Carey Mulligan | © 2020 Focus Features

WGA 2021 | Serão os vencedores favoritos para os Óscares?

Já podes conhecer a lista completa de vencedores dos WGA 2021 – os prémios entregues pelo sindicato de argumentistas norte-americanos. 

Os Writers Guild Awards 2021 (WGA) revelaram finalmente quais os melhores argumentos do ano. O sindicato de argumentistas norte-americanas escolheu “Uma Miúda com Potencial” (“Promising Young Woman”) como o Melhor Argumento Original e “Borat 2” como o Melhor Argumento Adaptado.

Uma vez que ambos estão nomeados para os Óscares 2021, poderemos considerá-los fortes candidatos nas respetivas categorias.

borat sacha 2
©Amazon Prime Video

No ano passado “Parasitas” levou para casa o WGA de Melhor Argumento Original e “Jojo Rabbit” o WGA de Melhor Argumento Adaptado, algo que voltou a acontecer na edição dos Óscares. “Uma Miúda Com Potencial” parece ser um concorrente a abater. Aliás, o filme escrito por uma mulher tem ressonâncias da era #MeToo, algo que à Academia certamente não passará despercebido.

Quanto a “Borat 2” será uma enorme surpresa vencer o Óscar, uma vez que alguns títulos fortes às estatuetas não estavam elegíveis para os Writers Guild Awards, como é o caso de “Nomadland – Sobreviver na América” ou O Pai”, de Florian Zeller. Chloé Zhao venceu nos últimos dias o USC Scripter Award por “Nomadland”, entregues anualmente pela Universidade do Sul da Califórnia.

A cerimónia dos Writers Guild Awards foi apresentada virtualmente pelo ator Kal Penn para fazer face à pandemia COVID-19. No entanto, houve tempo para celebrar os melhores argumentistas da forma que mereciam.

Abaixo poderás conhecer a lista completa de vencedores dos Writers Guild Awards 2021. Partilhamos contigo os vencedores nas categorias de cinema e nas categorias de televisão. Consulta a página oficial dos WGA para mais informações.

Writers Guild Awards 2021: Lista Completa de Vencedores

WGA para Melhor Argumento Original

Uma Miúda com Potencial“, escrito por Emerald Fennell

WGA Melhor Argumento Adaptado

Borat Subsequent Moviefilm“, escrito por Sacha Baron Cohen & Anthony Hines & Dan Swimer & Peter Baynham & Erica Rivinoja & Dan Mazer & Jena Friedman & Lee Kern

WGA Melhor Argumento de Documentário

“The Dissident”, escrito por Mark Monroe & Bryan Fogel


Melhor Série Drama

The Crown” escrito por Peter Morgan, Jonathan Wilson

Melhor Série Comédia

“Ted Lasso,” escrito por Jane Becker, Leann Bowen, Brett Goldstein, Brendan Hunt, Joe Kelly, Bill Lawrence, Jamie Lee, Jason Sudeikis, Phoebe Walsh, Bill Wrubel

Melhor Nova Série

“Ted Lasso,” escrito por Jane Becker, Leann Bowen, Brett Goldstein, Brendan Hunt, Joe Kelly, Bill Lawrence, Jamie Lee, Jason Sudeikis, Phoebe Walsh, Bill Wrubel

Melhor Série Original Longo Formato

“Mrs. America” escrito por Tanya Barfield, Joshua Griffith, Sharon Hoffman, Boo Killebrew, Micah Schraft, April Shih, Dahvi Waller

WGA Melhor Série Adaptado

The Queen’s Gambit” escrito Scott Frank, Allan Scott, baseado no romance de Walter Tevis

WGA Melhor Série de Animação

“Xerox of a Xerox” (“BoJack Horseman”), escrito por Nick Adams

WGA Melhor Episódio Série Drama

“Fire Pink” (da série “Ozark), escrito por Miki Johnson

WGA Melhor Episódio Série Comédia

“The Great” (da série “The Great”), escrito por Tony McNamara

Fica atento às novidades sobre a temporada de prémios 2020/2021 na MHD. Em breve iremos trazer-te mais artigos especiais. 

Virgílio Jesus

Era uma vez em...Portugal um amante de filmes de Hollywood (e sobre Hollywood). Jornalista e editor de conteúdos digitais em diferentes meios nacionais e internacionais, é um dos especialistas na temporada de prémios da MHD, adepto de todas as formas e loucuras fílmicas, e que está sempre pronto para dois (ou muitos mais!) dedos de conversa com várias personalidades do mundo do entretenimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *