Carey Mulligan em "Mudbound - As Lamas do Mississipi" |©Netflix

Carey Mulligan, 10 prestações essenciais

Carey Mulligan surgiu na indústria cinematográfica com um primeiro papel numa grande produção de época. A nomeação ao Óscar chegou muito cedo com a sua poderosa interpretação em “Uma Outra Educação”. Desde então, a sua carreira tem vindo a compreender inúmeras produções de referência. Assinalamos o seu 35º aniversário com a recuperação dos seus maiores destaques. 

Carey Hannah Mulligan, nascida em Westminster, Londres, a 28 de maio de 1985, celebra 35 anos de vida. A jovem atriz tem vindo a destacar-se como uma das mais bem-sucedidas da sua geração, representando com frequência personagens melancólicas e com fortes componentes dramáticas envolvidas nas suas caracterizações. É uma princesa do género dramático que sonha um dia participar numa grande comédia de Richard Curtis, mas enquanto o seu leque de prestações não diversifica, celebramos o seu aniversário com as grandes performances maioritariamente trágicas às quais nos habituou.

Recuperamos agora as 10 prestações que definem uma carreira que tem ainda muito a mostrar. Revelamos também onde podem estas ser vistas ou revistas.

1 de 10

ORGULHO E PRECONCEITO DE JOE WRIGHT (2005) 

Carey Mulligan - primeiro papel
Keira Knightley, Jena Malone, Rosamund Pike, Talulah Riley e Carey Mulligan em “Orgulho e Preconceito” (2005) |©Focus Features

A sua paixão pelo cinema, essa descobriu-a durante os tempos escolares, tendo-se apaixonado pela representação durante a encenação da peça “Sweet Charity” e foi em 2005, aos 20 anos, que participou na série da BBC “Bleak House” e que desempenhou Kitty Bennet em “Orgulho e Preconceito” de Joe Wright, uma das irmãs Bennet, curiosamente uma das menos sóbria entre elas.

Para quem desconheça a eterna obra de Jane Austen, as irmãs Bennet, membros da baixa burguesia em aflição sócio-económica, são uma força da natureza não domável pelo seu infortúnio, o de terem nascido mulheres. A adaptação do clássico realizada por Wright é uma das mais contemporâneas, belas e amplamente aceites. Keira Knightley dá vida à protagonista Lizzie Bennet, determinada e obstinada, Rosamund Pike dá vida à contida Jane Bennet, Talulah Riley é Mary Bennet, a mais despercebida das irmãs, Jena Malone é Lydia Bennet e Carey Mulligan é Kitty Bennet, a segunda mais jovem entre as irmãs. Enquanto Lydia é a alavanca de grande parte da acção, devido a um ato romântico impulsivo, Kitty é uma influenciável e pouco ajuizada jovem.

Colocando em perspetiva este papel, é sem dúvida um dos mais livres e menos melancólicos na carreira da atriz. Não obstante o seu carácter de personagem secundária nunca poderíamos esquecer Kitty, e muito menos o seu início numa grande produção nomeada a quatro Óscares e a muitos outros prémios.

Onde ver: A cópia digital pode ser alugada ou comprada na Rakuten TV, Apple TV, Google Play ou Youtube.

1 de 10

Maggie Silva

Comunicadora de profissão e por natureza. Dependente de cultura pop, cinema indie e vítima da incessante necessidade de descobrir novas paixões. Campeã suprema do binge watch, sempre disposta a partilhar dois dedos de conversa sobre o último fenómeno a atacar o pequeno ou grande ecrã.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *