Marriage Story ©Netflix

Film Independent Spirit Awards 2020 | Lista de Nomeados

“Marriage Story” e “Uma Vida Escondida” estão nomeados aos Film Independent Spirit Awards e aquecem a corrida para os Óscares 2020. 

Foram revelados hoje os nomeados para os Spirit Awards 2020, os prémios norte-americanos entregues aos melhores filmes independentes do ano. “Marriage Story”, filme da Netflix realizado por  Noah Baumbach é, desde já, o principal destaque, a par de “Uma Vida Escondida”, do sempre transcendental  Terrence Malick e “Uncuts Gems”, de Benny Safdie e Josh Safdie, protagonizado por Adam Sandler, num desempenho dramático nunca antes visto na sua carreira.

Nas interpretações, os grandes destaques vão para Renée Zellweger nomeada a Melhor Atriz por “Judy”, Adam Sandler nomeado a Melhor Ator por “Uncuts Gems”, Jennifer Lopez nomeada a Melhor Atriz Secundária por “Ousadas e Golpistas” e Willem Dafoe, nomeado a Melhor Ator Secundário pelo filme “O Farol”, recentemente incluído na programação do LEFFEST 2019. Curiosamente nenhum dos atores de “Marriage Story” foi nomeado aos prémios de interpretação, mesmo assim o filme receberá o Robert Altman Award, o que confirma o favoritismo deste drama familiar, que parece ser uma visão atual de “Kramer vs. Kramer”.

Nas nomeações a Melhor Realizador dos Spirit Awards, o grande destaque vai para a dupla presença feminina, com as nomeações para Lorene Scafaria por “Ousadas e Golpistas” e Alma Har’el por “Honey Boy”. Será que as cineastas estarão a caminho dos Óscares?

ousadas e golpistas critica hustlers
“Ousadas e Golpistas” © Cinemundo

Digamos que os Spirit Awards têm uma importância significativa na Awards Season todos os anos, não só por aplaudirem o cinema realmente independente, como também por se assumirem como um dos principais barómetros para os Óscares, logo depois dos Golden Globe Awards. No entanto, esta situação tem vindo a alterar-se. “Moonlight” em 2017, “O Caso Spotlight” em 2016, “Birdman” em 2015 e “12 Anos Escravo” em 2014 levaram para casa o galardão de Melhor Filme nos Spirit Awards e também a principal estatueta dourada entregue pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood. Mas o que aconteceu nas últimas duas edições só veio mostrar que os Spirit Awards querem ter uma palavra distinta (quase exclusiva) sobre os melhores projetos de um determinado ano cinematográfico.

Lê Também:
Joker nomeado aos Make-Up Artists & Hair Stylists Guild Awards 2020

“Foge” triunfou nos Spirit Awards 2018, mas não venceu Melhor Filme nos Óscares, entregue então a “A Forma da Água”, de Guilhermo del Toro, que não foi elegível para os prémios do cinema independente devido ao seu orçamento ser superior ao limite estabelecido pela organização Film Independent. Já no início de 2019, “Se Esta Rua Falasse” ganhou Melhor Filme nos Spirit Awards, mas foi “Green Book: Um Guia para a Vida” o filme a vencer nos Óscares. Aliás, o drama de Barry Jenkins nem havia sido nomeado a Melhor Filme nos prémios da Academia. Veremos o que acontece na edição de 2020 de ambos os prémios.

A produtora independente que mais nomeações obteve este ano aos Spirit Awards foi a A24, com um total de 18, sendo seguida pela Neon (10 nomeações), pela Amazon Studios (com oito) e pela Netflix (com sete). Dois dos filmes da A24 – “O Farol” e “Uncut Gems” – lideram a corrida este ano aos prémios do cinema independente, com 5 nomeações cada um. Este é o quarto ano que a A24 conquista as nomeações aos Spirit, depois de 12 nomeações no ano passado e 17 em 2017.

Zazie Beetz (de “Joker”) e Natasha Lyonne (a protagonista da série da Netflix “Boneca Russa”) foram as responsáveis por revelar as nomeações aos Spirit Awards 2020. A cerimónia destes galardões acontecerá mais cedo no próximo ano, uma vez que os Óscares mudaram a sua data para o início de fevereiro.

Spirit Awards 2020 | Lista Completa de Nomeados

Melhor Filme

Melhor Primeiro Filme

  • “Booksmart”
  • “The Climb”
  • “Diane”
  • “The Last Black Man in San Francisco”
  • “The Mustang”
  • “See You Yesterday”

John Cassavetes Award (entregue ao Melhor Filme feito com menos de 500,000 dólares – são galardoados os seus respetivos argumentistas, realizadores e produtores).

  • “Burning Cane”
  • “Colewell”
  • “Give Me Liberty”
  • “Premature”
  • “Wild Nights With Emily”

Melhor Realizador 

  •  Alma Har’el por “Honey Boy”
  • Lorene Scafaria por “Ousadas e Golpistas”
  • Julius Onah por “Luce”
  • Robert Eggers por “O Farol”
  • Benny Safdie & Josh Safdie por “Uncut Gems”

Melhor Argumento

  • Noah Baumbach por “Marriage Story”
  • Jason Begue e Shawn Snyder por “To Dust”
  • Ronald Bronstein & Benny Safdie & Josh Safdie por “Uncut Gems”
  • Chinonye Chukwu por “Clemency”
  • Tarell Alvin McCraney por “High Flying Bird”

Melhor Primeiro Argumento 

  • Fredrica Bailey & Stefon Bristol por “See You Yesterday”
  • Hannah Bos & Paul Thureen por “Driveways”
  • Bridget Savage Cole & Danielle Krudy por “Blow the Man Down”
  • Jocelyn DeBoer & Dawn Luebbe por “Greener Grass”
  • James Montague & Craig W. Sanger por “The Vast of Night”

Melhor Fotografia 

  • Todd Banhazl por “Ousadas e Golpistas”
  • Jarin Blaschke por “O Farol”
  • Natasha Braier por “Honey Boy”
  • Chananun Chotrungroj por “The Third Wife”
  • Pawel Pogorzelski por “Midsommar: O Ritual”

Melhor Montagem

  • Julie Béziau por “The Third Wife”
  • Ronald Bronstein & Benny Safdie por “Uncut Gems”
  • Tyler L. Cook por “Sword of Trust”
  • Louise Ford por “O Farol”
  • Kirill Mikhanovsky por “Give Me Liberty”

Melhor Atriz 

  • Karen Allen por “Colewell”
  • Hong Chau por “Driveways”
  • Elisabeth Moss por “Her Smell”
  • Mary Kay Place por “Diane”
  • Alfre Woodard por “Clemency”
  • Renée Zellweger por “Judy”

Melhor Ator

  • Chris Galust por “Give Me Liberty”
  • Kelvin Harrison Jr. por “Luce”
  • Robert Pattinson por “O Farol”
  • Matthias Schoenaerts por “The Mustang”
  • Adam Sandler por “Uncut Gems”

Melhor Atriz Secundária 

  • Jennifer Lopez por “Ousadas e Golpistas”
  • Taylor Russell por “Waves”
  • Lauren “LoLo” Spencer por “Give Me Liberty”
  • Octavia Spencer por “Luce”
  • Zhao Shuzhen por “A Despedida”

Melhor Ator Secundário 

  • Willem Dafoe por “O Farol”
  • Noah Jupe por “Honey Boy”
  • Shia LaBeouf por “Honey Boy”
  • Jonathan Majors por “The Last Black Man in San Francisco”
  • Wendell Pierce por “Burning Cane”

Robert Altman Award, entregue ao realizador, diretor e casting e elenco

“Marriage Story”, realizado por Noah Baumbach; diretores de casting: Douglas Aibel, Francine Maisler; elenco: Alan Alda, Laura Dern, Adam Driver, Julie Hagerty, Scarlett Johansson, Ray Liotta, Azhy Robertson, Merritt Wever

Melhor Documentário  – entregue ao realizador e produtor

  • “American Factory”
  • “Apollo 11”
  • “For Sama”
  • “Honeyland”
  • “Island of the Hungry Ghosts”

Melhor Filme Internacional – entregue ao realizador

  • “Invisible Life”, Brasil (realizado por Karim Aïnouz)
  • “Les Misérables”, França (realizado por Ladj Ly)
  • “Parasitas”, Coreia do Sul (realizado por Bong Joon-Ho)
  • “Portrait of a Lady on Fire”, França (realizado por Céline Sciamma)
  • “Retablo”, Perú, (realizado por Álvaro Delgado-Aparicio L.)
  • “The Souvenir” (realizado por Joanna Hogg)

Bonnie Award 

  • Marielle Heller
  • Kelly Reichardt
  • Lulu Wang

Producers Award

  • Mollye Asher
  • Krista Parris
  • Ryan Zacarias

Someone to Watch Award 

  • Rashaad Ernesto Green realizador de “Premature”
  • Ash Mayfair, realizador de “The Third Wife”
  • Joe Talbot realizador de “The Last Black Man in San Francisco”

Truer Than Fiction Award 

  • Khalik Allah, realizador de “Black Mother”
  • Davy Rothbart, realizador de “17 Blocks”
  • Nadia Shihab, realizadora de “Jaddoland”
  • Erick Stoll & Chase Whiteside, realizadores de “América”

A 8 de fevereiro serão conhecidos os vencedores aos Film Independent Spirit Awards. Dá-nos a tua opinião nos comentários sobre os nomeados e segue todos os nossos artigos desta Awards Season 2019/2020

Virgílio Jesus

Era uma vez em...Portugal um amante de filmes de Hollywood (e sobre Hollywood). Jornalista e editor de conteúdos digitais em diferentes meios nacionais e internacionais, é um dos especialistas na temporada de prémios da MHD, adepto de todas as formas e loucuras fílmicas, e que está sempre pronto para dois (ou muitos mais!) dedos de conversa com várias personalidades do mundo do entretenimento.

Virgílio Jesus has 1416 posts and counting. See all posts by Virgílio Jesus

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.