Martin Scorsese | Editorial credit: taniavolobueva / Shutterstock.com

Os 10 filmes que “todos deveriam ver” segundo Martin Scorsese

A procura por lista dos melhores filmes é comum e o Martin Scorsese resolveu facilitar a escolha. Descobre as suas 16 sugestões.

Quando um dos realizadores mais conceituados da atualidade (Martin Scorsese), como o próprio Francis Ford Coppola disse recentemente, entrega uma lista dizendo: estes são os filmes que “todos deveriam ver” – há que ter em grande consideração.

Lê Também:   Os melhores Filmes na TV | Semana de 6 de Novembro a 12 de Novembro

Martin Scorsese tem atualmente 80 anos e a sua carreira vai além de cinco décadas com trabalhos narrativos, documentários, séries e até trabalhou como ator em 30 produções. Além de ser um realizador, produtor e argumentista conceituado em todo o mundo é também um grande entusiasta do cinema, um verdadeiro cinéfilo, que se importa com a conservação das obras cinematográficas.

É por conhecer tão bem o cinema que esta lista ganho um enorme peso, porque de certa maneira, foram estes trabalhos e estes realizadores que inspiraram Scorsese a continuar um legado em nome próprio com o seu cunho único de autor.

Scorsese trabalha ainda com três organizações sem fins lucrativos na procura e restauração de obras esquecidas no tempo ajuda na divulgação de projetos com pouca visibilidade. A preservação da sétima arte é fundamental para o cineasta.

Neste artigo descobres quais são as 16 obras que Martin Scorsese aconselha a todos. Qual vais ver primeiro?




OS FAVORITOS DE MARTIN SCORSESE

THE MAGNIFICENT SEVEN  (1960) – JOHN STURGES

os sete magníficos fox movies
“Os Sete Magníficos” | ©1960 METRO-GOLDWYN-MAYER STUDIOS INC.

Scorsese sempre foi fã de westerns e “Os Sete Magníficos” utilizam a premissa comum deste género em que um conjunto de homens pistoleiros surgem para criar o caos, em tom de justiça. É exatamente essa a lógica que a sinopse do IMDb descreve: “Sete pistoleiros são contratados por camponeses mexicanos para libertar a sua aldeia de bandidos opressivos”.

Na plataforma de avaliação de filmes a obra clássica tem 7,7/10.

Um clássico western que não deixa de integrar a lista de Martin Scorsese.




DRUMS ALONG THE MOHAWK (1939) – JOHN FORD

drums scorsese
© Hulton Archive

Martin Scorsese coloca várias obras de Ford na lista das obras essenciais para cinéfilos. “Drums Along The Mohawk (1939)” foi uma das longas-metragens escolhidas do clássico mestra do cinema.

“Os recém-casados Gil e Lana Martin tentam estabelecer uma fazenda no vale do Mohawk, mas são ameaçados por índios e conservadores quando a Guerra Revolucionária começa”.

No IMDb possui 7/10 de classificação.




UM CLÁSSICO INESQUECÍVEL PARA MARTIN SCORSESE – CITIZEN KANE (1941) – ORSON WELLES

citizen
© John Springer Collection/Corbis

“Citizen Kane”, de Orson Welles, é das obras mais faladas na história do cinema por ter sido inovador em diversos aspetos, sobretudo técnicos. Até aos dias de hoje é considerado um filme essencial para diversos realizadores e Martin Scorsese não é excepção.

“Após a morte do magnata da publicação Charles Foster Kane, os repórteres lutam para descobrir o significado de sua declaração final: ‘Rosebud’”. Considerado um dos melhores filmes da história, Citizen Kane deixa a sua marca na lista de Martin Scorsese.

Tem 8,3/10 no IMDb.




THE GRAPES OF WRATH (1940) – JOHN FORD

grapes
© 20th Century Fox

Mais um clássico de John Ford que Scorsese considera fundamental. “The Grapes of Wrath” entrega uma narrativa humilde que foi bastante controversa na altura de lançamento. Havia quem considerasse o filme uma forma de propaganda comunista.

Trata-se da adaptação do romance homónimo de John Steinbeck, vencedor do Pulitzer e tem 8,1/10 no IMDb.

“Uma família de Oklahoma é expulsa da sua fazenda pela pobreza e desesperança do Dust Bowl. Junta-se à migração para o oeste para a Califórnia, sofrendo os infortúnios dos sem-teto na Grande Depressão”.




HIGH AND LOW (1963) – AKIRA KUROSAWA

low filmes scorsese
© Akira Kurosawa

Akira Kurosawa é um dos cineastas mais importantes do Japão e o seu legado é visto e revisto por muitos, inclusive Scorsese. Basta ver que nesta lista de essenciais, tal como Ford, aparece mais do que uma vez.

“High and Low” é um filme policial japonês baseado no romance de 1959, King’s Ransom, de Ed McBain. É considerado por muitos uma obra-prima, mas só porque é realizado por Kurosawa que faz composições magníficas aliadas ao ritmo ideal.

“Um executivo de uma empresa de calçados de Yokohama torna-se vítima de extorsão quando o filho do seu motorista é raptado por engano e mantido refém”. Alcançou 8,4 no IMDb.




YOUNG MR. LINCOLN (1939) – JOHN FORD

lin filmes scorsese
© Popperfoto

“Young Mr. Lincoln” é daqueles filmes essenciais ao ponto de ser mostrado nas escolas, sobretudo em áreas políticas ou até mesmo de comunicação.

“Um relato ficcional do início da vida do presidente americano como um jovem advogado enfrentando o seu maior caso judicial”. Martin Scorsese revela-se um grande fã de John Ford.

Tem 7,5/10 no IMDb.




THE SEARCHERS (1956) – JOHN FORD

searchers
© Sunset Boulevard/Corbis

Mais um trabalho de Ford é citado por Scorsese. “The Searchers” é inclusive muitas vezes citado como o melhor western de todos os tempos. É um filme que tem tudo – bom elenco, heróis, drama, ação e composições magníficas.

“Um veterano da Guerra Civil Americana embarca numa jornada de anos para resgatar a sua sobrinha dos Comanches depois do resto da família do seu irmão ser massacrada num ataque à fazenda do Texas”.

Obteve 7,8 no IMDb.




THE RED SHOES (1948) – EMERIC PRESSBURGER AND MICHAEL POWELL

©
Michael Powell & Emeric Pressburger

Nesta lista há ainda espaço para um drama britânico – “The Red Shoes” que apresenta uma mulher dividida entre a sua vida amorosa e a sua carreira promissora enquanto bailarina.

“Uma jovem bailarina está dividida entre o homem que ama e a sua busca para se tornar uma bailarina”.

Tem 8,1/10 no IMDb.




STAGECOACH (1939) – JOHN FORD

stage
© Michael Ochs Archives

Ford regressa novamente a esta lista de essenciais com o western “Stagecoach”. Foi um filme que Ford realizou depois de uma década e foi essencial, porque elevou o género.

Além de ação, o argumento de Dudley Nichols permite ter um vislumbre do psicológico das personagens.

“Um grupo de pessoas que viaja numa diligência acha a sua jornada complicada pela ameaça de Geronimo e aprende algo sobre o outro no processo”.

Tem 7,8/10 no IMDb.




SEVEN SAMAURAI (1954) – AKIRA KUROSAWA

7 samurai filmes scorsese
© Akira Kurosawa

Mais um clássico do realizador Akira Kurosawa que é comum ver nas grandes listas de essenciais da história do cinema: “Seven Samurai”. Transcende culturas, impactando até aos dias de hoje o público.

“Agricultores de uma vila explorada por bandidos contratam um samurai veterano para proteção, que reúne outros seis samurais para se juntar a ele”.

Obteve 8,6 no IMDb.




THE PUBLIC ENEMY (1931) – WILLIAM A. WELLMAN

pub
© Warner Bros.

“The Public Enemy” é considerado um dos melhores filmes de gangsters de todos os tempos. No IMDb tem 7,6/10 de classificação.

“Um punk de rua irlandês-americano tenta tornar-se grande no mundo do crime organizado”.

Lê Também:   Estes são 10 filmes dramáticos que te vão fazer chorar



LITTLE CAESAR (1931) – MERVYN LEROY

little
© Warner Bros.

Mais um filme de gangsters que Scorsese considera que todos deveriam ver: “Little Caesar”.

“Um criminoso pequeno muda-se para uma cidade grande para encontrar uma maior fortuna”.

Conta com 7,2/10 no IMDb.




UM ORIGINAL À ALTURA DE MARTIN SCORSESE – SCARFACE (1932) – HOWARD HAWKS

scarface
© Bettmann / Bettmann Archive

Quando ouvimos falar em Scarface é provável que pensemos na versão de 1983 com o ator Al Pacino, mas na verdade há uma obra com o mesmo nome de 1932 que segue a mesma história. Martin Scorsese favorece a obra original de 1932, em colocando o remake de Brian de Palma em segundo plano.

“Um gângster violento ambicioso e quase insano sobe a escada do sucesso na multidão, mas as suas fraquezas provam ser a sua queda”.

No IMDb tem 7,7/10.




MARTIN SCORSESE | I WALK ALONE (1947) – BYRON HASKIN

i walk filmes scorsese
© Byron Haskin

“I Walk Alone” apresenta uma história magnífica, mas perturbadora.

“Frankie Madison deixa a prisão à espera de uma parte do seu ex-parceiro. Mas o bootlegging da Proibição não preparou Frankie para os grandes negócios”.

O filme indicado por Scorsese tem 7/10 no IMDb.




MARTIN SCORSESE | POINT BLANK (1967) – JOHN BOORMAN

point
© Warner Bros.

Longe dos westerns e dos filmes de gangsters, Scorsese indica: “Point Blank” que se trata mais de uma história de vingança de um homem que foi assaltado.

“Depois de ser enganado e deixado para morrer, um homem misterioso chamado Walker tenta, sozinho, recuperar o dinheiro que lhe foi roubado”.

Tem 7,3 no IMDb.




UMA OBRA PRIMA PARA MARTIN SCORSESE – THE GODFATHER (1972)– FRANCIS FORD COPPOLA

Hollywood Casting filmes scorsese
Robert DeNiro em “The Godfather: Part II” e Marlon Brando em “The Godfather” | © Paramount Pictures

Finalmente o último da lista, mas não menos importante e essencial: “The Godfather”,  de Francis Ford Coppola, uma obra que se tornou muito popular entre os cinéfilos e o publico em geral. Volta a trazer uma narrativa com criminosos, virado para a máfia especificamente e o legado da mesma.

“Don Vito Corleone, chefe de uma família da máfia, decide entregar o seu império ao filho mais novo, Michael. No entanto, a sua decisão involuntariamente coloca a vida dos seus entes queridos em grave perigo”. “O Padrinho” é assim um dos favoritos do realizador, Martin Scorsese.

Vencedor de 3 Óscares, o primeiro filme de uma trilogia conta com 9,2/10 no IMDb. É o filme com a classificação mais alta desta lista.

Quais são os filmes da lista que já viste? Concordas com os essenciais indicados por Scorsese?



Também do teu Interesse:


About The Author


One thought on “Os 10 filmes que “todos deveriam ver” segundo Martin Scorsese

  • Os 10 filmes que “todos deveriam ver” segundo Martin Scorsese. Eu também concordo

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *