Adam Driver é o protagonista do filme de abertura 'Ruido Branco', de Noah Baumbach.

79º Festival de Veneza: À Espera dos Filmes (e das Estrelas)

O 79º Festival de Veneza ou Veneza 79, começa amanhã (e prolonga-se até 10 de setembro) numa edição finalmente sem limitações sanitárias e muito concorrida, com muitos filmes e muitas estrelas na passadeira vermelha do Lido.

A menos de 24 horas do início do 79º Festival Internacional de Cinema de Veneza (ou Veneza 79, que é mais fácil), juntamente com os muitos e mais aguardados filmes para a nova temporada, virão certamente a acompanhá-los, muitas estrelas que percorrerão a lendária passadeira vermelha do Palazzo del Cinema do Lido e nós a ver-mos. Logo no início e na noite de 31 de agosto, amanhã, a eterna e sempre bela Catherine Deneuve entrará na Sala Grande para receber o primeiro Leão de Ouro de Carreira, desta edição; e que será seguida por outro Leão, atribuído ao realizador e argumentista norte-americano Paul Schrader (The Card Counter – O Jogador’), no dia 3 de setembro. A madrinha das cerimónias de abertura e encerramento será a atriz, apresentadora e ex-modelo madrilena Rocío Muñoz Morales, que trabalha regularmente em Itália e que estará acompanhada em palco, com a grande estrela Julianne Moore, que este ano foi convidada para ser a presidente do júri da Competição Internacional, a mais importante de Veneza 79.

VÊ TRAILER DE ‘BONES AND ALL’

Igualmente, na primeira noite de Veneza 79, o realizador Noah Baumbach desfilará na passadeira vermelha, com Adam Driver e Greta Gerwig, para apresentarem a comédia sombria e distópica ‘Ruído Branco’ (‘White Noise’), o filme de abertura da Competição. No dia seguinte, 1 de setembro, a inigualável Cate Blanchett  — aqui jurada no ano difícil de 2020 — desfilará também para o apresentar ‘Tár’, mais um filme em Competição, realizado por Todd Field, sobre a primeira e talentosa maestrina húngara, de uma grande orquestra alemã; seguido pelo realizador mexicano Alejandro G. Iñárritu com a sua nova e reflexiva obra semi-autobiográfica, intitulada ‘Bardo, fala crónica de unas cuantas verdades’. A cada vez mais popular atriz francesa Laure Calamy (que foi Melhor Atriz na secção Orizzonti por ‘Full Time’ no último Festival de Veneza) estará presente com o filme ‘L’origine du mal’, do francês Sébastien Marnier, na  secção Orizzonti Extra. No dia 2 de setembro o jovem actor Timothée Chalamet será o protagonista da noite de Veneza 79 e do filme de amor e canibais ‘Bones and All’, do mais cosmopolita dos realizadores italianos Luca Guadagnino. Ao elenco deste filme juntam-se ainda outras grandes estrelas como Taylor Russell, Mark Rylance e Chloe Sevigny. A sempre imperturbável Isabelle Huppert, não poderia faltar ao 79º Festival de Veneza e portanto é a estrela ‘La syndicaliste’, do francês Jean-Paul Salomé, outro dos filmes mais aguardados da secção Orizzonti. Há algumas incertezas quanto à presença do sempre inconstante actor Shia Labeouf, o protagonista de ‘Padre Pio’, de Abel Ferrara, um filme em competição, mas na sempre alternativa e surpreendente secção Giornate Degli Autori.

VÊ TRALER DE ‘THE WHALE’

No dia 3 de setembro, estarão no Lido estrelas como Joel Edgerton e Sigourney Weaver, intérpretes do ‘Master Gradener’ do homenageado Paul Schrader, um filme importante, mas que estará fora da competição; na competição, estará sim, a bela atriz transgênero Trace Lysette ,que desfilará no tapete vermelho no filme ‘Monica’, do italiano Andrea Pallaoro. As nobres divas francesas Virginie Efira e Chiara Mastroianni, a 4 de setembro, serão as primeiras estrelas do dia a desfilar em direção à Sala Grande, num filme da competição,  intitulado ‘Les enfants des autres’, da francesa Rebecca Zlotowski (‘Uma Rapariga Fácil’), seguidas pela sempre fabulosa Penélope Cruz, no papel de um ‘donna italiana’ protagonista de ‘The Immensity’ do italiano Emanuele Crialese. Na mesma noite, Brendan Fraser regressa à ribalta, ao lado de Sadie Sink, a jovem intérprete de ‘Stranger Things’, que serão as cabeças de cartaz de outro filme muito aguardado da competição: ‘The Whale’, de Darren Aronofsky. Igualmente, no domingo à noite, o realizador Pippo Mezzapesa trará à passadeira vermelha a cantora Elodie na sua estreia no cinema, com o filme ‘Ti mangio il cuore’, em competição na secção Orizzonti.

VÊ TRAILER ‘THE SON’

A noite de segunda, dia 5 de setembro, está reservada para a tão esperada estreia de ‘Don’t Worry Darling’ (fora de competição), o thriller psicológico, do qual a actriz-realizadora Olivia Wilde, desfilará no tapete vermelho, junto com a brilhante Florence Pugh e o cantor Harry Styles, agora também se lançou no cinema. Colin Farrell e Brendan Gleeson apresentarão ‘The Banshees of Inisherin’, um filme de competição de Martin Mcdonagh (Três Cartazes à Beira da Estrada). Enquanto, a actriz Benedetta Porcaroli estará pela segunda vez no Festival de Veneza, agora em ‘Amanda’, uma estética e arriscada estreia da realizadora Carolina Cavalli, na Orizzonti Extra. A propósito, outro dos filmes italianos mais aguardamos da competição é ‘Il Signore delle aniche’, do veterano Gianni Amelio (‘Hammamet’), que será apresentado no dia 6 de setembro, e trará ao Lido três grandes estrelas transalpinas: Luigi Lo Cascio, Elio Germano e Sara Seraiocco, que curiosamente regressarão também nesta edição, mas para outro filme e para uma dupla passagem pelos paparazzi. Acompanhando o western ‘Dead for a Dollar’, (fora de competição), do experimentado Walter Hill (’48 Horas’), estará dois rebeldes: Christoph Waltz e Willem Dafoe. Enquanto, Tilda Swinton estará também no tapete vermelho a propósito de ‘The Eternal Daughter’, (em competição), de Joanna Hogg (a realizadora de The Souvenir), a história de um conflito entre mãe e filha. Hugh Jackman, Laura Dern e Vanessa Kirby serão no dia 7 de setembro os protagonistas da noite com ‘The Son’, o segundo filme de Florian Zeller (O Pai), mais um da competição de  Veneza 79, numa espécie de contraponto ao seu filme anterior e mais uma vez escrito pelo realizador-dramaturgo. Casey Affleck segui-los-á na apresentação de ‘Dreamin’ Wild’, de Bill Pohlad, mas num filme fora de competição, sobre os músicos funk Emerson Brothers.

VÊ TRALER DE ‘CHIARA’

Outra das noites em grande e carregada de grandes expectativas, será a de 8 de setembro, em que a ‘figuraça’ Ana De Armas desfilará na passadeira vermelho para  se mostrar como Marilyn Monroe no biopic Blonde, de Andrew Dominik (‘O Assassino de Jesse James’), a partir do romance de Joyce Carol Oates, em mais um filme e um dos favoritos da competição. Mas também a Itália não ficará atrás na valorização do seu estrelato, porque é representada nesse dia pelo elenco coral de ‘Siccita’, um filme igualmente, em competição do excelente realizador Paolo Virzì (‘Loucamente’), que conta com grandes nomes no elenco, como Silvio Orlando, Valerio Mastandrea, Elena Lietti, Tommaso Ragno, Claudia Pandolfi, Vinicio Marchioni, Monica Bellucci, Diego Ribon, Max Tortora, Emanuela Fanelli, Gabriel Montesi e Sara Serraiocco. Finalmente, a realizadora Susanna Nicchiarelli (‘Nico 1988’ e ‘Miss Marx’), encerrará a competição de Veneza 79, com ‘Chiara’ um filme sobre a Santa do mesmo nome, na sexta-feira, 9 de Setembro, trazendo à passadeira vermelha dois jovens talentos: Margherita Mazzucco, conhecida pelo seu papel como Elena na série da HBO, A Amiga Genial, (a partir de Elena Ferrante) e a talentosa Andréa Carpenzano. No entanto, no sábado, dia 10, o último dia de projecções de filmes, a passadeira vermelha do Lido vai voltar a animar-se ao final da tarde (às 19h mais uma que Portugal), com as melhores  estrelas deste 79º Festival de Cinema, a desfilar, e que participarão na cerimónia de encerramento da competição Veneza 79, em que serão entregues os cobiçados Leões e os restantes prémios.

JVM

José Vieira Mendes

Jornalista, crítico de cinema e programador. Licenciado em Comunicação Social, e pós-graduado em Produção de Televisão, pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa. É actualmente Editor da Magazine.HD (www.magazine-hd.com). Foi Director da ‘Premiere’ (1999 a 2010). Colaborou no blog ‘Imagens de Fundo’, do Final Cut/Visão JL , no Jornal de Letras e na Visão. Foi apresentador das ‘Noites de Cinema’, na RTP Memória e comentador no Bom Dia Portugal, da RTP1.  Realizou os documentários: ‘Gerações Curtas!?’ (2012);  ‘Ó Pai O Que É a Crise?’ (2012); ‘as memórias não se apagam’  (2014) e 'Mar Urbano Lisboa (2019). Foi programador do ciclo ‘Pontes para Istambul’ (2010),‘Turkey: The Missing Star Lisbon’ (2012), Mostras de Cinema da América Latina (2010 e 2011), 'Vamos fazer Rir a Europa', (2014), Mostra de Cinema Dominicano, (2014) e Cine Atlântico, Terceira, Açores desde 2016, até actualidade. Foi Director de Programação do Cine’Eco—Festival de Cinema Ambiental da Serra da Estrela de 2012 a 2019. É membro da FIPRESCI.

José Vieira Mendes has 600 posts and counting. See all posts by José Vieira Mendes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.