Toda a Luz Que Não Podemos Ver © Netflix

A série da Netflix com mais “Binge watching” atualmente

A Netflix é a plataforma de streaming de eleição. Se estás à procura de algo para fazer binge, esta série é perfeita.

Quando pensamos em plataformas de streaming há uma clara favorita – a Netflix. Longe do antigo serviço de envio de DVD’s por correio aos seus subscritores, a empresa norte-americana entrou no streaming em 2007 e a partir daí é história.

Lê Também:   Está na hora de ir ao ginásio? Estas são 7 dicas essenciais para iniciantes

A Netflix é casa de várias séries e filmes incríveis – “Beef”, “Stranger Things”, “Wednesday”, “Heartstopper”, “One Piece”, “The Witcher”, “Enola Holmes”, “O Irlandês”, “Roma”, entre muitos outros.

Esta quantidade de séries e filmes só é possível graças ao grande empenho que a Netflix faz em criar sempre um novo e melhor conteúdo para os seus subscritores.

Lê Também:   Já chegou à Netflix a minissérie espanhola que promete não deixar ninguém indiferente

Nesse sentido há uma nova série que tem sido destaque por todo o mundo. Uma série histórica, que apesar das críticas, é uma das mais vistas do momento. Se estás à procura de algo para para binge, esta série é perfeita e tem apenas 4 episódios.


A ESCOLHA IDEAL

toda a luz que não podemos ver netflix 2
Timea Saghy/Netflix © 2023

Estamos a falar de “All The Light We Cannot See”, ou em português, “Toda Luz Que Não Podemos Ver”. Na semana de estreia foi vista por quase 10 milhões de pessoas.

Lê Também:   Esta minissérie de 4 episódios arrasada pela crítica é a mais vista da Netflix a nível mundial

Baseada no romance histórico de Anthony Doerr, vencedor do Prémio Pulitzer e com o argumento escrito por Steven Knight (“Peaky Blinders”), a série segue uma jovem cega francesa Marie-Laure, e o pai, Daniel LeBlanc, fogem de Paris ocupada pelos Nazis durante a Segunda Guerra Mundial. Transportam um tesouro inacreditável – um diamante. Acabam por ficar numa quinta isolada mas a pequena Marie-Laure trava uma amizade improvável.

Shawn Levy (“Stranger Things“) sentou-se na cadeira de realização, enquanto que a representação coube a Aria Mia Loberti, Nell Sutton, Mark Ruffalo, Hugh Laurie, Louis Hofmann, Lars Eidinger, Marion Bailey e Hugh Lourie. Apesar da liderança não alcançou um bom resultado entre a crítica. No agregado de críticas Rotten Tomatoes tem apenas 25% em 100% de classificação para os críticos.

TRAILER |  A NOVA SÉRIE DA NETFLIX, ALL THE LIGHT WE CANNOT SEE

Tens Netflix? O que pensas da série?

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *