Joker | © Warner Bros.

76º Festival de Veneza | Os 7 Melhores Filmes de Veneza 76

O filme “J’Accuse”, de Roman Polanski, é o filme mais votado nas tabelas dos críticos e jornalistas que acompanharam esta Veneza 76. O júri presidido por Lucrecia Martel e logo por volta da 19 horas (18 horas de Lisboa) vão ser anunciados os novos Leões de Veneza.

O suspense vai demorar apenas mais algumas horas para serem anunciados os premiados de Veneza 76, por um júri constituído por Lucrecia Martel, Paolo Virzì, Tsukamoto Shinya, Mary Harron (realizadores), Piers Handling (historiador e crítico), Rodrigo Prieto (director de fotografia) e Stacy Martin (actriz). O mais interessante é que o júri parece estar decerto modo condicionado pelas declarações iniciais da sua presidente  a cineasta Lucrecia, em relação a ‘J’Accuse’, o filme de Roman Polanski, curiosamente o mais cotado nas tabelas dos críticos e jornalistas que acompanharam esta Veneza 76. Para mim não interessa os mais cotados, mas antes aqueles que revelaram uma maior diferença e qualidade nesta competição, aliás o que se procura em todos os festivais:

Joker
Joker | © Warner Bros.

‘The Joker’, de Todd Philips

La mafia non è viu queda di una volta
La mafia non è viu queda di una volta | © Dream Film

‘La mafia non è viu queda di una volta’, de Franco Maresco

Marriage Story
Marriage Story | © Netflix

‘Marriage Story’, de Noah Baumbach

Lê Também:
72º Festival de Cannes | ‘Dolor y Gloria’: Alma de Artista
j'accuse
J’Accuse | © Canal+

‘J’Accuse’, de Roman Polanski

Babyteeth
© Whitefalk Films

‘Babyteethe’, de Shannon Murphy

The Laundromat | © Netflix

‘The Laudromat’, de Steven Soderbergh

Gloria Mundi
Gloria Mundi | © Agat Films & Cie

‘Gloria Mundi’, de Robert Guédiguian

JVM em Veneza

José Vieira Mendes

Jornalista, crítico de cinema e programador. Licenciado em Comunicação Social, e pós-graduado em Produção de Televisão, pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa. É actualmente Editor da Magazine.HD (www.magazine-hd.com). Foi Director da ‘Premiere’ (1999 a 2010). Colaborou no blog ‘Imagens de Fundo’, do Final Cut/Visão JL , no Jornal de Letras e na Visão. Foi apresentador das ‘Noites de Cinema’, na RTP Memória e comentador no Bom Dia Portugal, da RTP1.  Realizou os documentários: ‘Gerações Curtas!?’ (2012);  ‘Ó Pai O Que É a Crise?’ (2012); ‘as memórias não se apagam’  (2014) e 'Mar Urbano Lisboa (2019). Foi programador do ciclo ‘Pontes para Istambul’ (2010),‘Turkey: The Missing Star Lisbon’ (2012), Mostras de Cinema da América Latina (2010 e 2011), 'Vamos fazer Rir a Europa', (2014), Mostra de Cinema Dominicano, (2014) e Cine Atlântico, Terceira, Açores desde 2016, até actualidade. Foi Director de Programação do Cine’Eco—Festival de Cinema Ambiental da Serra da Estrela de 2012 a 2019. É membro da FIPRESCI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *