© 1966 United Artists - MGM

Clint Eastwood podia ter protagonizado um dos mais reconhecidos filmes de super-heróis de sempre

Clint Eastwood é sinónimo de versatilidade, um mestre atrás das câmaras, e um símbolo à frente. Mas nem todas as propostas foram do seu agrado. 

Quando pensamos em westerns, é impossível não pensar em “O Bom, o Mau e o Vilão“, de Sergio Leone. A incrível epopeia à procura do ouro enterrado imortalizou a figura de Clint Eastwood enquanto Blondie. Além da sua figura, ficou também na memória coletiva a icónica música que acompanha uma das cenas mais conhecidas do filme.

Todavia, Clint Eastwood é muito mais que esse filme. O ator de 93 anos, ainda em atividade, conta com mais de 65 anos de carreira, uma marca notável, uma vida dada ao cinema. Nestas seis décadas, Clint Eastwood protagonizou e realizou alguns dos melhores filmes que há memória – “Million Dollar Baby” (2004), “Gran Torino” (2008), “Imperdoável” (1992), “Mystic River” (2003), “Sniper Americano” (2014), “Invictus” (2009), entre muitos outros.

Lê Também:   Óscares 2024 | São estes os candidatos da Neflix na categoria de Melhor Filme

Com estes e outros trabalhos, acabou por ser nomeado 11 vezes para os Óscares, vencendo apenas quatro, de Melhor Realizador e Melhor Filme em “Million Dollar Baby”, e nas mesmas categorias em “Imperdoável”. No entanto, nem todos os trabalhos com que se cruzou foram do seu agrado, e há um em particular que decidiu passar. Hoje em dia é um tema bastante discutido, com vários dos melhores realizadores de sempre a mostrarem o seu desagrado.

Clint Eastwood
Clint Eastwood em “Cry Macho” © 2021 Warner Bros. Entertainment Inc. All Rights Reserved.

O género de super-heróis “inundou” o cinema, quase todos os anos, saem um ou dois filmes deste género, na sua grande maioria da Marvel. Apesar de ser do agrado dos espectadores, alguns realizadores não gostam o que o género está a fazer ao cinema.

Lê Também:   Óscares 2024 | De Cillian Murphy a Leonardo DiCaprio, o ano dos Biopics

Por exemplo, Martin Scorsese afirma que a verdadeira cultura do cinema está a morrer por causa do género – “eu tentei, sabes? Mas isso não é cinema”. Contudo, nem todos desgostam do género. Clint Eastwood podia ter aceite o papel de um dos filmes de super-heróis mais reconhecidos de sempre.


A RECUSA HISTÓRICA

Super-Homem“, de 1978, podia ter tido Clint Eastwood como Clark Kent, mas o ator recusou. Numa entrevista dada à Fandomwire, o lendário ator e realizador diz que o papel não era para ele – “eu estava do género, Super-Homem? Não, não é para mim. Não há nada de errado, é para outra pessoa, não para mim.”

Lê Também:   Irá o sucesso de Barbie e Oppenheimer ajudar nas audiências dos Óscares 2024?

Christopher Reeves acabou por imortalizar este super-herói. Contudo, há outra personagem de banda desenhada que Clint Eastwood gostaria de ter interpretado, Namor, que teve a sua estreia em “Black Panther: Wakanda para Sempre“. Apesar da sua idade avançada, é uma personagem com que se identifica – “esse eu sempre gostei, tinha todas as bandas desenhadas quando era criança.”

TRAILER | CRY MACHO, O ÚLTIMO TRABALHO DE CLINT EASTWOOD

Quais foram os filmes que já viste?

One thought on “Clint Eastwood podia ter protagonizado um dos mais reconhecidos filmes de super-heróis de sempre

  • Um dos maiores atores da Sétima Arte, só fez trabalhos bons e ótimos, fez obras de vários generos de enredos, comedia, faroeste, drama, policial, e até dirigiu, pra mim o filme Imperdoavél é o maior pra mim, uma história lindíssima, interpretação monumental no filme OS IMPERDOÁVEIS com Clint Eastwood, Gene Hackman, Morgan Freeman, Richard Harris Atores de primeira qualidade, só ver as suas biografias no cinema Mundial.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *