© Atresplayer

Já comparada a Knives Out, esta nova minissérie está a conquistar a Netflix

A Netflix acaba de receber no seu catálogo “Menos uma Vida nas Canárias”, uma produção espanhola de mistério que já está no Top das mais vistas.

Sumário:

  • A Netflix é uma plataforma de streaming conhecida pela sua vasta oferta que aborda vários géneros e formatos;
  • Acabado de chegar à plataforma está uma minissérie policial espanhola que já está no Top 10 das mais vistas;
  • Com apenas 5 episódios, “Menos uma Vida nas Canárias” está a conquistar o público com a sua narrativa envolvente e o carácter procedural.
Lê Também:   O Problema dos 3 Corpos | Há finalmente novidades sobre o futuro da série do ano da Netflix

Quando o assunto é plataformas de streaming, a Netflix ainda é vista como a gigante do mercado, graças à sua oferta muito variada de filmes e séries. Hoje em dia, a plataforma alcançou um patamar em que qualquer uma das suas produções causa muito falatório.

© Atresmedia

A 25 de maio, entrou na sua plataforma uma dessas produções surpresa que já está a conquistar os portugueses. Trata-se de “Menos uma vida nas Canárias” (“Una vida menos en Canarias”), uma série policial espanhola de 5 episódios que se assume como um procedural, em que em cada episódio se abre uma nova investigação.

Lê Também:   Shogun, a Crítica | Hiroyuki Sanada e Anna Sawai protagonizam o grande épico do ano na Disney+

A história começa quando o prestigiado inspector Luis Lacasa (Ginés García Millán) é transferido para as ilhas Canárias, concretamente para a ilha de Tenerife, onde irá trabalhou junto de Naira Oramas (Natalia Verbeke), uma inspetora carismática. Apesar das suas diferenças e rivalidades, Lacasa formará uma boa equipa com Naira e ao mesmo tempo, uma cumplicidade que o fará questionar as suas férreas convicções. Mari Carmen Sánchez, Paco Marín, Sergio Momo, Silvia Naval e Luna Zuazu integram também o elenco.


Menos uma Vida nas Canárias já é das mais vistas

© Atresplayer

Originalmente, a série espanhola estreou no Atresplayer e posteriormente foi exibida em canal aberto na Antena 3. Em entrevista à “E-cartelera”, Ginés García Millán e Natalia Verbeke falaram sobre os ingredientes que fazem desta série um grande sucesso.

Para Millán, a minissérie consegue “envolver os espectadores de modo a que se sintam os próprios inspetores”, acreditando que isso faz com que as pessoas tenham “vontade de acompanhar cada novo capítulo”. Outra particularidade é o humor da série, que já foi até comparada a “Knives Out”, de Rian Johnson.

A dinâmica entre os dois protagonistas é também um grande atrativo da série, “Naria é uma mulher que teve de lutar num mundo de homens. Não deixa que um homem lhe diga o que deve fazer, mas também nunca perde o sentido de humor e o otimismo” revela Verbeke.

Lê Também:   O Problema dos 3 Corpos da Netflix já causa polémica junto do público chinês

Por sua vez, “Luis tem medo de conseguir não corresponder às expectativas e adota uma atitude contrária à que deveria ter, criando uma espécie de rivalidade com a Naira” completa a atriz. Ao longo do tempo, porém, os dois vão perceber que tal animosidade não era necessária, “Quando baixa finalmente a guarda, percebemos que é mais sensível do que parece” sublinha o ator.

O ator deixa ainda no ar uma possibilidade de voltarem para uma segunda temporada, ainda sem nada definido. “Menos uma Vida nas Canárias” ocupa já o Top 10 das mais vistas da Netflix e já pode ser vista na plataforma.

E tu, já viste “Menos uma Vida nas Canárias” na Netflix?

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *