© Traveller's Tales

LEGO | 10 temáticas que não deviam ter sido descontinuadas

Quase todos os anos, a LEGO lança novas temáticas, algumas com maior impacto que outras, sendo que a temática mais recente vem diretamente de Pandora, com “Avatar”. No entanto, se surgem novos conjuntos, outros ficam pelo caminho. As razões podem ser muitas, desde questões artísticas à rentabilidade. Ainda assim, existem vários temas que deixaram saudades, e que provavelmente não te lembras que esse universo também teve a sua versão feita das pequenas peças.

Em 90 anos da empresa dinamarquesa, foram lançados milhares de sets e temáticas. Por exemplo, temos o icónico Explorador da Galáxia, de 1979, que recentemente recebeu uma nova versão, e mais recentemente está o set LEGO Star Wars UCS Millenium Falcon, que rapidamente tornou-se num dos melhores sets alguma vez criados. Em nove décadas a evolução dos conjuntos é notória. No entanto, alguns ficaram para trás, e até caídos em esquecimento. Por isso, escolhemos as dez temáticas que não deviam ter sido descontinuadas.

Lê Também:
LEGO | 30 sets para construir em família

 O Senhor dos Anéis (2012-2017)

© Traveller’s Tales

Uma das temáticas que mais saudades deixou. Lançado em 2012, recriou vários momentos emblemáticos, como o Conselho de Elrond, ou a luta entre Saruman e Gandalf. Além disso, também teve direito a sets de maior dimensão, como Barad-Dûr, as Portas Negras ou Helms Deep. As minifiguras desta temática continham detalhes impressionantes, assim como os adereços de cada uma das personagens. Foi descontinuado em 2015, mas durante um ano cruzou-se com o lançamento da temática do “Hobbit”, impulsionado pela trilogia lançada na época. Contudo, também viu o fim da linha em 2017. Para obter alguns dos conjuntos destas temáticas é preciso procurar em segunda mão, mas a elevada procura e escassez de conjuntos, faz com que os preços sejam altos. No entanto, “O Senhor dos Anéis” poderá ter uma segunda oportunidade, com o impulso da série da Amazon Prime Video.




Bionicle (2000-2010)

LEGO
Heady Metal via Wikimedia Commons

Hoje em dia, maioria das peças Technic que vemos e usamos, destinam-se a conjuntos complexos, sobretudo em réplicas de automóveis. No entanto, no início do século, havia uma temática que usava essas peças de forma mais simples, mas igualmente digna. A temática Bionicle fez um enorme sucesso na sua época, com várias figuras articuladas, dos mais diversos tamanhos. Além disso, também recebeu diversos filmes de animação, assim como adaptações para as consolas de jogos. Por razões diversas, sendo que uma das mais apontadas foi a falta de ideias para a continuidade da temática, levaram a sua descontinuação em 2010.

Lê Também:
The Lord of the Rings: Gollum não será lançado antes de Abril




Piratas das Caraíbas (2011-2017)

LEGO
© Traveller’s Tales

O infame Capitão Jack Sparrow viu-se a ser transformado em LEGO. Foi desta vez que conseguimos apanhar o famoso pirata, mas rapidamente escapou-nos. Chegou em 2011, mas foi descontinuado em 2017. Contudo, ainda coincidiu com o último filme da franquia, “Piratas das Caraíbas: Homens Mortos não Contam Histórias”. Igualmente, a LEGO, em conjunto com a Traveller’s Tales, também lançaram um jogo desta temática para a PlayStation 3, Xbox 360, PSP e PC.




Nexo Knights (2016-2018)

LEGO
© LEGO

No reino futurista de Knighton, encontramos cinco jovens cavaleiros prontos para defender a sua terra. Além de ter sido uma temática lançada em 2016, também teve uma série com o mesmo nome. Infelizmente, ambas terminaram em 2018. 




Scooby-Doo (2015-2017)

LEGO
Visions of Domino via Wikimedia Commons

Esta temática só teve dois anos de duração, entre 2015 e 2017. Contudo, de todas as temáticas presentes, é em Scooby-doo que vemos o menor número de sets feito, com apenas 6. Ainda assim, é uma temática a ter em consideração, sobretudo para quem acompanhou a série na infância. 




Legends of Chima (2013-2015)

LEGO
© Traveller’s Tales

Semelhantes ao que aconteceu com Nexo Knights, a temática Legends of Chima também teve uma série de animação. Ambas foram lançadas em 2013 e terminaram em 2015. A história acompanhava um mundo fantástico com personagens antropomórficas, que lutavam por uma substância chamada Chi. Apesar de não ser a temática mais popular da lista, tem alguns sets interessantes para as coleções lá de casa. Além disso, também ganhou um jogo para a PlayStation Vita e Nintendo 3DS.




Indiana Jones (2008-2009)

LEGO
© Traveller’s Tales

De todas as temáticas desta lista, esta teve o menor tempo disponível, lançada em 2008 e descontinuada em 2009. Ainda assim, tivemos acesso a alguns conjuntos interessantes. Igualmente, foram lançados dois jogos para as consolas da época.

Lê Também:
Steven Spielberg vai realizar documentário sobre John Williams




Dimensions (2015-2017)

LEGO
© Traveller’s Tales

Na década de 10’ deste século, houve uma enorme popularidade entre os jogos que utilizavam brinquedos ou figuras para serem utilizadas dentro do jogo, como é o caso de “Disney Infinity”. Assim sendo, a LEGO, em conjunto com a Traveller’s Tales, também lançou a sua versão, com “LEGO Dimensions”. Através de uma plataforma feita também com as pequenas peças, podíamos adquirir diversas figuras para utilizar no jogo. Dentro dos temas tínhamos por exemplo, “The Simpsons”, “O Senhor dos Anéis”, “Os Incríveis“, “Docto Who”, entre outros. Com o gradual decréscimo da popularidade deste género de jogos, a LEGO puxou a ficha do jogo em 2017. Ainda assim, ainda é possível adquirir em segunda mão, dado que o sistema ainda funciona. 




Pharaoh’s Quest (2011-2012)

© LEGO

Quem viu o set Grande Pirâmide de Gizé, certamente recordou-se desta temática. Lançada em 2011, viu o sarcófago mais cedo do que esperado, com a descontinuação em 2012. Com um total de nove sets criados, o destaque vai para a Pirâmide Escorpião, com cerca de 800 peças.




Atlantis (2010-2011)

© LEGO

Em terra temos Pharaoh’s Quest, no mar temos a temática Atlantis. Não foi criada a pensar no filme da Disney com o mesmo nome, mas a premissa é idêntica, sobre a exploração do continente perdido da Atlântida.  Apesar da sua disponibilidade ter durado entre 2010 e 2011, foram feitos 24 conjuntos. Na sua grande maioria continham submarinos complexos e tubarões antropomórficos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.