Star Was: Os Últimos Jedi | David James © 2016 Lucasfilm Ltd.

Star Wars | Jon M. Chu pede spin-off à Disney+

Depois de ver “Star Wars: A Ascensão de Skywalker”, Jon M. Chu decidiu fazer um apelo público à Disney+. O realizador quer lançar um novo spin-off em formato série!

Muitos fãs podem não ter gostado do final da épica saga de “Star Wars” mas há um cineasta que viu em “Star Wars: A Ascensão de Skywalker” a possibilidade de um novo projecto. Jon M. Chu, o responsável pelo filme de sucesso “Crazy Rich Asians”, e que irá estrear brevemente “Ao Ritmo de Washington Heights“, quer avançar com um spin-off focado em Rose Tico, um dos membros da Resistência.

Num apelo feito via publicação na sua conta de Twitter, Jon M. Chu apela à Disney+ para darem luz verde para um novo projecto que siga Rose Tico, a personagem que foi introduzida no universo em “Os Últimos Jedi” de Rian Johnson, mas que viu em “A Ascensão de Skywalker” muito pouco tempo de ecrã.

TWITTER | JON M. CHU PEDE SÉRIE DE ROSE TICO

Interpretada por Kelly Marie Tran, a introdução da personagem no universo não foi fácil. Apresentada em “Os Últimos Jedi”, de Rian Johnson, a personagem secundária teve um papel importante no filme ao lado dos protagonistas mas, fora do ecrã, causou algum desconforto ao público. Kelly Marie Tran, a actriz que a interpretou, chegou mesmo a fechar a sua conta de Instagram dado o assédio online por parte de fãs da saga que estavam descontentes com o seu casting, lançando vários comentários de ódio e de rascimo.

Agora, com o lançamento do último filme, foi notável que apesar da personagem voltar à história, Rose Tico teve apenas um minuto e 16 segundos de tempo ecrã – algo mínimo tendo em conta que o filme tem cerca de 2 horas e 22 minutos.

Lê Também:
Star Wars: Episódio IX - A Ascensão de Skywalker, em análise

Apesar do impacto da sua primeira aparição, parece que existe um grande grupo de fãs da personagem e que estes rapidamente vieram em sua defesa na internet. Para eles, não faz sentido que a personagem tenha tido tão pouco tempo de ecrã, e muitos criticam a decisão de J.J. Abrams e Chris Terrio (os argumentistas de “A Ascensão de Skywalker”), argumentando que eles validaram os comentários dos trolls da internet ao quase retirarem a personagem.

Mas agora é Jon M. Chu quem lidera o gupo de fãs. O realizador quer levar a personagem para novas histórias e criar a sua própria série original através da Disney+. Recorde-se que a nova plataforma de streaming já lançou “The Mandalorian”, um dos sucessos de 2019, e que tem já em desenvolvimento uma série sobre Obi Wan Kenobi, com Ewan McGregor.

A Disney ainda não se pronunciou relativamente ao twitter do cineasta.

És fã da saga? Parece-te um spin-off acertado?

Marta Kong Nunes

Arquitecta (com um c!) de formação. Coordenadora de profissão. Fanática de cinema e séries por pura paixão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *