The Handmaid’s Tale apresenta terceira temporada

De entre as novidades lançadas durante o Super Bowl encontra-se o trailer da terceira temporada de “The Handmaid’s Tale”, irá a guerra finalmente começar?

A Hulu aproveitou ontem a noite do Super Bowl para divulgar as primeiras imagens da terceira temporada de “The Handmaid’s Tale.” Como seria de esperar, o pequeno excerto mantêm o tom sombrio e inquietante característico da série desenvolvida por Bruce Miller. Na última temporada existiu uma tentativa de rebelião e uma nova tentativa de fuga. Cada uma reflectiu um resultado diferente para as várias personagens, o que deixou ainda mais aberto os respectivos futuros.

Se te recordas, o 13º episódio da segunda temporada terminou ao som de “Burning Down the House” Talking Heads. Um presságio? Irá June/Offred (Elisabeth Moss) vai ‘lutar o fogo com fogo’ e ‘queimar a casa’? Pela aparente troca de uniforme – será que se irá unir às Marthas? –  e o tom desafiante assim o parece…

Acorda América, a manhã terminou.”

A frase remete-nos para o anúncio político de 1984 de Ronald Reagan, “Morning in America,” antevendo uma América próspera. Algo não irá durar muito em Gilead, a averiguar pela sucessão de imagens… Ainda vamos ter de esperar uns meses para descobrir, mas o que é certo é que esta já não é a história de uma serva. A narrativa singular deu lugar a um drama conjunto, que entrelaça várias histórias.

Lê Também:
TOP MHD | Melhores Séries de 2018

Embora ainda não exista uma data concreta para a estreia, a nova temporada volta a contar com Moss, Max Minghella, Ann Dowd, Yvonne Strahovski, Joseph Fiennes, Bradley Whitford e Alexis Bledel. Ao já talentoso elenco, irão-se juntar Christopher Meloni (“Law & Order: Special Victims Unit”) e Elizabeth Reaser (“The Haunting of Hill House“), enquanto Comandante Winslow e a respectiva esposa.

TRAILER | TERÁ GILEAD OS DIAS CONTADOS EM THE HANDMAID’S TALE?

“The Handmaid’s Tale” deverá regressar esta primavera, de forma a ser elegível para os Golden Globes. Acompanhas a aclamada série?

Inês Serra

Cresci a ir ao cinema, filha de pais que iam a sessões duplas...Será genético? Devoro livros e algumas séries. Fã incondicional do fantástico e do sci-fi. Gostaria de viver todos os dias com o mote Spielbergiano - "I dream for a living"

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *