Frances McDormand em "Nomadland" © Fox Searchlight Pictures

Directors Guild Awards 2021 | Chloé Zhao entre os nomeados

As nomeações dos Directors Guild Awards 2021 foram reveladas e o grande foco está em Chloé Zhao, a favorita nesta temporada de prémios. 

Antes de conhecermos os nomeados aos Óscares 2021, que serão revelados na próxima semana, já pudemos conhecer os realizadores favoritos do Directors Guild of America – o sindicato de realizadores dos Estados Unidos – no anúncio de nomeados aos Directors Guild Awards 2021.

TIME 100
Frances McDormand com Chloé Zhao no set de “Nomadland” | © NOS Audiovisuais

Na lista de nomeados encontramos três mulheres e três pessoas de minorias étnicas. Nos nomeados à 73ª edição dos DGA Awards o grande destaque vai para a realizadora chinesa Chloé Zhao, de longe a grande favorita pelo filme “Nomadland – Sobreviver na América”. Já entre os cineastas que concorrem a melhor estreia em realização vale a pena salientar a presença de Regina King por “Uma Noite em Miami..”. Caso sejam nomeadas para o Óscar tornar-se-ão a primeira mulher asiática e a primeiro mulher afro-americana, respetivamente na corrida a uma categoria habitualmente dominada por homens.

Lê Também:
Entrevista exclusiva com Rúben Pereira | Estúdios Indies numa Pandemia

Segundo o presidente dos DGA, Thomas Schlamme:

Ao longo dos últimos tempos, o poder universal do cinema desempenhou um papel significativo na nossa cultura – ajudando-nos a atender as nossas necessidades de conexão humana e  expandindo as nossas visões de mundo. Congratulo os nossos nomeados, cujos filmes tão diversos e extraordinários incorporam esse poder universal de uma maneira impressionante, num ano que jamais será esquecido.

A lista completa de nomeados aos Directors Guild Awards 2021 pode ser conhecida abaixo:

MELHOR REALIZADOR 

  • Lee Isaac Chung por “Minari” (A24)
  • Emerald Fennell por “Uma Miúda Com Potencial”  (Focus Features)
  • David Fincher por “Mank” (Netflix)
  • Aaron Sorkin por “Os 7 de Chicago” (Netflix; DreamWorks Pictures)
  • Chloé Zhao por “Nomadland – Sobreviver na América” (Searchlight Pictures)

MELHOR ESTREIA EM REALIZAÇÃO

  • Radha Blank por “The Forty-Year-Old Version” (Netflix)
  • Fernando Frías de la Parra por “I’m No Longer Here” (Netflix)
  • Regina King por “Uma Noite em Miami…” (Amazon Studios)
  • Darius Marder por “Sound of Metal” (Amazon Studios)
  • Florian Zeller por “O Pai” (Sony Pictures Classics)

Os vencedores dos DGA Awards serão conhecidos no próximo dia 10 de abril.

Virgílio Jesus

Era uma vez em...Portugal um amante de filmes de Hollywood (e sobre Hollywood). Jornalista e editor de conteúdos digitais em diferentes meios nacionais e internacionais, é um dos especialistas na temporada de prémios da MHD, adepto de todas as formas e loucuras fílmicas, e que está sempre pronto para dois (ou muitos mais!) dedos de conversa com várias personalidades do mundo do entretenimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *