© Showtime

Antes de “Eric” da Netflix, Benedict Cumberbatch já tinha brilhado na Minissérie “Patrick Melrose”

Benedict Cumberbatch está a dar que falar com “Eric” na Netflix, mas antes disso o ator já tinha brilhado na minissérie “Patrick Melrose”.

Recentemente, Benedict Cumberbatch (“Doctor Strange”) voltou a estar na ordem do dia graças ao sucesso da minissérie “Eric” da Netflix na qual interpreta Vincent (Benedict Cumberbatch), um dos mais célebres marionetistas de Nova Iorque e criador de uma série televisiva para crianças extremamente popular.

Lê Também:   De Bridgerton a House of the Dragon, os grandes regressos à Netflix, Max, Disney+ e Prime Video ainda este ano

Na série, Vincent tenta lidar com o difícil desaparecimento do filho, Edgar, tornando-se cada vez mais angustiado e instável. Desde a sua estreia que a produção se tem mantido nos primeiros lugares da plataforma, tendo até alcançado a liderança.

Lê Também:   De Bridgerton a House of the Dragon, os grandes regressos à Netflix, Max, Disney+ e Prime Video ainda este ano
© Showtime

Mas antes de “Eric”, Benedict Cumberbatch já tinha brilhado em 2018 na minissérie “Patrick Melrose” que lhe valeu uma nomeação como Melhor Ator em Minissérie nos Emmys. Baseado nas obras de Edward St Aubyn, Patrick Melrose (Benedict Cumberbatch) é o herdeiro de uma família aristocrática decadente e desestruturada, com uma infância traumática onde foi vítima de abusos do pai (Hugo Weaving) e de uma mãe (Jennifer Jason Leigh) tacitamente conivente com a situação.

Lê Também:   Shogun, a Crítica | Hiroyuki Sanada e Anna Sawai protagonizam o grande épico do ano na Disney+

Desde a infância de Patrick no Sul de França, na década de 1960, até à vida adulta em Nova Iorque e Londres, acompanhamos a jornada angustiante de um homem profundamente ferido, que tenta esquecer as lembranças cruéis do passado através do abuso de álcool e drogas, e a sua tentativa de recuperação e redenção.




O que diz a crítica sobre Patrick Melrose?

Jennifer Jason Leigh em “Patrick Melrose” © Showtime

Para o The Atlantic, esta é a minissérie ideal para os mais exigentes com adaptações literárias, já que é a “adaptação mais notavelmente fiel de uma série de livros em memória recente, capturando o tom e a estética dos romances de Melrose sem sacrificar a coesão”. Para além disso, a produção ganha ainda por ser “sombriamente divertida, oscilando entre a angústia do jovem Patrick e os episódios de comédia situacional do Patrick mais velho, sem diminuir nenhum dos dois”.

Lê Também:   As 5 melhores séries e filmes para ver na Netflix, Disney+ e Max (10 a 16 Junho)

Sobre o desempenho de Benedict Cumberbatch, a New York Magazine destaca que ele “está a habitar um personagem envolvido no longo e doloroso processo de exumar as partes de si mesmo que tenta enterrar desde a infância”.

No Rotten Tomatoes, “Patrick Melrose” conta com 90% de aprovação da crítica e no Metacritic, a média é de 80%. Os cinco episódios da minissérie podem ser vistos na Skyshowtime Portugal.

E tu, preferes Benedict Cumberbatch em “Eric” ou em “Patrick Melrose”?



Também do teu Interesse:


About The Author


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *