, ao frio e à fome. O encontro com o escultor Renato Marino Mazzacurati é uma oportunidade para se aproximar da pintura, é o início de uma redenção na qual sente que a arte é o único meio de construir a sua identidade, a possibilidade real de ser reconhecido e de amar o mundo.

Data e Local de Exibição: Dia 9 de novembro no Cinema São Jorge às 21h30

14. Le sorelle Macaluso – Sessão de Encerramento

A sessão de encerramento da Festa do Cinema Italiano acontece a dia 10 de novembro, em Lisboa, e tem a particularidade de ser também a sessão de abertura do Olhares do Mediterrâneo |- Women’s Film Festival. Os dois festivais juntam-se por uma noite, no Cinema São Jorge, para apresentar o filme “Le Sorelle Macaluso” (“As Irmãs Macaluso”), a terceira longa-metragem da aclamada dramaturga Emma Dante, que conta a história de cinco irmãs e como o tempo atravessa as suas relações e a forma como vivem. O filme é baseado na peça teatral também ela da autoria de Emma Dante.

Data e Local de Exibição: Dia 10 de novembro no Cinema São Jorge às 21h30


Eventos Paralelos da Festa do Cinema Italiano

Além dos 14 grandes filmes para a 14ª Festa do Cinema Italiano, gostaríamos de destacar um conjunto de exposições e eventos paralelos que irão decorrer e que servem para homenagear o talento dos diferentes artistas de Itália. Fica atento ao horários das exposições, algumas das quais com entrada livre.

Exposição de fotográfica “Mafia Passione… Amore”, De Letizia Battaglia e Roberto Timperi

Com entrada livre. Uma exposição com fotografias de Letizia Battaglia e Roberto Timperi realizada como complemento do documentário Shooting the Mafia, de Kim Longinotto. Dois fotógrafos com experiências estéticas distintas que unem forças e expõem em conjunto o mundo que pretendem retratar. Letizia com as suas fotografias sobre Palermo, a máfia e a beleza. Roberto com as imagens que exteriorizam as suas pulsões interiores no confronto com os mais marginalizados, os vagabundos e os loucos.

Data e Local da Exposição: Lisboa, Fábrica de Pastelaria – Hub Criativo do Beato, de 5 de novembro a 30 de novembro às 19h

Exposição Fotográfica “PHOTOCALL – Atrizes do Cinema Italiano”

A acompanhar a retrospetiva Siamo Donne – Divas do Cinema Italiano, a 14ª Festa do Cinema Italiano apresenta a exposição fotográfica PHOTOCALL – Atrizes do Cinema Italiano, realizada em colaboração com o Museu de Cinema de Turim. Atrizes do cinema italiano que marcaram ao longo de um século, o cinema italiano através dos seus corpos, os rostos e representação e que se tornaram famosas no mundo inteiro. Uma viagem pela memória coletiva que vai desde os ícones do cinema mudo às estrelas de hoje.

Data e Local da Exposição: Lisboa, Sociedade Nacional das Belas Artes, a 5 de novembro às 17h

Cine-Jantar na 14ª Festa do Cinema Italiano

A gastronomia será, como habitualmente, um dos principais convidados da Festa do Cinema Italiano. Volta o famoso Cine-Jantar, o evento que dura três noites e que combina o cinema com o melhor da cozinha italiana. Este ano, o Cine-jantar é dedicado às trufas, especialmente trufa branca de Alba, à cozinha e aos vinhos da região de Piemonte no âmbito da projeção do filme “The Truffle Hunters”, de Gregory Kershaw e Michael Dweck, produzido por Luca Guadagnino. Em colaboração com o chef Luca Salvadori dos restaurantes Il Covo e DaLuca.

Data e Local do Cine-Jantar: 7 , 8 e 9 de Novembro / Restaurante DaLuca

Festa Italo Disco – Tributo a Raffaella Carrà

Terminamos este artigo com alguns dos maiores sucessos de Raffaella Carrà,  a 14ª Festa do Cinema Italiano apresentará uma homenagem à diva italiana Raffaella Carrà, cantora, apresentadora e atriz italiana, intérprete de êxitos como “Que Dolor” e “Hay que venir al sur” com a exibição do filme “Explota, Explota”, de Nacho Álvarez, e a realização de uma festa temática com concertos espectáculo burlesque. A não perder o regresso à pista de dança com entrada Livre.

Data e Local do Tributo a Raffaella Carrà: 6 de Novembro na Fábrica do Pão – HUB Criativo do Beato das 21h30 às 02h.

Este artigo é meramente informativo sobre a 14ª Festa do Cinema Italiano. A MHD não se responsabiliza pela alteração de horários. Para mais informações deverás entrar na página online da Festa do Cinema Italiano ou visitar a bilheteira de um dos espaços onde o festival se fará presente.

Virgílio Jesus

Era uma vez em...Portugal um amante de filmes de Hollywood (e sobre Hollywood). Jornalista e editor de conteúdos digitais em diferentes meios nacionais e internacionais, é um dos especialistas na temporada de prémios da MHD, adepto de todas as formas e loucuras fílmicas, e que está sempre pronto para dois (ou muitos mais!) dedos de conversa com várias personalidades do mundo do entretenimento.

Virgílio Jesus has 1377 posts and counting. See all posts by Virgílio Jesus

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.