Prémios BAFTA |©Página oficial BAFTA

BAFTA 2021 | “Nomadland – Sobreviver na América” é o grande vencedor

Já podes conhecer os vencedores dos BAFTA 2021, os prémios entregues pela Academia Britânica de Cinema, marcados este ano pela diversidade. 

Continuamos em contagem decrescente para os Óscares 2021, e desta vez foram revelados os grandes vencedores dos BAFTA Awards, os prémios entregues pela Academia Britânica de Cinema, este ano marcados pela diversidade. Aliás, a edição dos BAFTA 2021 marcou uma viragem histórica nestes prémios, depois do escândalo dos #BAFTAsSoWhite do ano passado.

ma rainey critica netflix
© Netflix

Os grandes vencedores encontramos “Nomadland – Sobreviver na América“, de Chloé Zhao, “O Pai”, de Florian Zeller, “Uma Miúda com Potencial”, de Emerald Fennell e ainda “Ma Rainey: A Mãe do Blues”. Anthony Hopkins surpreendeu ao vencer o galardão de Melhor Ator por “O Pai”, no entanto Chadwick Boseman continua a ser o grande favorito para os Óscares. Já Frances McDormand foi eleita Melhor Atriz por “Nomadland”, derrotando a britânica Vanessa Kirby. Nas interpretações secundárias Yuh-Jung Youn (por “Minari”) e Daniel Kaluuya (por “Judas and the Black Messiah”) foram os grandes vencedores.

Curiosamente o presidente dos BAFTA – o Príncipe William – que deveria aparecer nas duas noites da premiação, acabou por recuar tendo em conta a morte do seu avô, o Príncipe Philip, Duque de Edimburgo, na manhã de sexta-feira dia 9 de abril. O próprio HRH Príncipe Philip, foi o primeiro presidente dos BAFTA em 1959.

Abaixo poderás conhecer a lista completa de vencedores dos BAFTA 2021.

Lista Completa de Vencedores dos BAFTA 2021 

MELHOR FILME

“O Pai”

“O Mauritano”

“Nomadland – Sobreviver na América” – VENCEDOR 

“Uma Miúda com Potencial”

“Os 7 de Chicago”

 

MELHOR REALIZADOR

“Druk” – Thomas Vinterberg

“Babyteeth” – Shannon Murphy

“Minari” – Lee Isaac Chung

“Nomadland – Sobreviver na América” – Chloé Zhao – VENCEDOR 

“Quo Vadis, Aida?” – Jasmila Žbanić

“Rocks” – Sarah Gavron

 

MELHOR FILME BRITÂNICO

“Calm With Horses”

“A Grande Escavação”

“O Pai”

“Hóspede Indesejado”

“Limbo”

“O Mauritano”

“Mogul Mowgli”

“Uma Miúda com Potencial” – VENCEDOR 

“Rocks”

“Saint Maud”

 

MELHOR ATRIZ

Bukky Bakray – “Rocks”

Radha Blank – “The Forty-Year-Old Version”

Vanessa Kirby – “Pieces of a Woman”

Frances McDormand – “Nomadland – Sobreviver na América” – VENCEDOR 

Wunmi Mosaku – “Hóspede Indesejado”

Alfre Woodard – “Clemência”

 

MELHOR ATOR

Riz Ahmed – “Sound of Metal”

Chadwick Boseman – “Ma Rainey: A Mãe do Blues”

Adarsh Gourav – “O Tigre Branco”

Sir Anthony Hopkins – “O Pai” – VENCEDOR 

Mads Mikkelsen – “Druk”

Lê Também:
The Tragedy of Macbeth recebe novo teaser misterioso

Tahar Rahim – “O Mauritano”

 

MELHOR ATRIZ SECUNDÁRIA

Niamh Algar – “Calm With Horses”

Kosar Ali – “Rocks”

Maria Bakalova – “Borat, o Filme Seguinte: Entrega de Suborno Prodigioso a Regime Americano Para Fazer Benefício à Outrora Gloriosa Nação do Cazaquistão”

Dominique Fishback – “Judas and the Black Messiah”

Ashley Madekwe – “County Lines”

Yuh-Jung Youn – “Minari” – VENCEDORA

 

MELHOR ATOR SECUNDÁRIO

Daniel Kaluuya – “Judas and the Black Messiah” – VENCEDOR 

Barry Keoghan – “Calm With Horses”

Alan Kim – “Minari”

Leslie Odom Jr – “One Night In Miami…”

Clarke Peters – “Da 5 Bloods – Irmãos de Armas”

Paul Raci – “Sound of Metal”

 

MELHOR ESTREIA POR UM REALIZADOR, ARGUMENTISTA OU PRODUTOR BRITÂNICO

“Hóspede Indesejado” – Remi Weekes (argumentista/realizador) – VENCEDOR 

“Limbo” – Ben Sharrock (argumentista/realizador), Irune Gurtubai (produtora)

“Moffie” – Jack Sidey (argumentista/produtor)

“Rocks” – Theresa Ikoko, Claire Wilson (argumentistas)

“Saint Maud” – Rose Glass (argumentista/realizadora), Oliver Kassman (produtor)

 

MELHOR FILME –  LÍNGUA NÃO INGLESA 

“Druk” – VENCEDOR 

“Dorogie tovarishchi”

“Os Miseráveis”

“Minari”

“Quo Vadis, Aida?”

 

MELHOR DOCUMENTÁRIO

“Colectiv”

“David Attenborough: A Life on Our Planet”

“The Dissident”

“My Octopus Teacher” – VENCEDOR 

“O Dilema das Redes Sociais”

 

MELHOR FILME DE ANIMAÇÃO

“Bora Lá”

“Soul – Uma Aventura com Alma” – VENCEDOR

“Wolfwalkers”

 

MELHOR ARGUMENTO ORIGINAL 

“Druk” – Tobias Lindholm, Thomas Vinterberg

“Mank” – Jack Fincher

“Uma Miúda com Potencial” – Emerald Fennell – VENCEDOR 

“Rocks” – Theresa Ikoko, Claire Wilson

“Os 7 de Chicago” – Aaron Sorkin

 

MELHOR ARGUMENTO ADAPTADO 

“A Grande Escavação” – Moira Buffini

“O Pai” – Christopher Hampton, Florian Zeller – VENCEDOR 

“O Mauritano” – Rory Haines, Sohrab Noshirvani, MB Traven

“Nomadland – Sobreviver na América” – Chloé Zhao

“O Tigre Branco” – Ramin Bahrani

 

MELHOR BANDA-SONORA ORIGINAL

“Mank” – Trent Reznor, Atticus Ross

“Minari” – Emile Mosseri

“Notícias do Mundo” – James Newton Howard

“Uma Miúda com Potencial” – Anthony Willis

“Soul – Uma Aventura com Alma” – Jon Batiste, Trent Reznor, Atticus Ross – VENCEDOR 

 

MELHOR FOTOGRAFIA

“Judas and the Black Messiah” – Sean Bobbitt

“Mank” – Erik Messerschmidt

“O Mauritano” – Alwin H Küchler

“Notícias do Mundo” – Dariusz Wolski

“Nomadland – Sobreviver na América” – Joshua James Richards – VENCEDOR 

 

MELHOR GUARDA-ROUPA

“Ammonite” – Michael O’Connor

“A Grande Escavação” – Alice Babidge

“Emma” – Alexandra Byrne

Lê Também:
TVCine | Os destaques de Novembro

“Ma Rainey: A Mãe do Blues” – Ann Roth – VENCEDOR 

“Mank” – Trish Summerville

 

MELHOR EDIÇÃO

“O Pai” – Yorgos Lamprinos

“Nomadland – Sobreviver na América” – Chloé Zhao

“Uma Miúda com Potencial” – Frédéric Thoraval

“Sound of Metal” – Mikkel EG Nielsen – VENCEDOR 

“Os 7 de Chicago” – Alan Baumgarten

 

MELHOR DESIGN DE PRODUÇÃO 

“A Grande Escavação” – Maria Djurkovic, Tatiana Macdonald

“O Pai” – Peter Francis, Cathy Featherstone

“Mank” – Donald Graham Burt, Jan Pascale – VENCEDOR 

“Notícias do Mundo” – David Crank, Elizabeth Keenan

“Rebecca” – Sarah Greenwood, Katie Spencer

 

MELHOR MAQUILHAGEM E CABELOS

“A Grande Escavação” – Jenny Shircore

“Lamento de uma América em ruínas” – Patricia Dehaney, Eryn Krueger Mekash, Matthew Mungle

“Ma Rainey: A Mãe do Blues” – Matiki Anoff, Larry M Cherry, Sergio Lopez-Rivera, Mia Neal – VENCEDOR

“Mank” – Kimberley Spiteri, Gigi Williams

“Pinóquio” – Mark Coulier

 

MELHOR SOM

“Missão Greyhound” – A ser confirmado

“Notícias do Mundo” – Michael Fentum, William Miller, Mike Prestwood Smith, John Pritchett, Oliver Tarney

“Nomadland – Sobreviver na América” – Sergio Diaz, Zach Seivers, M Wolf Snyder

“Soul – Uma Aventura com Alma” – Coya Elliott, Ren Klyce, David Parker

“Sound of Metal” – Jamie Baksht, Nicolas Becker, Phillip Bladh, Carlos Cortes, Michelle Couttolenc – VENCEDOR 

 

MELHORES EFEITOS ESPECIAIS

“Missão Greyhound” – Pete Bebb, Nathan McGuinness, Sebastian von Overheidt

“O Céu da Meia-Noite” – Matt Kasmir, Chris Lawrence, David Watkins

“Mulan” – Sean Faden, Steve Ingram, Anders Langlands, Seth Maury

“O Único e Incomparável Ivan” – Santiago Colomo Martinez, Nick Davis, Greg Fisher

“Tenet” – Scott Fisher, Andrew Jackson, Andrew Lockley – VENCEDOR 

 

MELHOR CASTING

“Calm With Horses” – Shaheen Baig

“Judas and the Black Messiah” – Alexa L Fogel

“Minari” – Julia Kim

“Uma Miúda com Potencial” – Lindsay Graham Ahanonu, Mary Vernieu

“Rocks” – Lucy Pardee – VENCEDORA 

 

MELHOR CURTA-METRAGEM BRITÂNICA

“Eyelash”

“Lizard”

“Lucky Break”

“Miss Curvy”

“The Present” – VENCEDOR 

 

MELHOR CURTA DE ANIMAÇÃO BRITÂNICA

“The Fire Next Time”

“The Owl and the Pussycat” – VENCEDOR 

“The Song of A Lost Boy”

 

EE RISING STAR AWARD (PRÉMIO REVELAÇÃO) 

Kingsley Ben-Adir

Morfydd Clark

Bukky Bakray – VENCEDORA 

Ṣọpẹ́ Dìrísù

Conrad Khan

Fica atento aos nossos artigos sobre a temporada de prémios 2020/2021 e não percas a cerimónia dos Óscares 2021 no próximo dia 25 de abril. 

Virgílio Jesus

Era uma vez em...Portugal um amante de filmes de Hollywood (e sobre Hollywood). Jornalista e editor de conteúdos digitais em diferentes meios nacionais e internacionais, é um dos especialistas na temporada de prémios da MHD, adepto de todas as formas e loucuras fílmicas, e que está sempre pronto para dois (ou muitos mais!) dedos de conversa com várias personalidades do mundo do entretenimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *