© Jéssica Rodrigues | MHD

Toda a Gente Gosta de Jeanne | Entrevista a Céline Devaux

“Toda a Gente Gosta de Jeanne” é uma comédia luso-francesa que estreou no mês passado e é a primeira longa-metragem de Céline Devaux. 

Um mês após a estreia de “Toda a Gente Gosta de Jeanne” nos cinemas portugueses, o novo filme de comédia francês é já um sucesso no nosso país. Assumindo um tom cómico ainda que moderado no que toca a assuntos mais pesados, esta é uma obra que reflete sobre o luto, a perda do emprego e da estabilidade financeira, mas também sobre a (re)descoberta do amor e o suporte da família. Produzida numa parceria entre França e Portugal, esta é a primeira longa-metragem escrita e realizada por Céline Devaux.

Ainda que estreante no mundo das longas-metragens, Céline Devaux é já uma veterana no que toca a curtas-metragens. Em 2013, quando concluía o curso de Cinema de Animação, Céline apresentou a curta “Vie et mort de l’illustre Grigori Efimovitch Raspoutine”, sendo logo aí distinguida com prémios em diversos festivais. O seu segundo trabalho chegou mesmo a vencer um César no Festival de Cannes, ganhando mais tarde um Leão no Festival de Veneza, com a obra “Gros Chagrin“.

Toda a gente gosta de Jeanne
© O Som e a Fúria

Aproveitando a vinda de Céline Devaux a Portugal para a ante-estreia de “Toda a Gente Gosta de Jeanne”, na 23ª edição da Festa do Cinema Francês, a Magazine.HD não quis perder a oportunidade de estar à conversa com a realizadora francesa. Numa conversa descontraída, Céline revelou-nos as principais dificuldades de realizar uma longa-metragem e contou-nos tudo sobre o convite para participar nesta grande aventura. Continua a ler para ficares a conhecer melhor a realizadora de “Toda Gente Gosta de Jeanne”.

Lê Também:
Festa do Cinema Francês ’22 | Ilusões Perdidas, em análise

MHD: Para começar, será que a Céline nos poderia falar um pouco sobre “Toda a Gente Gosta de Jeanne”?

Céline Devaux: Trata-se de um filme luso-francês que conta a história de uma mulher que acaba por ser a melhor em tudo o que faz, até ao dia em que entra em falência e apercebe-se de que não tem mais dinheiro disponível. Para conseguir sobreviver, cabe-lhe a missão de regressar a Lisboa para vender o apartamento da sua família, uma vez que a sua mãe falecera recentemente. E no seu caminho para Lisboa, ela encontra um homem um pouco bizarro [risos] que acaba por se tornar o seu porto de abrigo.

MHD: Como é que a Céline descreve a experiência de ter gravado este filme em Portugal?

Céline Devaux: Foi uma ótima experiência! Eu tive a oportunidade de trabalhar com o Som e a Fúria que é uma super produtora. Pude também trabalhar com o Nuno Lopes e com uma equipa portuguesa extraordinária. E, por tudo isso, posso dizer que foi uma experiência verdadeiramente positiva.

MHD: Esta é a primeira longa-metragem realizada pela Céline! Como é que surgiu esta oportunidade? 

Céline Devaux: Bem, eu já tinha realizado outras curtas-metragens anteriormente e que até tiveram algum sucesso. Portanto, eu ganhei um César com uma das curtas-metragens; ganhei um Leão no Biennale de Veneza e um outro na Mostra de Cinema de Veneza com um outro trabalho. Como tal, esse meu passado permitiu-me ganhar um pouco de confiança para esta aventura. Além do mais, reencontrei a minha produtora francesa, que se chama Sylvie Pialat em 2019 e ela ficou motivada por trabalhar comigo e eu motivada por trabalhar com ela, e foi assim que eu comecei a escrever “Todos Gostam de Jeanne”.

Lê Também:
Black Panther: Wakanda Para Sempre | O adeus a Chadwick Boseman

MHD: E quais é que são os principais desafios de realizar uma longa-metragem em comparação com uma curta?

Céline Devaux: Absolutamente tudo [risos]! Porque fazer uma longa-metragem é muito complicado e custa muito. É um grande investimento económico e, acima de tudo, um grande investimento artístico. Por isso mesmo, é tudo mais complicado comparativamente à realização de uma curta-metragem.

MHD: Mas compensou realizar “Toda a Gente Gosta de Jeanne” [risos]…

Céline Devaux: Claro que sim! Mas, no final de contas, é tudo muito stressante [risos].

MHD: Por fim, já surgiu mais alguma oportunidade de realizar uma nova longa-metragem?

Céline Devaux: Posso apenas adiantar que estou em processos de escrita de um novo filme [risos].

TRAILER | TODA A GENTE GOSTA DE JEANNE É UMA COMÉDIA LUSO-FRANCESA

Já tiveste a oportunidade de assistir a “Toda a Gente Gosta de Jeanne”?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.