Justice League | ©HBO Portugal

Liga da Justiça | O que Snyder Cut tem de diferente

“Liga da Justiça” de Zack Snyder já chegou ao streaming! Com quatro horas de duração, vem descobrir as diferenças que tem para a versão de 2017.

Nunca uma nova versão de um filme suscitou tanto interesse, mas a verdade é que “Liga da Justiça” de Zack Snyder está a conquistar os fãs de todo o mundo. Snyder foi o primeiro realizador do filme mas, após uma tragédia familiar, saiu do projecto e deixou-o nas mãos de Joss Whedon, que levou o filme até ao fim para o apresentar em 2017. Agora, 4 anos depois, e apresentando a versão original idealizada por Zack Snyder, “Liga da Justiça” tem quatro horas, já marca presença na HBO Portugal e as questões começam a levantar-se.

Para já, aqui a proposta é identificar quais as maiores diferenças entre as versões de Whedon e Snyder, desde a banda sonora até aos desenvolvimentos dos super-heróis da DC Comics. Há várias diferenças claro, mas estas são as mais significativas e que podem de alguma forma distanciar os produtos finais. Vamos a isto? [NOTA: Se ainda não viste a nova versão este artigo tem alguns spoilers]

1 de 13

CLASSIFICAÇÃO

Liga da Justiça HBO
©HBO Portugal

Se há um indicativo que o Snyder Cut é realmente diferente do filme de 2017, a classificação é a primeira pista. A nova versão é R Rated, ou seja, inclui linguagem que não é considerada para os mais novos, assim como momentos de maior violência e com mais sangue. Das sequências de acção, até às asneiras que ouvimos de Cyborg ou Joker, o Snyder Cut ganha outra dimensão com esta nova liberdade para a montagem do filme.

1 de 13

Marta Kong Nunes

Arquitecta (com um c!) de formação. Coordenadora de profissão. Fanática de cinema e séries por pura paixão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *