Gwyneth Paltro e Brad Pitt em "Seven - 7 Pecados Mortais" | © 1995 - Warner Bros. Entertainment

Amor na tela e fora dela | Brad Pitt e Gwyneth Paltrow (1994-1997)

Conheces alguns dos casais hit dos anos 90? Vem conhecer um deles que envolve dois atores bem conhecidos aqui na rúbrica ‘Amor na tela e fora dela’!

Brad Pitt e Gwyneth Paltrow separaram-se há mais de 20 anos, mas o antigo casal, hit dos anos 1990, continua a ter uma boa relação. Os dois atores conheceram-se quando começaram a filmar “Seven – 7 Pecados Mortais”, de David Fincher, onde Paltrow era a esposa da personagem de Pitt.

Pitt revelou numa entrevista que o seu interesse por Paltrow começou desde o momento em que a conheceu, descrevendo o encontro como uma surpresa que o deixou sem fala. Contudo, este amor não foi reciproco de início mas, segundo a atriz, ela rapidamente desenvolveu um crush por Brad Pitt.

Lê Também:   Brad Pitt | De Thelma & Louise a Bullet Train

Em 1995, os media confirmaram o relacionamento dos dois, quando o casal apareceu junto na estreia de um dos filmes do ator. Outro momento que marcou o duo nesse ano, ocorreu quando Gwyneth Paltrow foi vítima de assédio por parte de Harvey Weinstein, acontecimento que levou Brad Pitt a confrontar o produtor.

Algum tempo depois, Paltrow e Pitt voltam às capas de revista quando são assediados por paparazzi nas Caraíbas. Os fotógrafos da “Playgirl” conseguiram imagens do casal nu na praia e o ator acabou mesmo por processar a revista.

Por fim, um dos momentos que marcou a relação, revelando o quão séria era, aconteceu durante os Globos de Ouro de 1996. Brad Pitt venceu o prémio que agradeceu não apenas ao elenco, como à família, aos amigos e a Paltrow, chamando-a de “meu anjo”. Ainda nesse ano, a atriz confessa em entrevista que Pitt é não apenas um amante mas um melhor amigo, confirmando a felicidade do casal que noiva apenas alguns meses depois, durante as filmagens de “Sete Anos no Tibete” na Argentina. Em resposta ao anúncio de casamento, Pitt revela que estava pronto para ser pai e que casar com Paltrow o entusiasmava.

Lê Também:   Cannes em Casa | Os Tenenbaums - Uma Comédia Genial (2001)

Infelizmente, é em 1997 que o relacionamento chega ao fim. Na altura existiram vários rumores de que existisse uma terceira pessoa na relação mas ambos sempre negaram. Se estás curioso, em 2003 a atriz confessou numa entrevista que sentia que a culpa tinha sido dela. Na altura Paltrow não se encontrava bem mentalmente e ela acredita que isso tenha acabado por minar a relação.

Uma das consequências do fim do casal pode ser vista em “Pares”, um filme realizado pelo pai de Paltrow e que iria contar com a participação dos dois. No entanto, Pitt acaba por deixar o projeto e a sua personagem passa a ser interpretada por Scott Speedman.

Brad Pitt viria a ser motivo de conversa pela sua relação com Jennifer Aniston e mais tarde Angelina Jolie. Já Gwyneth Paltrow teve uma longa relação com o vocalista dos Coldplay, Chris Martin, e casou-se recentemente com o argumentista Brad Falchuck.

Lê Também:   Hollywood | Os casais mais célebres

VÍDEO | VÊ O TRAILER DE SEVEN- SETE PECADOS MORTAIS COM BRAD PITT E GWYNETH PALTROW

Conhecias este casal?



Também do teu Interesse:



Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *